Se fosse preciso, Theresa May autorizava um ataque nuclear

A nova primeira-ministra britânica admitiu que não teria problemas em autorizar um ataque com recurso a arsenal nuclear que poderia resultar na morte de 100 mil pessoas.

A pergunta foi feita pelo deputado George Kerevan, do Partido Nacionalista Escocês, durante um debate na segunda-feira no Parlamento britânico, e a resposta da nova primeira-ministra foi curta e grossa: “Sim”.

Segundo o The Guardian, o deputado escocês questionou a recentemente eleita chefe do Governo se estaria disposta a autorizar um ataque nuclear, mesmo que isso pudesse pôr em causa a vida de cem mil pessoas.

“E devo dizer aos honrados senhores que o objetivo dos meios de intimidação é que os nossos inimigos saibam que estamos preparados para usá-los”, acrescentou Theresa May.

Em causa estava a discussão sobre o Trident, o programa nuclear britânico, cuja renovação foi aprovada por 355 deputados, a maioria da bancada conservadora e mais de metade do Partido Trabalhista.

Apesar de vários deputados da sua bancada terem votado a favor, o líder trabalhista Jeremy Corbyn aponta o dedo à primeira-ministra e defende o desarmamento nuclear do Reino Unido.

“Vou deixar muito claro que eu não tomaria uma decisão que mataria milhões de pessoas inocentes. Não acredito que a ameaça de homicídio em massa seja a forma legítima de gerir as relações internacionais”, afirmou.

O trabalhista disse ainda que o Reino Unido devia seguir a posição de outros países, como é o caso da África do Sul, Líbia, Ucrânia, Argentina, Brasil ou Cazaquistão, que estão seriamente a abandonar os programas nucleares.

“É tempo de nos movermos rapidamente para o caminho do desarmamento“, sugeriu Corbyn.

Além dos restantes trabalhistas que votaram contra a renovação do programa militar, a começar pelo seu líder, também se juntaram todos os deputados do Partido Nacionalista Escocês e os liberais democratas.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Há que testar as armas e os políticos estão sempre prontos para a guerra, porque há a garantia de serem os outros a dar o coiro!

  2. Pode começar por lançar um ataque nuclear em Londres para limpar a escumalha que por lá anda (começando por ela e outros “amigos”)!

  3. Isto é meramente propaganda da elite pois estão desesperados por estarem a perder o poder para o povo que já começam a anunciar a ultima cartada na manga que têm para continuar a controlar as massas através do medo.. Seja o papão propagandista Islamico, nuclear, económico blá blá blá..
    Em relação á propaganda nuclear que se observa nos palcos mundiais ultimamente sugiro o seguinte video para que todas as duvidas sejam escarecidas acerca da propaganda que é a ameaça “nuclear” :
    Galen Winsor – The Grand Nuclear Hoax – https://www.youtube.com/watch?v=LEXG7h6kBOQ

RESPONDER

Taxa de sucesso no ensino profissional atinge os 63%. É o valor mais alto de sempre

No ano letivo de 2017/2018, 63% dos alunos inscritos no ensino profissional concluíram os seus cursos no tempo previsto, mais dez pontos percentuais do que quatro anos antes, avança o jornal Público. De acordo com um …

Regra para filhos de pais separados em casas alternadas divide partidos

A lei já prevê que os filhos de pais separados possam ficar em residência alternada se o tribunal assim o decidir. Porém, as regras não são claras e vai ser discutida a melhor forma de …

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …