Famílias com filhos gastam em média mais 658 euros por mês

thinkpanama / Flick

-

As famílias com filhos gastaram, em média, menos 74 euros em 2015 e 2016 do que há cinco anos, mas continuam a gastar mais de 600 euros por mês do que despendem os agregados sem crianças dependentes.

De acordo com os resultados provisórios do Inquérito às Despesas das Famílias 2015/2016, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a despesa média anual dos agregados familiares com crianças dependentes foi de 25.892 euros.

Há cinco anos, quando o INE divulgou o último Inquérito às Despesas das Famílias (com dados 2010/2011), os agregados com crianças dependentes gastavam 26.775 euros por ano.

Isto significa que as famílias com filhos conseguiram reduzir em quase 74 euros por mês (3,3%) face ao que gastavam em 2010/2011.

Já os agregados sem crianças viram as suas despesas anuais aumentarem 7,7%, de 16.705 euros para 17.997 euros, ou mais quase 108 euros por mês.

Estes números permitem concluir também que a diferença entre os agregados familiares sem e com filhos estreitou-se nos últimos cinco anos: em 2010/2011 as famílias com filhos gastavam mais 60% do que as sem crianças dependentes (cerca de 840 euros por mês); hoje gastam mais 44%, cerca de 658 euros por mês em média.

Segundo o INE, o padrão da despesa anual média difere nas duas tipologias familiares, mais significativamente nos gastos com habitação, ensino e transportes: as famílias sem crianças dependentes gastam mais em habitação (34,3%) do que as famílias com crianças (28,8%), e menos em ensino (0,7% contra 4,0%) e em transportes (13,5% face a 16,1%).

Referem-se ainda as diferenças ao nível dos gastos em saúde (6,6% nas famílias com crianças, 4,5% nas famílias sem crianças), em produtos alimentares e bebidas não alcoólicas (15% contra 13,7%) e em vestuário e calçado (2,8% contra 4%).

“O peso das despesas em saúde é relativamente mais elevado para as famílias sem crianças dependentes em que existe pelo menos um idoso, representando 9,3% no caso dos idosos que vivem sós e 8,2% no caso das famílias constituídas por dois ou mais adultos, em que pelo menos um deles é idoso”, refere ainda o INE.

É também para os idosos que vivem sós, acrescenta, que o peso relativo da despesa em habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis “é mais elevado, constituindo 41,5% das despesas desses agregados, em comparação com a média nacional de 31,8%”.

A despesa anual média das famílias aumentou 2,6% em 2015/16, face a 2010/2011, para 20.916 euros.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O título aparenta um erro. Julgo quererem dizer “GASTAM EM MÉDIA 658 EUROS POR MÊS”, e não “GASTAM EM MÉDIA MAIS 658 EUROS POR MÊS”. Era bom terem 658 euros extra para gastar…
    Feliz natal a todos.

RESPONDER

Redução de 3% na eletricidade para o mercado regulado entra em vigor esta terça-feira

A descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh), ou seja, uma redução de aproximadamente 3% no total da fatura de eletricidade dos consumidores, entra esta terça-feira em …

Em termos económicos estamos pior que "numa situação de guerra", diz Daniel Bessa

“Na recuperação da economia não podemos esperar uma fase ascendente tão rápida. Vamos ter uma recuperação mais lenta", alerta o economista Daniel Bessa. O economista Daniel Bessa considera que a atual situação económica, decorrente da pandemia, …

Escolas não devem reabrir em abril

Esta terça-feira ao início da tarde, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que as escolas vão manter-se fechadas até ao final de abril. Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido, esta terça-feira, com especialistas …

Câmara de Comércio e Governo criam gabinete de apoio às empresas

A Câmara de Comércio e Indústria (CCIP) e o Governo criaram um gabinete de apoio às empresas para esclarecer e facilitar o acesso das companhias às ajudas lançadas pelo executivo. Segundo noticiou a TSF, a estrutura, …

Tragédia continua. Encontrado corpo de sobrinha-neta de John F. Kennedy

O corpo da sobrinha-neta do ex-Presidente norte-americano John F. Kennedy, que estava desaparecida com o filho desde quinta-feira, foi encontrado na segunda-feira, informaram esta terça-feira os meios de comunicação norte-americanos. Maeve Kennedy Townsend McKean, de 40 …

Jornal Económico e A Bola avançam para regime de lay-off

O Jornal Económico e o desportivo A Bola vão avançar para o regime de lay-off devido a quebras significativas nas vendas e publicidade desencadeadas pela pandemia de covid-19, que já fez mais de 300 vítimas …

Moratória nos créditos à habitação não suspende Seguros (e pode ter que os pagar durante mais tempo)

A suspensão dos pagamentos dos empréstimos do Crédito à Habitação, por parte dos clientes bancários que queiram aderir à moratória aprovada pelo Governo, pode não travar os pagamentos dos Seguros de Vida e Multi-riscos que …

Espanha poderá ser o primeiro país na Europa a avançar com rendimento básico universal

A ministra da Economia espanhola assegurou, este domingo, que o Governo está a trabalhar para aplicar o rendimento básico universal, embora não tenha dado ainda uma data concreta. Em declarações ao canal televisivo laSexta, a ministra …

Presidente revela que não está imune e é contra "descompressão" de medidas em abril

O Presidente da República revelou numa entrevista esta terça-feira divulgada pela Antena 1 que já fez um dos novos testes sorológicos para detetar a presença de anticorpos para o novo coronavírus e não está imunizado. "Depois …

Ministros das finanças procuram entendimento. Itália ameaça consenso de Centeno

Os ministros das Finanças da zona euro voltam a reunir-se esta terça-feira, por videoconferência, com a responsabilidade de chegarem a um compromisso sobre uma resposta comum para minimizar os efeitos da pandemia covid-19, precisando para …