Família comprou navio da II Guerra Mundial no Ebay

Fazer scroll no eBay é uma espécie de ritual para Simon Robins, que passa a maior parte do seu tempo livre a resgatar e a renovar barcos. A paixão subiu de patamar, depois de a sua família ter adquirido um antigo navio da II Guerra Mundial.

Gemma Robins, esposa de Simon, viu que o navio estava a ser leiloado através da plataforma eletrónica Ebay e, perante o entusiasmo do restaurador de embarcações, decidiu que valia a pena visitá-lo.

O barco a motor de 21 metros, construído para a Marinha Real do Reino Unido em 1943, estava em Wrexham, País de Gales, relativamente perto da residência do casal.

Poucos dias depois da visita, a família pagou 6.500 libras esterlinas (cerca de 7.500 euros) pelo navio, conhecido como L1392, para evitar que acabasse numa sucata. “Eu não queria um barco”, explicou Gemma à CNN. “Mas quando pesquisei a história da embarcação, percebi que é um navio muito importante e que não sobraram muitos como este.”

O navio serviu como líder de navegação na “Operação Neptuno“, a principal invasão marítima do norte de França conhecida como Dia D, durante a II Guerra Mundial. “Foi tão doloroso vê-lo negligenciado e abandonado. Isto tocou o meu coração”, contou Gemma Robins à cadeia britânica.

O casal sabia que restaurar este navio de 80 anos, que pesa cerca de 59 toneladas, custaria milhares de euros e exigiria muito tempo de trabalho. A dupla também estava ciente de que poderia encontrar muitos problemas ao restaurar um barco desta idade e magnitude.

Apesar disso, e pesando todos os eventuais contra-tempos que poderiam existir, Gemma e Simon decidiram avançar com este arriscado desafio. Estimaram que demorariam cerca de uma década para concluir o trabalho, mas nem isso os fez desistir da missão.

“Sinto que os barcos históricos não recebem o cuidado, a atenção e a publicidade que merecem, e com um pouco de amor e trabalho árduo, espero que este tenha uma vida muito longa”, confessou Simon.

O casal começou um canal de Youtube, chamado Ship Happens, que conta já com mais de 31 mil subscritores. O objetivo é usar a plataforma para mostrar aos interessados os avanços na restauração do barco.

Como a família galesa não precisa de um navio de guerra, o casal vai transformar o barco numa casa de férias, apesar de ainda não terem um plano definitivo em relação ao futuro a longo prazo. “Quando o compramos, queríamos salvá-lo para preservar a história. Não pensamos muito sobre o futuro dele”, confessou Gemma.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Família Gaulesa”??? Será, a família, oriundo do País de Gaules?
    O último parágrafo não começa muito bem.

  2. A designação do navio, na verdade uma lancha ou um barco, é HDML (Harbour Defense Motor Launch) 310. Foram construídas centenas de unidades durante a Segunda Guerra Mundial e destinavam-se à defesa antissubmarina dos portos. Na verdade, na minha opinião, sem grande valor histórica. Fica a curiosidade da iniciativa deste casal e o valor pago numa compra de Ebay.

RESPONDER

EUA. Casos de covid-19 podem ter sido subestimados em 60%

O número de casos de covid-19 nos Estados Unidos (EUA) pode ter sido subestimado em até 60%, com as infeções relatadas a representarem "apenas uma fração do número total estimado". Esta é a conclusão de um …

Portugal com mais seis mortes e 2316 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais seis mortes e 2316 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2316 novos …

Um quarto dos processos às companhias aéreas por falta de testes à covid já resultou em multas pagas

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) instaurou, entre 2020 e a semana passada, 539 processos a 40 companhias aéreas por transportarem passageiros para o território nacional sem o respetivo teste negativo à covid-19. Cerca …

Colômbia pede que a Venezuela seja declarada como país promotor do terrorismo

A Colômbia pediu esta segunda-feira aos EUA que declarem a Venezuela como país promotor do terrorismo por alegadamente "proteger" guerrilheiros colombianos do Exército de Libertação Nacional (ELN) e do Grupo Armado Residual (Gaor 33, composto …

Treze meses depois, Coreias voltam a falar ao telefone

As comunicações telefónicas estavam cortadas entre as duas Coreias desde junho de 2020, mas os dois países retomaram os contactos esta terça-feira. As duas Coreias retomaram esta terça-feira a comunicação telefónica 13 meses depois de ter …

Benfica: Kaio Jorge não quer jogar em Portugal (e alínea pode impedir saída)

Santos aceitou proposta vinda da Luz mas o jovem avançado prefere o campeonato italiano. E ainda há uma alínea no contrato que vai ser analisada. O Benfica apresentou uma proposta pela contratação de Kaio Jorge, com …

Quase 70% dos internados em UCI têm menos de 59 anos

Quase 70% dos doentes com covid-19 em unidades de cuidados intensivos (UCI) têm menos de 59 anos, revelou a Ordem dos Médicos, indicando que em enfermaria os doentes abaixo dessa faixa etária são cerca de …

Reunião no Infarmed. Especialistas propõem plano de quatro níveis (e a máscara cai no nível 2)

A sede da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), em Lisboa, voltou a acolher mais uma reunião de peritos esta terça-feira. Foi apresentada uma proposta de alteração da matriz de risco. Portugal não está em condições de …

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas registadas em Portugal

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a covid-19 foram registadas em Portugal e houve 68 casos de morte comunicados em idosos, mas não está demonstrada a relação causa-efeito, segundo o Infarmed. De …

Incêndios "sem precedentes" devastam Sardenha

Condições climatéricas adversas e severas, como altas temperaturas e ventos fortes, estiveram na origem dos incêndios florestais que se registaram em vários países do sul do continente europeu, como Itália, Espanha, França ou Grécia. A ilha …