Fisco castigou funcionários que viram dados de Sócrates e Passos

EPP / Flickr

O ex-primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho

O ex-primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho

A Autoridade Tributária instaurou 50 processos disciplinares, ao longo dos últimos três anos, a funcionários do Fisco que consultaram indevidamente os dados de figuras públicas como Passos Coelho, Cavaco Silva, José Sócrates e Manuel Pinho.

Estes dados são divulgados pelo Público que teve acesso aos processos instaurados pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) a inspectores do Fisco que acederam, sem autorização, aos dados de vários políticos.

“Dos 50 inquéritos, 45 deram lugar a repreensões e cinco foram arquivados“, noticia o jornal.

Na maioria dos casos, a Direcção de Serviços de Consultadoria Jurídica e Contencioso da AT propôs “penas de repreensão escrita, suspensas por seis meses ou um ano”.

De acordo com o jornal, a consulta dos dados de José Sócrates motivou 12 inquéritos e a dos dados de Passos Coelho originou 29 processos.

O acesso a informações do empresário Carlos Santos Silva, o amigo de Sócrates que é visto como o seu testa-de-ferro, pelo Ministério Público, na Operação Marquês, originou sete processos.

Houve ainda “averiguações por acessos aos dados de Pedro Passos Coelho e Aníbal Cavaco Silva“, aponta o Público.

O nome de Cavaco Silva esteve envolvido em apenas um caso e o ex-Presidente da República terá sido a única situação sinalizada no âmbito da chamada “Lista VIP” – este software implantado pelo Fisco, entre 2014 e 2015, permitia ficar a saber quem consultava os dados fiscais de Passos Coelho, Cavaco Silva, Paulo Portas e Paulo Núncio, quando estes detinham os cargos de primeiro-ministro, Presidente da República, vice-primeiro-ministro e Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, respectivamente.

No caso de Manuel Pinho, também envolvido num único inquérito, o Público refere que um “funcionário com ordem para avaliar o processo contra o Fundo de Pensões do BES foi repreendido porque consultou o IRS” do ex-ministro, em 2013, quando este era o gestor do BES África.

Em 2013, outros funcionários da AT foram investigadores por terem acedido a dados fiscais de outras dez figuras públicas, entre as quais Jorge Jardim Gonçalves, José Mourinho, Belmiro de Azevedo e Alexandre Soares dos Santos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A democracia em Portugal, está doente.
    Porque razão é que as pessoas mencionadas e outras que não estão mencionadas mas que tem o privilégio de serem tratadas com as mesmas mordomias, o Zé Povinho não pode conhecer os seus rendimentos?. Coisa estúpida e aberrante.
    Os funcionários que foram castigados deviam era ser promovidos, pelos bons serviços prestados.
    Os Sr(s). Deputados, tinham o dever de estar atentos, assim como deviam romper com a submissão ao chefe.

RESPONDER

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …

Maduro ofereceu oxigénio ao Amazonas (quando há venezuelanos a morrerem por falta dele)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ofereceu oxigénio hospitalar ao Estado do Amazonas, no Brasil, para ajudar a combater a falta deste gás devido ao elevado número de casos de covid-19. Uma generosidade que está …

Pior dia da pandemia. Portugal regista 10.947 infetados e 166 mortos em 24 horas

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que, este sábado, Portugal atingiu dois recordes num só dia. Portugal voltou a registar um novo máximo este sábado, no dia dois do novo confinamento. Nas últimas …

Vírus duplica incidência em Espanha. Já provocou quase 2.500 mortos em 2021

Nos primeiros 15 dias de 2021, o número de infeções por covid-19 duplicaram em Espanha, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias. Espanha começou o ano de 2021 com …

Apoio do Governo para pagar conta da luz em Janeiro não passa dos 2,40 euros por família

O apoio extraordinário que o Governo vai dar às famílias portuguesas para o pagamento da conta da luz, neste mês de Janeiro, devido ao confinamento e às temperaturas anormalmente baixas, é modesto. A verba máxima …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: um clássico que valia 14 pontos

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-1-1-benfica-o-musical-1 Chegámos.   Chegámos ao grande jogo do campeonato. Desta vez aparece no calendário só a meio de Janeiro, mas cá está ele. O grande jogo. "Ai não! Há Sporting, há Boavista, há Braga!". O Sporting e o …

Armin Laschet sucede a Angela Merkel na liderança da CDU

Este sábado, Armin Laschet foi eleito líder do partido alemão União Democrata-Cristã (CDU), depois de Angela Merkel ter abandonado o cargo, em setembro. Armin Laschet, chefe do governo da Renânia do Norte-Vestfália, é o novo líder …

"Não há vagas". Ambulâncias fazem fila à porta dos hospitais (até parece Itália em Março)

Os engarrafamentos de ambulâncias à entrada das urgências dos Hospitais de Torres Vedras e de Santa Maria, em Lisboa, ilustram a gravidade do que está a acontecer no Serviço Nacional de Saúde (SNS) com o …

PSD prepara reforma do sistema político e quer "conquistar" PS

Até maio, o PSD vai lançar um processo de debate, interno e externo, para preparar uma série de reformas no sistema político, na Justiça e para a revisão constitucional. O PSD vai preparar um pacote de …