Face Oculta: Armando Vara perde último recurso e vai mesmo para a prisão

Paulo Novais / Lusa

O ex-ministro Armando Vara

Armando Vara, ex-ministro socialista, vai mesmo cumprir pena, após ter perdido a última reclamação, no Tribunal Constitucional, no processo Face Oculta.

O ex-ministro esgotou todos os recursos, avança esta manhã o Jornal de Notícias. Armando Vara foi acusado de tráfico de influências, no âmbito do processo “Face Oculta” e foi condenado a cinco anos de prisão efetiva, devendo cumprir pelo menos metade.

O ex-ministro socialista é o primeiro arguido do processo Face Oculta que chega ao fim da linha em matéria de recurso. Apenas neste caso houve resposta às reclamações. Armando Vara já tinha perdido o recurso para o Tribunal Constitucional, mas tentou um último argumento, que perdeu.

O Tribunal da Relação do Porto decidiu, há mais de um ano, manter a condenação de cinco anos de prisão efetiva do antigo vice-presidente do BCP no processo Face Oculta. A 5 de abril de 2017, o Tribunal da Relação do Porto confirmou a condenação da maioria dos 32 arguidos individuais que recorreram: Manuel Godinho, Paulo Penedos e Armando Vara, que recebeu indevidamente 25 mil euros do primeiro para facilitar adjudicações.

O Tribunal Constitucional era a última esperança de Armando Vara, já que a decisão da Relação não é passível de recurso para o Supremo Tribunal de Justiça, onde só as condenações superiores a oito anos são recorríveis, recorda a Sábado.

Manuel Godinho, o principal arguido, ainda pode recorrer para o Supremo Tribunal. Por sua vez, José Penedos e o filho, Paulo Penedos, estão ainda à espera de decisão do Tribunal Constitucional. No caso do advogado, está também já na fase da reclamação para aquele Tribunal Superior.

Armando Vara deverá entregar-se mal a decisão transite em julgado, de acordo com informações do Correio da Manhã. Fonte próxima que o ex–ministro acatará a punição e deverá dirigir-se ele próprio para o estabelecimento prisional da Carregueira, onde cumprirá a pena efetiva.

O ex-ministro vai chegar ao início da instrução do processo Marquês, já em cumprimento de pena.

Armando Vara tem 64 anos e é um ex-político e administrador bancário. Passou pela administração da Caixa Geral de Depósitos, cargo que deixou de exercer para assumir a vice–presidência do Banco Comercial Português. Foi também deputado na Assembleia da República.

No governo de António Guterres, foi secretário de Estado da Administração Interna e secretário de Estado Adjunto do ministro da Administração Interna. Após a vitória eleitoral do Partido Socialista em 1999, tornou-se ministro-adjunto do primeiro-ministro, com os pelouros da Juventude, Toxicodependência e Comunicação Social.

Em 2010, foi contratado pela Camargo Corrêa África para liderar o Conselho de Administração, cargo que abandonou em 2014.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Aleluia, aleluia, até que enfim um politico corrupto vai preso com pena efectiva, e já agora porque é que na noticia diz que vai cumprir só metade??? Era o que faltava, e demais a mais 5 anos é pouco. Espero que os processos aos politicos, governantes, gestores e outros ladroes e corruptos que roubaram Portugal e os Portugueses sigam agora a bom ritmo.

  2. 5 anos… com a possibilidade de sair em metade desse tempo. Bem pensado acho que 90% dos portugueses aceitariam essa pena se lhes pagassem os milhões entretanto roubados. Ou além da pena será também condenado a devolver o dinheiro conseguido através de métodos fraudulentos? Caso assim não seja, o crime compensa!

RESPONDER

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …

Mais duas mortes e 120 novos casos. Lisboa com 60% dos novos infetados

Portugal regista esta segunda-feira mais duas mortes, 120 novos casos de infeção por covid-19 e 160 curados em relação a segunda-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas internadas é …

Encontrado cadáver com 30 anos em mansão abandonada em Paris

As obras de reforma numa mansão abandonada em Paris tiveram de ser suspensas inesperadamente depois de trabalhadores terem descoberto um cadáver a decompor-se na cave há 30 anos. De acordo com o jornal britânico The Guardian, …

Quase cem mil crianças contraíram a covid-19 em apenas duas semanas nos Estados Unidos

Noventa e sete mil crianças norte-americanas foram identificadas como infetadas com o novo coronavírus (covid-19) nas últimas semanas de julho. Os números relativos a estas duas semanas são avançados pela empresa norte-americana, que cita um relatório …

A1 terá novo acesso em Grijó no sentido sul/norte em 2021

A autoestrada A1 terá em 2021 um novo acesso em Grijó, concelho de Vila Nova de Gaia, no sentido sul/norte, revelou esta segunda-feira o presidente da autarquia que acredita que, com este projeto, o nó …

Tiros em frente à Casa Branca levam à retirada de Trump de conferência de imprensa

Um agente do Serviço Secreto retirou, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano da sala na Casa Banca na qual estava a começar uma conferência de imprensa. O período em que Donald Trump esteve fora da sala foi …

Nani candidato a melhor jogador nos Estados Unidos

Internacional português e o colega João Moutinho (este para melhor jovem) estão na corrida para os prémios e também para o onze. Os futebolistas portugueses Nani e João Moutinho, ambos do Orlando City, estão entre os …

102 dias depois, coronavírus regressa à Nova Zelândia

A Nova Zelândia anunciou a sua primeira infeção por coronavírus transmitida localmente em 102 dias esta terça-feira, o que levou a primeira-ministra do país a emitir uma ordem de confinamento em Auckland, a maior cidade …

Taiwan acusa China de querer fazer da ilha o "próximo Hong Kong"

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Taiwan, Joseph Wu, disse que há pressão da China sobre a ilha para aceitar condições políticas que farão de Taiwan o próximo Hong Kong. A Presidente de Taiwan recebeu esta …

Líderes do Líbano terão sido alertados sobre explosivos no porto de Beirute em julho

O Presidente do Líbano, Michel Aoun, e o primeiro-ministro, Hassan Diab, terão sido alertados em julho sobre a existência de 2.750 toneladas de nitrato de amónio armazenadas no porto de Beirute, avançou a agência Reuters. A …