FMI duvida da força da economia global para enfrentar tensões comerciais

International Monetary Fund / Flickr

Christine Lagarde, diretora-geral do FMI

Esta quarta-feira, a diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou duvidar da capacidade da economia global para enfrentar a atual escalada de tensões comerciais e as divergências monetárias entre as economias avançadas e emergentes.

À margem da assembleia anual do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, que decorre até domingo, em Bali, na Indonésia, Christine Lagarde, diretora do FMIR, disse que “a economia é forte, o crescimento é forte, mas será a economia suficientemente forte? Eu não tenho certeza disso, o crescimento está a estagnar e está distribuído de forma desigual”.

Em conferência de imprensa, a responsável do FMI indicou que a combinação entre a incerteza sobre o quadro regulamentar do comércio internacional, os elevados custos de financiamento nos países emergentes e a normalização da política monetária nos Estados Unidos envolvem riscos “sem precedentes”.

Christine Lagarde insistiu na necessidade de reduzir as tensões comerciais, especialmente entre os EUA e a China, argumentando que uma escalada da tensão será prejudicial para vários países. Lagarde deixou um conselho, dividido em três partes: “Abrandem a escalada da tensão. Consertem o sistema. Não o destruam”.

A responsável disse acreditar que até agora não se registou “um contágio” e grandes danos causados pelas tarifas sobre as exportações impostas por Pequim e Washington, mas sublinhou existir o risco de se prejudicarem “atores internacionais passivos”.

Na terça-feira, o FMI publicou as novas projeções macroeconómicas, que apontam para uma redução na expansão da economia global (3,7% em 2018 e 2019), como consequência das dúvidas provocadas pelas tensões económicas entre Washington e Pequim.

Também à margem desta assembleia anual, o presidente do Banco Mundial (BM) afirmou estar a trabalhar com os países em desenvolvimento para se prepararem para uma possível deterioração do conflito comercial. Se as taxas continuarem a subir haverá uma “clara desaceleração da economia e o impacto nos países em desenvolvimento será maior”, avisou Jim Yong Kim.

“O comércio é fundamental porque foi isso que tirou as pessoas da pobreza extrema”, argumentou o responsável. “Eu sou um globalista. Esta é a nossa única alternativa para acabar com a pobreza extrema. Precisamos de mais comércio e não menos comércio”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Responder a Eu! Cancelar resposta

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …

David guardou uma pedra durante anos pensando que era ouro. Afinal, era bem mais raro que isso

Em 2015, David Hole estava a explorar Maryborough Regional Park, perto de Melbourne, na Austrália. Com um detetor de metais, descobriu algo fora do comum: uma rocha avermelhada muito pesada que repousava em argila amarela. Maryborough …

Quadro roubado por soldado nazi é devolvido a museu de Florença

O quadro de natureza-morta tinha sido roubado do museu por um soldado nazi como um presente para a sua esposa. Agora, o quadro foi devolvido ao museu pelos alemães. Um soldado nazi em retirada de Itália …

Um segundo. Foi o tempo que a Inteligência Artificial precisou para resolver um cubo mágico

Investigadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, desenvolveram o DeepCubeA, um algoritmo capaz de resolver o desafio do Cubo de Rubik em pouco mais do que um segundo.  De acordo com a equipa de investigadores …

Investigação revela que ibuprofeno tem efeitos anticancerígenos

O anti-inflamatório ibuprofeno tem efeitos anticancerígenos sobretudo no cancro do colón, inibindo o crescimento de células malignas, revela uma investigação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA). Investigadores do INSA, associados ao Instituto de …

Um pôr do sol apareceu "dividido ao meio" nos EUA

https://vimeo.com/349103840 Recentemente, um efeito ótico incomum fez o pôr do sol assemelhar-se a uma imagem numa tela dividida, mostrando dois céus muito diferentes lado a lado. No lado direito da foto há um horizonte saturado de tons …

Turistas fizeram café em Veneza. Foram multados em 950 euros e convidados a abandonar a cidade

Dois turistas alemães foram multados por fazerem um café nos degraus da famosa ponte Rialto, em Veneza. Depois, tiveram de deixar a cidade, segundo as autoridades municipais. Os dois turistas de Berlim, com idades entre 32 …

Merkel admite: Greta Thunberg teve influência nas novas medidas alemãs pelo ambiente

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta sexta-feira que o seu governo decidiu ser mais ambicioso nas medidas contra as alterações climáticas como resposta à mobilização e marchas pelo ambiente de crianças e adolescentes inspirados …

Google paga prémios até centenas de milhares de euros para descobrir bugs

A Google aumentou o valor dos prémios que oferece a quem descobrir bugs nos seus produtos e serviços. Alguns dos prémios podem mesmo chegar aos milhares de euros. Ganhar dinheiro ao descobrir bugs é algo desconhecido …

Identificado suspeito do incêndio no estúdio de animação no Japão. Queixa-se de plágio

Esta quinta-feira, um incêndio no estúdio de animação KyoAni provocou 33 mortos e 35 feridos. Confirmadas as suspeitas de que o desastre resultara de fogo posto e que o autor usara gasolina para propagar as …