FC Porto empata a zero com Nápoles na apresentação aos adeptos

Estela Silva / Lusa

Iker Casillas no Estádo do Dragão, no jogo de apresentação do FC Porto frente ao Nápoles

Iker Casillas no Estádo do Dragão, no jogo de apresentação do FC Porto frente ao Nápoles

O FC Porto, ainda pouco articulado e com défice de criatividade ofensiva, apresentou-se hoje aos sócios com empate 0-0 ante os italianos do Nápoles, em desafio em que vários reforços justificaram o estatuto.

Com quatro caras novas no ‘onze’ inicial – Casillas, Maxi Pereira, Cissokho e Imbula – o FC Porto pecou por apresentar uma equipa com pouca ‘tração’ à frente, uma vez que Ruben Neves, Imbula e Herrera não são propriamente médios criativos no apoio ao ataque, o qual se se ressentiu ainda mais com a lesão de Brahimi aos 18 minutos.

O treinador Julen Lopetegui certamente suspira por um verdadeiro organizador de jogo que possa fazer a diferença, definindo o jogo atacante, ainda pouco esclarecido.

A primeira parte foi parca em situações de perigo, sendo que o guarda-redes Casillas fez o que se espera: no único lance em que teve de intervir, opôs-se a iniciativa perigosa de Insine (24 minutos).

O sempre combativo e ofensivo Maxi Pereira cruzou para a cabeça de Herrera, mas o mexicano, sozinho, errou o alvo (28), tal como Tello (36), sem oposição na área.

Em cima do intervalo, Aboubakar ‘sentou’ um adversário, porém ‘passou’ a bola a Reina, quando tinha tudo para marcar.

O francês Imbula, com capacidade técnica e física assinaláveis, foi o único médio do FC Porto a manter-se em campo na etapa complementar, entrando Danilo Pereira para ‘trinco’, André André para o miolo, Helton para a baliza, Martins Indi para a defesa e Bueno para o ataque.

O espanhol quase marcou aos 57, mas o seu desvio, de calcanhar, saiu com pouca força e não chegou à baliza, minutos antes de Tello (67), lançado por André André (fez por merecer mais oportunidades), hesitar entre o centro e o remate e cruzar sem nexo, com o recém-entrado Pablo Osvaldo na pequena área em posição de marcar.

No lado contrário, Maggio (69), isolado na direita, fez o mais difícil e não encontrou a baliza dos ‘dragões’, na qual José Angel (74) quase acertou, em disparo de longe, numa altura em que a as múltiplas substituições partiram o jogo.

Nos últimos 15 minutos, o Nápoles mostrou-se mais perigoso, perante um FC Porto já muito remendado, mas o nulo não foi desfeito.

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …

Dinamarca lança "passaporte covid-19"

O Governo da Dinamarca lançou o "passaporte covid-19", um documento que atesta que o portador do mesmo não teve um resultado positivo ao novo coronavírus recentemente. Deverá ser utilizado em viagens internas ou externas. De …

Mais oito mortes e 342 novos casos. Mais 305 pessoas dadas como recuperadas

Portugal regista este sábado mais oito mortes por covid-19 e mais 342 casos confirmados em relação a sexta-feira, segundo dados da Direção-Geral de Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS, há 46.221 casos …

Ainda há esperança para os gorilas mais raros do mundo. Foram fotografados com crias

Os gorilas do rio Cross, os mais raros do mundo, foram fotografados na Nigéria com algumas crias, aumentando a esperança para esta espécie de primatas. A fotografias foram divulgadas por uma organização não-governamental nigeriana, a …

"Já sofreu muito". Trump comuta pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comutou a pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone, que foi condenado em fevereiro a 40 meses de prisão, anunciou sexta-feira a Casa Branca. Roger …

Armas, droga, sucata e prostituição financiam neonazis portugueses (mas lucros não vão todos para a causa)

Os grupos neonazis portugueses são "bastante desorganizados" e financiam-se com dinheiro obtido em negócios ilícitos, como o tráfico de armas, de droga e de mulheres para prostituição e a sucata. Mas os ganhos obtidos não …

"Nem de perto nem de longe". DGS não recomenda reabertura de parques infantis

A reabertura de parques infantis não é “nem de perto nem de longe” recomendada pela Direção-Geral de Saúde (DGS), disse a diretora-geral que explicou que as crianças devem brincar no modelo de “bolhas familiares”. “Pela sua …