Famílias com filhos gastam em média mais 658 euros por mês

thinkpanama / Flick

-

As famílias com filhos gastaram, em média, menos 74 euros em 2015 e 2016 do que há cinco anos, mas continuam a gastar mais de 600 euros por mês do que despendem os agregados sem crianças dependentes.

De acordo com os resultados provisórios do Inquérito às Despesas das Famílias 2015/2016, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a despesa média anual dos agregados familiares com crianças dependentes foi de 25.892 euros.

Há cinco anos, quando o INE divulgou o último Inquérito às Despesas das Famílias (com dados 2010/2011), os agregados com crianças dependentes gastavam 26.775 euros por ano.

Isto significa que as famílias com filhos conseguiram reduzir em quase 74 euros por mês (3,3%) face ao que gastavam em 2010/2011.

Já os agregados sem crianças viram as suas despesas anuais aumentarem 7,7%, de 16.705 euros para 17.997 euros, ou mais quase 108 euros por mês.

Estes números permitem concluir também que a diferença entre os agregados familiares sem e com filhos estreitou-se nos últimos cinco anos: em 2010/2011 as famílias com filhos gastavam mais 60% do que as sem crianças dependentes (cerca de 840 euros por mês); hoje gastam mais 44%, cerca de 658 euros por mês em média.

Segundo o INE, o padrão da despesa anual média difere nas duas tipologias familiares, mais significativamente nos gastos com habitação, ensino e transportes: as famílias sem crianças dependentes gastam mais em habitação (34,3%) do que as famílias com crianças (28,8%), e menos em ensino (0,7% contra 4,0%) e em transportes (13,5% face a 16,1%).

Referem-se ainda as diferenças ao nível dos gastos em saúde (6,6% nas famílias com crianças, 4,5% nas famílias sem crianças), em produtos alimentares e bebidas não alcoólicas (15% contra 13,7%) e em vestuário e calçado (2,8% contra 4%).

“O peso das despesas em saúde é relativamente mais elevado para as famílias sem crianças dependentes em que existe pelo menos um idoso, representando 9,3% no caso dos idosos que vivem sós e 8,2% no caso das famílias constituídas por dois ou mais adultos, em que pelo menos um deles é idoso”, refere ainda o INE.

É também para os idosos que vivem sós, acrescenta, que o peso relativo da despesa em habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis “é mais elevado, constituindo 41,5% das despesas desses agregados, em comparação com a média nacional de 31,8%”.

A despesa anual média das famílias aumentou 2,6% em 2015/16, face a 2010/2011, para 20.916 euros.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O título aparenta um erro. Julgo quererem dizer “GASTAM EM MÉDIA 658 EUROS POR MÊS”, e não “GASTAM EM MÉDIA MAIS 658 EUROS POR MÊS”. Era bom terem 658 euros extra para gastar…
    Feliz natal a todos.

RESPONDER

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …

Maduro ofereceu oxigénio ao Amazonas (quando há venezuelanos a morrerem por falta dele)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ofereceu oxigénio hospitalar ao Estado do Amazonas, no Brasil, para ajudar a combater a falta deste gás devido ao elevado número de casos de covid-19. Uma generosidade que está …

Pior dia da pandemia. Portugal regista 10.947 infetados e 166 mortos em 24 horas

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que, este sábado, Portugal atingiu dois recordes num só dia. Portugal voltou a registar um novo máximo este sábado, no dia dois do novo confinamento. Nas últimas …

Vírus duplica incidência em Espanha. Já provocou quase 2.500 mortos em 2021

Nos primeiros 15 dias de 2021, o número de infeções por covid-19 duplicaram em Espanha, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias. Espanha começou o ano de 2021 com …

Apoio do Governo para pagar conta da luz em Janeiro não passa dos 2,40 euros por família

O apoio extraordinário que o Governo vai dar às famílias portuguesas para o pagamento da conta da luz, neste mês de Janeiro, devido ao confinamento e às temperaturas anormalmente baixas, é modesto. A verba máxima …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: um clássico que valia 14 pontos

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-1-1-benfica-o-musical-1 Chegámos.   Chegámos ao grande jogo do campeonato. Desta vez aparece no calendário só a meio de Janeiro, mas cá está ele. O grande jogo. "Ai não! Há Sporting, há Boavista, há Braga!". O Sporting e o …

Armin Laschet sucede a Angela Merkel na liderança da CDU

Este sábado, Armin Laschet foi eleito líder do partido alemão União Democrata-Cristã (CDU), depois de Angela Merkel ter abandonado o cargo, em setembro. Armin Laschet, chefe do governo da Renânia do Norte-Vestfália, é o novo líder …

"Não há vagas". Ambulâncias fazem fila à porta dos hospitais (até parece Itália em Março)

Os engarrafamentos de ambulâncias à entrada das urgências dos Hospitais de Torres Vedras e de Santa Maria, em Lisboa, ilustram a gravidade do que está a acontecer no Serviço Nacional de Saúde (SNS) com o …