Einstein tinha razão: Ondas gravitacionais detetadas pela primeira vez

Maxwell Hamilton / Flickr

Buracos negros em colisão e as ondas gravitacionais que se formam

Buracos negros em colisão e as ondas gravitacionais que se formam

Um grupo de cientistas anunciou, esta quinta-feira, a deteção inédita de ondas gravitacionais, fenómeno que foi previsto por Albert Einstein e que só agora foi demonstrado.

Os cientistas observaram uma distorção no tecido espaço-tempo gerada pela fusão de dois buracos negros a mais de mil milhões de anos-luz da Terra.

A descoberta foi anunciada por David Reitze, investigador do departamento de Física da Universidade da Flórida, nos EUA, e diretor executivo do projeto, numa conferência de imprensa em Washington DC.

A equipa que fez a descoberta – que será publicada na Physical Review Letters – afirma que esta primeira deteção das ondas gravitacionais significa a entrada numa nova era na Astronomia, um avanço científico que está a ser recebido com uma das descobertas do século.

Trata-se do culminar de um século de especulação, 50 anos de tentativas para as descobrir e 25 anos a aperfeiçoar instrumentos de medição tão sensíveis que conseguem, finalmente, identificar uma distorção no tecido espaço-tempo com a dimensão de um milésimo do diâmetro do núcleo de um átomo.

C. Henze / NASA Ames Research Center

Simulações numéricas de ondas gravitacionais  emitidas pela colisão e fusão de dois buracos negros. Os contornos coloridos à volta de cada buraco negro representam a amplitude da radiação gravitacional; as linhas azuis mostram as órbitas dos buracos negros e as setas verdes representam a sua rotação

Simulações numéricas de ondas gravitacionais emitidas pela colisão e fusão de dois buracos negros. Os contornos coloridos à volta de cada buraco negro representam a amplitude da radiação gravitacional; as linhas azuis mostram as órbitas dos buracos negros e as setas verdes representam a sua rotação

A investigação foi feita por cientistas que fizeram parte da LIGO Collaboration (Advanced Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory), uma experiência internacional de longa data que opera em laboratórios onde são disparados feixes de lasers através túneis muito longos, para tentar medir estas minúsculas ondulações no tecido do espaço-tempo.

Os dois detetores do LIGO, que ficam em extremos opostos dos EUA, captaram a 14 de setembro de 2015 quase que simultaneamente ondas que correspondiam à previsão do que seriam as ondas gravitacionais.

Karsten Danzmann, investigador do Instituto Max Planck para a Física Gravitacional e da Universidade de Leibniz em Hannover, na Alemanha, afirmou à BBC que esta deteção é um dos desenvolvimentos mais importantes da Ciência desde a descoberta do bosão de Higgs, e tão importante como determinar a estrutura do ADN.

Merece um prémio Nobel, sem dúvida”, afirmou à BBC o líder europeu da LIGO Collaboration.

“É a primeira deteção direta de sempre de buracos negros e é uma confirmação da Teoria da Relatividade Geral porque as propriedades destes buracos negros estão de acordo com o que Einstein previu há 100 anos”, explicou o cientista.

Também Stephen Hawking, um dos mais célebres físicos do mundo e especialista em buracos negros, assegura tratar-se de um momento histórico para a Ciência.

“As ondas gravitacionais fornecem uma forma completamente nova de olhar o Universo. A capacidade de detectá-las tem o potencial de revolucionar a Astronomia. Esta descoberta é a primeira deteção de um sistema binário de buracos negros e a primeira observação de buracos negros em colisão”, afirmou à BBC.

“Além de provar a Relatividade Geral, esperamos ver buracos negros em várias fases da História do Universo. Podemos mesmo encontrar relíquias do Universo primitivo durante o Big Bang em algumas destas formas mais extremas possíveis de energia”.

“Gostaríamos de ter uma nova visão sobre o universo”, afirmou Lawrence Krauss, um cosmólogo da Universidade do Estado do Arizona, quando o rumor sobre a nova descoberta foi lançado, ainda em janeiro.

“As ondas gravitacionais são geradas nos mais exóticos lugares na Natureza, como na borda de buracos negros. Temos a certeza de que existem, mas não temos sido capazes de utilizá-las para sondar o universo”.

AF, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Com o tempo, poderemos vir a utilizar as ondas gravitacionais para vencer a gravidade e deslocarmo-nos pelo ar sem precisar de aviões. Utópico? Quem é que há 200 anos imaginava o atual controle sobre as ondas eletromagnéticas? Vejam o meu livro “Convicções e Ceticismos”, Editora Luz da Vida, Lda, 2014

RESPONDER

Portugueses criam nanomateriais feitos de algas para despoluir água

De algas abundantes no litoral de Portugal, investigadores da Universidade de Aveiro extraíram biopolímeros capazes de remover alguns poluentes da água, como antibióticos ou herbicidas. Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) demonstrou que …

O novo Oumuamua pode ter sido captado numa fotografia a cores

Os astrónomos do Observatório Gemini no Hawai tiraram a primeira fotografia do GB00234, agora rebatizado para C/2019 Q4 Borisov, um objeto que pode ser o segundo corpo celeste interestelar a entrar no Sistema Solar. A imagem …

Volkswagen revela o novo ID.3, "o carro elétrico do povo"

https://vimeo.com/360579859 No Salão Automóvel da Frankfurt, a Volkswagen revelou o novo ID.3, o seu primeiro carro elétrico. Com um preço "abaixo dos 30 mil euros", é tido como acessível para as massas. A revolução dos automóveis elétricos …

Benfica 1-2 Leipzig | Águias sem asas para o Leipzig

O Benfica arrancou a sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões 2019/20 da pior forma, com uma derrota caseira por 2-1. A formação “encarnada” recebeu o Leipzig e nunca conseguiu dominar o futebol …

A faca, o casaco, a secretária e outros objetos de Anthony Bourdain vão a leilão

Uma faca feita a partir de um meteorito, um casaco personalizado da marinha norte-americana e uma prensa para ossos de pato são três dos 215 objetos de Anthony Bourdain que vão ser colocados à venda …

Já vai poder dormir no castelo de "Downton Abbey" (mas com algumas condições)

O castelo de Highclere, que os fãs da série Downton Abbey conhecem como a casa da família ficional Crawley, está a receber hóspedes. O conde de Carnarvon resolveu abrir as portas a apenas dois convidados, a …

Tinder produz a sua primeira série de televisão (e é “apocalíptica”)

A aplicação de encontros Tinder já terminou as filmagens da sua primeira série de televisão no âmbito da intenção do seu proprietário, o Match Group, de aprofundar a criação de conteúdos originais. Fazer novos programas faz …

Sondagens à boca das urnas mostram empate técnico entre Netanyahu e Gantz

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e Benny Gantz, antigo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas que lidera a coligação centrista, estão numa situação de empate técnico nas primeiras sondagens à boca das urnas. Esta terça-feira, …

Dois youtubers detidos a tentar invadir a Área 51

Quatro dias antes do evento mundial, dois youtubers adiantaram-se e foram detidos na última terça-feira por tentarem invadir a Área 51, uma base militar secreta dos Estados Unidos. Ties Granzier e Govert Sweep, dois holandeses de …

Onda de bebés nascidos com mãos deformadas abre investigação na Alemanha

As autoridades de saúde lançaram uma investigação depois de três bebés nasceram com deformações raras das mãos nos últimos quatro meses num hospital alemão. "Entre junho de 2019 e o início de setembro de 2019, um …