Facebook apagou 32 contas criadas para influenciar eleições nos Estados Unidos

O Facebook revelou que as 32 contas e páginas que baniu do Facebook e do Instagram tinham como objetivo interferir nas eleições intercalares dos EUA.

O Facebook anunciou que encerrou 32 páginas suspeitas de querer influenciar as eleições intercalares marcadas para novembro nos Estados Unidos. De acordo com a rede social, estas contas do Facebook e do Instagram estariam a criar vários eventos de protesto em Washington, com o único propósito de provocar discórdia entre os eleitores.

No comunicado, a empresa liderada por Mark Zuckerberg revela que, desde maio do ano passado, estas páginas criaram cerca de 30 eventos e pagaram um total de 11 mil dólares, cerca de 9400 euros, por 150 anúncios. As páginas tinham, no total, cerca de 290 mil contas a seguirem-nas, avança o Observador.

A rede social está ainda a investigar o sucedido, mas em causa estão 32 contas envolvidas em comportamentos “coordenados” que pareciam ser falsas: oito páginas do Facebook, 17 perfis nesta rede social, e sete contas de Instagram. Segundo a empresa, o objetivo final destas contas era incendiar os ânimos em protestos de modo a criar divisão.

O Facebook ainda não conseguiu encontrar a fonte destas páginas, mas, apesar de não saber quem está por detrás destes esforços, considera que pode ter ligações com a Rússia.

A empresa descobriu algumas conexões entre as contas que removeu e as associadas à Agência de Pesquisa da Internet da Rússia, removidas antes e depois das eleições presidenciais dos EUA em 2016.

Além disso, a empresa acrescentou que os responsáveis têm tido “mais cuidado em apagar os seus rastos” do que em 2016, em parte devido às medidas que a Facebook tem adotado para evitar abusos, no último ano.

Segundo a TSF, houve, entretanto, reações políticas ao anúncio do Facebook. Membros dos dois partidos apontam o dedo a Moscovo e apelam à rede social que continue o trabalho de identificação, e um senador republicano promete apresentar uma proposta de medidas de retaliação.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Responder a Kay Cancelar resposta

"Esforço coletivo para salvar o Natal". Nóbeis da Economia querem novo confinamento em dezembro

Esther Duflo e Abhijit Banerjee, prémios Nobel da Economia de 2019, propõem quarentena em França em dezembro, para que seja possível "festejar o Natal". O casal acredita que só assim será possível festejar a quadra …

Venda de vinhos alentejanos para a Suécia disparou (e foi graças à pandemia)

Nunca se tinham vendido tantos vinhos alentejanos para a Suécia como durante o período de confinamento em Portugal. A estratégia menos restritiva dos suecos contra a covid-19 ajuda a explicar esse cenário, verificando-se a mesma …

Spray nasal investigado na Austrália pode travar covid-19 (e tem uma taxa de eficácia de 96%)

É simples: com apenas uma ou duas aplicações por semana, o novo spray pode evitar que as pessoas infetadas com o novo coronavírus contagiem as outras à sua volta. Muito se tem falado sobre uma potencial …

Brad Parscale, ex-diretor de campanha de Trump, hospitalizado após tentativa de suicídio

O antigo diretor digital de campanha de Donald Trump, Brad Parscale, foi hospitalizado depois de a mulher ter alertado para tentativa de suicídio. Brad Parscale, ex-diretor digital de campanha do atual Presidente dos Estados Unidos, Donald …

Variante de SARS-CoV-2 oriunda de Itália marcou início da pandemia. Circulou durante dias sem controlo

O arranque da epidemia em Portugal foi marcado pela “disseminação massiva” de uma variante do SARS-CoV-2 com uma mutação específica, que começou a circular nas regiões Norte e Centro mais de uma semana antes do …

Existem 51 surtos ativos de covid-19 em lares e 12 em escolas

Existem atualmente em Portugal 51 surtos ativos de covid-19 em lares e 12 em escolas, revelou esta segunda-feira, em conferência de imprensa, a diretora-geral da Direção-Geral da Saúde, Graça Freitas. Sem identificar especificamente os lares …

Catalunha. Supremo Tribunal espanhol confirma inabilitação de Quim Torra

O Supremo Tribunal espanhol confirmou esta segunda-feira a inabilitação por um ano e meio do presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, por desobediência à junta eleitoral central. O acórdão, aprovado por unanimidade, obriga Torra …

Já há mais 6.829 mortes do que em 2019, mas covid-19 só fez 2 mil. Óbitos em casa subiram 18%

Desde o início da pandemia, há registo de um aumento de 18% de óbitos que ocorrem em casa e as mortes em investigação subiram 24%. Nos hospitais há uma subida de 5,6% na taxa de …

PCP diz que pandemia é usada como pretexto para intensificar exploração dos trabalhadores

O secretário-geral do PCP consideraque a pandemia de covid-19 está a ser utilizada como pretexto para se tentar fazer regredir décadas em conquistas de direitos, através do que apelidou de "teorias do 'novo normal'". Jerónimo de …

Morreu o bailarino e coreógrafo Jorge Salavisa

O bailarino e coreógrafo Jorge Salavisa, que dirigiu o Ballet Gulbenkian e a Companhia Nacional de Bailado (CNB), morreu esta segunda-feira, aos 81 anos, confirmou à agência Lusa fonte oficial da CNB. A notícia da morte …