Físico cria modelo matemático para uma máquina do tempo viável

(dr) Warner Bros

A máquina do tempo de H.G.Wells, versão 2002

A máquina do tempo de H.G.Wells, versão 2002

Depois de um intenso trabalho com os números, um investigador da Universidade da British Columbia, no Canadá, apresentou um modelo matemático para uma máquina do tempo viável.

Ben Tippett, professor de matemática e física da Universidade da British Columbia (UBC), publicou recentemente na revista Classical and Quantum Gravity um estudo sobre a viabilidade de viajar no tempo.

O investigador, cujo campo de especialização é a teoria de Einstein da relatividade geral, estuda buracos negros e ficção científica quando não está a dar aulas. Usando matemática e física, Tippett criou uma fórmula que descreve um método para viajar no tempo.

“As pessoas pensam na viagem no tempo como algo da ficção científica”, diz Ben Tippett. “E nós tendemos a pensar que não é possível, porque não o fazemos. Mas, matematicamente, é possível”.

Desde que HG Wells publicou o livro A Máquina do Tempo, em 1885, as pessoas ficaram curiosas sobre viagens no tempo – e os cientistas trabalharam para resolver ou refutar a possibilidade de viajar no tempo, diz Tippett.

Em 1915, Albert Einstein anunciou a sua teoria da relatividade geral, afirmando que os campos gravitacionais são causados por distorções no tecido do espaço-tempo.

Mais de 100 anos mais tarde, a Colaboração Científica LIGO, uma equipa internacional de institutos de física e grupos de pesquisa, anunciou a detecção de ondas gravitacionais geradas pela colisão de buracos negros a milhares de milhões de anos-luz, assim confirmando a teoria de Einstein.

A divisão do espaço em três dimensões, com o tempo numa dimensão separada por si só, é incorreta, diz Tippett.

As quatro dimensões devem ser imaginadas simultaneamente, onde diferentes direcções estão ligadas, como um contínuo espaço-tempo. Usando a teoria de Einstein, Tippett diz que a curvatura do espaço-tempo explica as órbitas curvas dos planetas.

Num espaço-tempo plano – ou não curvado – os planetas e as estrelas mover-se-iam em linhas rectas. Na vizinhança de uma estrela maciça, a geometria espaço-tempo torna-se curva e as trajetórias rectas dos planetas próximos seguem a curvatura e dobram à volta da estrela.

“A direcção temporal da superfície espaço-temporal também mostra uma curvatura; há evidências que mostram que quanto mais perto de um buraco negro estamos, mais devagar o tempo se move”, diz Tippett.

“O meu modelo de máquina do tempo usa o espaço-tempo curvo para dobrar o tempo num círculo para os passageiros, não numa linha recta. Esse círculo leva-nos de volta no tempo”.

Embora seja possível descrever esse tipo de viagem no tempo usando uma equação matemática, Tippett duvida que algum dia alguém construa uma máquina para colocar a sua equação à prova.

“HG Wells popularizou o termo máquina do tempo e deixou as pessoas com a ideia de que um explorador precisaria de uma máquina ou uma caixa especial para realizar viagens no tempo”, diz Tippett.

“Mas embora seja matematicamente viável, ainda não é possível construir uma máquina espaço-tempo porque precisamos de materiais, que chamamos de matéria exótica, para dobrar o espaço-tempo nesses caminhos impossíveis”, explica.

“Mas esses materiais ainda não foram descobertos”, conclui Tippett.

Para a sua pesquisa, Tippett criou um modelo matemático com a sigla TARDIS – qualquer semelhança com o nome da nave/máquina do tempo de Doctor Who certamente não é certamente mera coincidência.

Tippett descreve o seu modelo como uma bolha de geometria espaço-tempo que carrega o conteúdo para trás e para frente através do espaço e do tempo enquanto percorre um grande caminho circular.

A bolha de Ben Tippett move-se através do espaço-tempo, por vezes, a velocidades superiores à velocidade da luz, permitindo que se mova para trás no tempo.

Estudar o espaço-tempo é fascinante e problemático, e também é uma forma divertida de usar a matemática e a física”, diz Tippett. “Especialistas no meu campo têm explorado a possibilidade de máquinas matemáticas do tempo desde 1949. A minha pesquisa apresenta um novo método para o fazer”, explica.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. eu modelos matematicos nao tenho mas a verdade deve estar dentro de nos….!! todos nos temos memorias aprendemos a ler e lembramo-nos nós estamos num teste da escola e lembramo-.nos do que estudamos uns dias atras…estes processos é k têm de ser desvendados o ser humano é uma maquina complexa a natureza duplica a complexidade…!! temos que decifrar este processos e voi la temos a maquina do tempo…!!!

  2. Materiais / Materia exótica… hum… e além disso: “Precisamos de materiais que ainda não foram descobertos”, esta é a melhor. Tenho a ligeira impressão que qualquer um poderia dizer isso.

    Portanto, eu preciso de “algo que ainda não foi descoberto, que permite xpto”. Contra factos

RESPONDER

Aprovado projeto contra sacos e cuvetes de plástico para pão, fruta e legumes

A comissão parlamentar de Ambiente aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei dos Verdes para proibir a distribuição de sacos de plástico ultraleves e cuvetes de plástico para pão, frutas e legumes no comércio. O projeto …

BE diz que investimento nos serviços públicos não compensou "deterioração"

"Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos", disse Catarina Martins. A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) …

Israel. Ministro da Educação acredita na reorientação sexual e diz já a ter aplicado a um aluno

O ministro da Educação israelita e líder de um partido de extrema-direita, Rafi Peretz, afirmou na semana passada que a reorientação sexual é possível, acrescentando que "tem um conhecimento profundo sobre a área" e ele próprio …

Cinco meses após ser nomeado, médico português é afastado do cargo de conselheiro do Papa

Cinco meses depois de ser nomeado para a equipa de conselheiros do Papa Francisco na área da bioética e da dignidade humana, Rui Nunes, presidente da Associação Portuguesa de Bioética, foi afastado do cargo. Em comunicado …

El Chapo condenado a prisão perpétua

O narcotraficante mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán foi esta quarta-feira condenado a prisão perpétua nos Estados Unidos. A sentença foi lida num tribunal de Brooklyn, em Nova Iorque, na presença da mulher do agora condenado, …

Escritor líbano-francês Amin Maalouf vence Prémio Calouste Gulbenkian 2019

O jornalista e escritor líbano-francês Amin Maalouf é o vencedor do Prémio Calouste Gulbenkian 2019, no valor de 100 mil euros, anunciou a fundação, que vai também premiar a Associação de Apoio à Vitima, um …

Câmara de Viana do Castelo admite retirar à força últimos moradores do prédio Coutinho

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, admitiu esta quarta-feira que os últimos nove moradores do prédio Coutinho poderão ser retirados “coercivamente”, considerando que são “ocupantes ilegais”. "Tomaremos todas as decisões que …

A turbulência aérea está a tornar-se mais frequente (e o aquecimento global pode ser uma das causas)

Ao longo dos próximos anos, as viagens de avião vão ficar cada vez mais "atribuladas" devido ao aquecimento global, um fenómeno que não só aquece a superfície terrestre como está a alterar os ventos atmosféricos …

Funcionário da embaixada em Teerão atingido a tiro levou à suspensão de vistos

Funcionário iraniano da embaixada portuguesa atingido a tiro, em março, motivou a suspensão de vistos a cidadãos iranianos e de todas as atividades da secção consular. Segundo o jornal Público, um funcionário iraniano da embaixada portuguesa …

Há um "enorme potencial" de aumento salarial de mais de mil euros

A CGTP considera possível um aumento salarial superior a mil euros por trabalhador, em média, e vai usar essa perspetiva para defender o aumento generalizado dos salários junto dos partidos com representação parlamentar. De acordo com …