Forças Armadas perdem 4 a 5 militares por dia. Cem foram para supermercados

José Sena Goulão / Lusa

Entre janeiro e setembro, as Forças Armadas perderam 1220 militares. Por dia, conta a TSF que avança os números esta quarta-feira, têm abandonado a carreira uma média diária de quatro a cinco militares desde o início do ano.

De acordo com a Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA), os baixos salários são os grandes responsáveis pelas saídas, que se têm sentido desde 2011.

O presidente da associação, António Mota, conta que 90% das saídas são de praças que ganham o salário mínimo nacional. “Um militar que que vá para a GNR fica logo à auferir mais 250 euros. Assim ninguém quer vir para as Forças Armadas”, explica à TSF.

“Ainda recentemente uma grande cadeia espanhola de supermercados que abriu a Norte só de uma vez foi buscar cem militares do Exército para fazer reposições”.

“As Forças Armadas são o melhor sítio para encontrar mão de obra barata – menos que os militares ninguém ganha”, explica António Mota.

Os número de 2019 ainda não estão fechados, mas o ano arrisca-se a ser um dos piores dos últimos tempos, de acordo com o mesmo responsável.

Números da Direção-Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP) revelam que em setembro de 2019 existia um efetivo de 25.580 militares, menos 4,5% do que no final de 2018 – e menos 26% que em 2011.

“Estes números são extremamente preocupantes. Aquilo que está em marcha é uma destruição deliberada das Forças Armadas”, concluiu António Mota.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. AS Forças Armadas de hoje não servem para nada a não ser custar ao erário público dinheiro dos contribuintes, eis a hora de de desmantelar com as coisas inúteis, as FA são uma das muitas que ainda existem.
    Para mais, os soldados não passam de carne para canhão do sistema.

  2. A solução é simples. Quem quiser ir para as forças policiais deve começar a carreira por um ramo das forças armadas. Um cidadão alista-se para uma polícia, recebe de seguida instrução militar adequada e a formação policial, tudo integrado. A seguir é admitido e ganha como se estivesse numa corporação policial, começando por servir num dos ramos das forças armadas, por exemplo, por um ano e meio, ou mais, e após esse período é automaticamente incorporado numa das polícias.
    Quem se alistar num ramo das forças armadas deverá, antes ou logo após, ter lugar reservado para as forças policiais, ainda que possa ter mais instrução para as funções. Deve haver harmonização salarial.

  3. Em contrapartida o número de oficiais e sargentos supera em muito o número de praças, somos o País da Europa com mais oficiais e de alta patente.

RESPONDER

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …