Feira do Livro de Lisboa encerra hoje após 18 dias no parque Eduardo VII

A 84ª Feira do Livro de Lisboa encerra este domingo, após 18 dias de vendas de livros com reduções de preço, sessões de autógrafos e outras iniciativas em torno do livro e da leitura, como o “picnic literário”.

Entre as iniciativas de hoje destacam-se a participação da Marcha Popular da Madragoa e a sessão de autógrafos de Jeff Kinsey, o autor de “O diário de um banana”, que exigiu um plano de prevenção por parte da editora.

Na praça LeYa desfila, pelas 19h, a Marcha da Madragoa, uma iniciativa associada aos sete autores do livro “A Misteriosa Mulher da Ópera”, da Casa das Letras. Todos estarão presentes: Afonso Cruz, Isabel Stilwell, José Fanha, Alice Vieira, André Gago, Catarina Fonseca e David Machado.

O autor de “O diário de um banana”, Jeff Kinsey, autografa um livro por leitor, entre as 16h e as 19h, na praça verde.

Para combater o calor, a editora colocou em marcha um plano preventivo que envolve borrifadores, chapéus-de-sol e animação, “pois são esperados muitos fãs, dadas as elevadas vendas dos diferentes títulos”, disse à Lusa fonte editorial.

Das listas de sessões de autógrafos previstas para hoje, nos pavilhões do grupo Porto Editora, entre outras, estão agendadas a do ex-minsitro da Justiça Álvaro Laborinho Lúcio, que recentemente publicou o livro de contos “O Chamador”, e ainda de Valter Hugo Mãe, Miguel Esteves Cardoso, José Luís Peixoto e Manuel Jorge Marmelo.

Neste grupo marcam igualmente presença o italiano Donato Carrisi, autor de “Sopro do Mal”, “Tribunal de Almas” e “A Hipótese do Mal”, e da britânica Dorothy Koomson, autora de “Pedaços de ternura”, “Um erro inocente”, “A filha da minha melhor amiga” e “Os aromas do amor”.

No pavilhão dos Livros Horizonte, Luísa Ducla Soares autografa “Som das Lengalengas”, ilustrado por João Vaz de Carvalho que também está presente, assim como o músico Daniel Completo.

A editora Clube do Autor promove hoje sessões de autógrafos com Armando Batista-Bastos, Fernando da Costa e Edmundo Pedro.

Na Gradiva, José Eduardo Franco e Carlos Leone autografam a obra “A Europa Segundo Portugal – Ideias da Europa na Cultura Portuguesa Século a Século”.

Nesta Feira estrearam-se novos pavilhões, no total 250, que, segundo os organizadores, são mais cómodos e duráveis, tendo participado 537 editoras e chancelas.

Uma das apostas fortes foi a restauração, e uma das novidades da feira foi a iniciativa “Dar e Receber“, visando promover hábitos de leitura entre os mais jovens. Na feira, em dois contentores, foram colocados livros usados ou novos, para crianças até aos 12 anos, que agora serão oferecidos através do Banco de Bens Doados.

A Feira partiu com objetivos ambiciosos, nomeadamente ultrapassar os 500 mil visitantes, que se registaram na edição do ano passado, e ultrapassar também o número de iniciativas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …