“A Leiteira”. Filme censurado na Nigéria é possível candidato aos Óscares

(cv)

“A Leiteira” é um potencial candidato aos Óscares. Na Nigéria, o filme foi parcialmente censurado, com o Governo a cortar algumas das cenas mais poderosas.

“A Leiteira” é um filme nigeriano, escrito e realizado por Desmond Ovbiagele, que é potencial candidato à próxima cerimónia dos Óscares. O filme conta a história de Zainab, uma leiteira de uma minoria étnica africana que enfrenta extremistas religiosas na procura pela sua irmã desaparecida.

A crítica cinematográfica argumenta que é o melhor filme nigeriano dos últimos anos. No entanto, o Conselho Nacional de Censores de Cinema e Vídeo da Nigéria não é particularmente fã.

O Governo nigeriano não ficou satisfeito com a versão final do filme e censurou diversas cenas, com medo que pudesse ofender os muçulmanos. Foram removidos cerca de 24 minutos do filme original, salienta o portal OZY.

Desta forma, a longa-metragem ficou desprovida de alguma das cenas mais impactantes e poderosas. Outras cenas retiradas soam banais ao cidadão ocidental moderno. Por exemplo, uma delas envolve uma personagem feminina a manifestar desejo sexual.

“Qualquer coisa que possa causar um alvoroço não deve ser incluída porque sabemos onde estamos como sociedade”, avisou Alonge Oyadiran, diretor do Conselho de Censura. O realizador, Desmond Ovbiagele, discorda.

“Algumas coisas não faziam sentido. Tivemos que cortar tudo – guarda-roupa, linguagem, diálogo que era uma representação autêntica de uma religião em particular, embora não haja nada no filme que afirme que a religião foi diretamente responsável pela violência”, argumenta o artista.

A versão original do filme foi enviada para os Óscares, mas apenas a versão censurada pode ser exibida na Nigéria.

O filme retrata a guerra contra o Boko Haram, a organização jihadista islâmica sunita responsável pela morte de mais de 37 mil pessoas na Nigéria. Para perceber melhor a realidade deste conflito, Ovbiagele leu milhares de páginas de notícias e relatórios, e falou com vítimas reais que escaparam à violência deste grupo terrorista.

“Os sobreviventes narravam as mais terríveis experiências de uma maneira muito desapaixonada. Eles conseguiam revelar quase casualmente como entes queridos foram massacrados à frente deles“, conta Ovbiagele.

O realizador pretende negociar com uma plataforma de streaming para que “A Leiteira” possa ser exibido sem qualquer tipo de censura.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …