Flamengo perde Supertaça após 24 penáltis. Paulo Sousa pede mais “fome” de vencer

Rogério Florentino / EPA

O Atlético Mineiro conquistou a Supertaça do Brasil, derrotando o Flamengo, treinado pelo português Paulo Sousa, na decisão por penáltis (8-7), após o empate a duas bolas no final dos 90 minutos.

Num jogo dividido, Ignácio Fernández adiantou o ‘galo’ aos 42 minutos, mas o Flamengo entrou melhor na segunda parte e deu a volta ao marcador, através de Gabriel Barbosa (56′) e Bruno Henrique (64′), com Hulk a restabelecer a igualdade aos 75 minutos.

Depois houve uma verdadeira maratona de penáltis, com o vencedor a ser consagrado só no final de 24 pontapés dos onze metros, com a sorte a sorrir ao Atlético Mineiro.

Paulo Sousa, que foi contratado pelo Flamengo no final de 2021, falhou assim a hipótese de ganhar o primeiro troféu ao serviço do clube do Rio de Janeiro.

No final do jogo, Paulo Sousa reforçou que os seus jogadores têm de ter “mais fome” de títulos.

“Parece que, individualmente, a minha equipa precisa de dar um passo diferente. É uma equipa que está junta há quatro anos, que obteve vitórias importantes pela sua qualidade e talento. Mas hoje, em termos de espírito, tem de ter a mesma fome que teve no início da construção deste plantel. Para melhorar é preciso melhorar a fome, a determinação de querer ganhar”, começou por dizer o técnico do Flamengo.

“É o espírito que temos que ter. Temos de ter a humildade de perceber que ainda não ganhámos nada e que as conquistas do passado já ficaram para trás. Agora é o presente o mais importante”, acrescentou.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.