Fisco está a cobrar 3,5 milhões de euros por erro em declarações de IRS de 2015

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou um erro na liquidação de declarações de IRS relativas a 2015, que implicou um novo apuramento do imposto em cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 milhões de euros.

Em causa estão contribuintes que iniciaram em 2014 uma atividade empresarial ou profissional, que foram tributados em 2015 pelo regime simplificado e que em 2015 obtiveram rendimentos de prestações de serviços (Categoria B), sem terem registado, em simultâneo, rendimentos de trabalho dependente e/ou de pensões (categorias A e/ou H, respetivamente), segundo refere uma informação publicada no Portal das Finanças.

Na origem deste erro está uma alteração das regras à liquidação, que entrou em vigor a 1 janeiro de 2015, com a reforma do IRS, que trouxe uma redução do imposto a pagar nos dois primeiros anos do exercício de atividade relativamente a rendimentos empresariais e profissionais resultantes de prestações de serviços de pessoas singulares que estão no regime simplificado.

Esta redução do IRS, esclarece a AT, apenas poderia beneficiar os contribuintes que tivessem iniciado a sua atividade após a entrada em vigor da norma e não os que em 1 de janeiro de 2015 já a tinham iniciado.

“Ora, no primeiro ano em que foi aplicado aquele novo regime, aquando da liquidação das declarações de IRS relativas ao ano de 2015, a AT aplicou uma redução de 25% a prestações de serviços incluídas nas declarações de IRS”, refere a nota da AT, acrescentando que “nos termos da lei, aquela redução não deveria ter sido aplicada na medida em que os contribuintes tinham iniciado a atividade no ano de 2014″.

Esta situação implicou, assim, que fosse necessário fazer um novo apuramento do IRS relativo a cerca de 0,2% das declarações de IRS entregues.

Em resposta à agência Lusa, fonte oficial da AT adiantou que “no quadro da correção deste erro foram emitidas menos de 10 mil liquidações adicionais. Trata-se de menos de 0,2% do total de declarações”, tendo em conta “que o número total de declarações vigentes relativas a 2015, tal como consta das estatísticas publicadas no Portal das Finanças, ascende a 5.008.652”.

A mesma fonte adianta ainda que o “montante total em causa é de cerca 3,5 milhões de euros, ou seja, apenas 0,03% do montante total de IRS liquidado relativamente a 2015″.

Neste momento, todas as declarações em causa já foram reliquidadas, tendo a AT enviado aos contribuintes visados uma comunicação em anexo a explicar o erro em causa, sendo que na liquidações que resultaram no apuramento de imposto em falta são indicadas as formas de pagamento, “incluindo a possibilidade de pagamento a prestações”.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Andam atrás das migalhas de quem trabalha. Mas quem ROUBA MILHÕES não andam eles atrás. CAMBADA fazem as leis para quem lhes convém.

  2. Se eu me enganar a preencher a declaração de 2015 e pagar a mais, será que posso ir pedir que me devolvem pelo meu erro agora em 2019? Não me parece, logo que vão mais é pentear macacos, enganaram-se, metam o dinheiro do bolso deles, que são os responsáveis pelo erro, ou então que se calem e metam a viola ao saco.

RESPONDER

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …