Físicos explicam (finalmente) porque é que as nossas roupas não se desfazem

Cientistas investigaram a tensão dos fios da roupa, no âmbito da física estatística, e descobriram que é o atrito entre as fibras que impede que os fios se desfaçam.

Algo tão simples para nós, é um grande mistério para os físicos. Até agora, os investigadores não conseguiam explicar o porquê de os fios de algodão que formam a nossa roupa transmitirem tensão, tornando-os fortes o suficiente para evitar que as roupas caiam aos pedaços.

Um estudo recente parece finalmente explicar como e porque é que isso acontece. Os fios de algodão são feitos de muitas fibras minúsculas, cada uma com apenas 2 a 3 centímetros de comprimento. No entanto, quando essas fibras se juntam, são capazes de transmitir tensão por longas distâncias.

No novo artigo científico, publicado na Physical Review Letters, os físicos Patrick Warren, da Unilever R & D Port Sunlight, Robin Ball, da Universidade de Warwick, no Reino Unido e Ray Goldstein, da Universidade de Cambridge, investigaram a tensão dos fios no âmbito da física estatística e descobriram que é o atrito entre as fibras que impede que os fios se desfaçam.

Através de técnicas de programação linear, os físicos mostraram que o atrito coletivo entre as fibras cria um mecanismo de bloqueio. Enquanto houver fricção suficiente, um conjunto aleatório de fibras consegue transmitir uma tensão indefinidamente gigantesca.

Estes resultados fornecem uma base quantitativa para a explicação proposta por Galileu em 1638. O físico famoso não entendia como é que uma corda pode ser tão forte, mesmo sendo feita de fibras tão pequenas.

“O próprio ato de torcer faz com que os fios se unam de tal maneira que, quando a corda é esticada, as fibras quebram, em vez de se separarem umas das outras”, escreveu na altura.

Neste estudo recente, os investigadores modelaram o fio como um grupo de fibras que se sobrepõem aleatoriamente. Os resultados mostraram que, à medida que a fricção aumenta, ocorre uma transição de percolação que corresponde a “uma mudança de um modelo de falha ‘maleável’, em que o fio falha por deslizamento da fibra, para um modo de falha ‘quebradiço’, em que o mecanismo de falha é a quebra da própria fibra”.

“Agora entendemos como é que o atrito impede os materiais fibrosos de partirem. Em termos de aplicações, podemos usar esta descoberta para dar suporte ao design de amaciadores de roupa, por exemplo”, disse Goldstein, ao Phys.org.

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo mostra orcas a perseguirem tubarões-brancos na África do Sul

O tubarão-branco é visto como o maior predador dos oceanos. Mas um novo vídeo mostra que nem este animal está assim tão seguro, sendo na verdade uma presa para outras espécies. De acordo com o Science …

Descoberta a primeira vespa polinizadora da época dos dinossauros

Uma equipa de cientistas encontrou a primeira vespa polinizadora (prosphex anthophilos), que conviveu com dinossauros há cerca de 100 milhões de anos. O animal foi encontrado num fragmento de resina fossilizada em Mianmar, na Birmânia, segundo …

China está a vender drones assassinos ao Médio Oriente

A China está a vender drones capazes de matar automaticamente, sem necessidade de controlo humano. Os seus principais clientes serão a Arábia Saudita e o Paquistão. Segundo o site Defense One, uma empresa chamada Ziyan está …

Aumento da temperatura pode vir a matar 1,5 milhões de indianos por ano

Se as emissões globais de gases de efeito de estufa não forem interrompidas, cerca de 1,5 milhões de indianos podem vir a morrer anualmente até 2100 devido ao aumento das temperaturas. Os números contam de …

O vencedor do Tour de France, Egan Bernal, pode ter beneficiado de uma vantagem genética

O ponto de viragem da Tour de France deste verão ocorreu no alto de uma montanha nos Alpes franceses. Foi o resultado de anos de treinamento e, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira, …

Mina Chang utilizou uma capa falsa da Time no CV e conseguiu chegar ao Governo de Trump

Mina Chang, vice-secretária adjunta do Gabinete de Operações de Conflitos e Estabilização do Departamento de Estado dos Estados Unidos, mentiu no seu currículo para conseguir alcançar um lugar no Governo de Donald Trump. De acordo com …

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …

Holanda reduz velocidade máxima nas autoestradas em prol da qualidade do ar (e deixa o primeiro-ministro "muito infeliz")

O Governo holandês vai baixar os limites de velocidade nas autoestradas do país para travar as emissões de monóxido de nitrogénio, que contribui para a degradação da camada de ozono. O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou …

Facebook para iOS utiliza câmara do iPhone sem que o utilizador note

Há um erro na aplicação do Facebook para iOS - sistema operativo do iPhone - que liga a câmara do telemóvel sem que o utilizador se aperceba quando este faz scrool no feed de …