Extrema-direita austríaca chega ao Governo em coligação com conservadores

Florian Wieser / EPA

O novo chanceler da Áustria, Sebastian Kurz: um messias, um mini-ditador, o novo Macron

O Presidente da Áustria deu luz verde, este sábado, à formação do novo Governo entre o Partido Popular Austríaco (ÖVP) e os ultranacionalistas do Partido Liberal (FPÖ) e anunciou que a posse será no princípio da próxima semana.

Alexander Van der Bellen, antigo chefe do partido ecologista Os Verdes e atual Presidente, foi informado hoje do pacto do Governo alcançado entre o chefe dos populares e futuro chanceler, Sebastian Kurz, e o líder do eurocético FPÖ, Heinz-Christian Strache.

O chefe de Estado, que ganhou as eleições no ano passado numa aguerrida disputa com um candidato da FPÖ, indicou que durante o fim-de-semana vai contactar os futuros ministros que ainda não conhece pessoalmente.

Os meios de comunicação anteciparam que o novo executivo terá 13 ministérios.

Segundo os media, os ultranacionalistas deverão ficar com as pastas dos Negócios Estrangeiros, Interior, Defesa, Infraestruturas, Assuntos Sociais e Desporto, esta última nas mãos de Strache, que também será vice-chanceler.

O ÖVP, além da chefia do Governo com Kurz, deverá ocupar as pastas das Finanças, Economia, Educação, Mulheres, Justiça e Agricultura, bem como uma pasta dedicada aos Assuntos Europeus (independente da dos Negócios Estrangeiros) e Cultura.

Tanto o Partido do Povo como o Partido da Liberdade defenderam, durante a campanha eleitoral, a necessidade de um maior controlo da imigração, de deportações rápidas dos requerentes de asilo cujos pedidos sejam negados e uma repressão do islão radical.

Sebastian Kurz, de 31 anos, é agora o mais jovem chefe de Governo no mundo. Com esta coligação, a Áustria passa a ser o único país ocidental da Europa com um partido de extrema-direita no Governo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Christine Lagarde foi conselheira de duas empresas sediadas em paraísos fiscais

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE) desde outubro, foi conselheira de duas filiais da empresa de advocacia Baker & McKenzie (BM) entre 2003 e 2005, ambas sediadas em países considerados à data paraísos …

Provas contra Trump "são claras". "Ele usou o cargo para fins pessoais", diz Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes e líder da maioria democrata na câmara norte-americana, Nancy Pelosi, declarou na quinta-feira que considera já haver provas suficientes para afirmar que o Presidente deve ser destituído. Contudo, segundo avançou …

Benfica tem seis jogadores de malas feitas. Um deles chegou em julho

Há seis jogadores que poderão estar de saída do emblema da Luz, sendo que um deles, Caio Lucas, chegou em julho ao clube. O agente de Samaris já veio negar a saída do seu cliente. Bruno …

"Poderia juntar-se a Mourinho". Bale criticado por comportamento "infantil"

A atitude do internacional galês Gareth Bale continua a render críticas. Desta vez foi o antigo presidente do Real Madrdi Rámon Calderón, que considerou o comportamento do futebolista infantil. Em causa esta a atitude do …

Norte quer fundos de Bruxelas para ligação ao TGV espanhol

Pela primeira vez, a região norte do país antecipou a lista de prioridades para os fundos europeus, escreve o Jornal de Notícias, que dá conta uma das propostas passa por usar os fundos de Bruxelas …

Falta de médicos leva IPO de Lisboa a adiar consulta de paciente com 90 anos para 2021

O Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa adiou a consulta de um paciente nonagenário que estava marcada para janeiro de 2020 para o ano seguinte, isto é, para janeiro de 2021 devido à falta …

Eis a Cybertruck, a "pickup" elétrica da Tesla que já tem bilhete para Marte

A Tesla lançou o seu modelo de carrinha "pickup" elétrica, Cybertruck, com uma autonomia máxima de 800 quilómetros. Musk diz que vai haver uma versão especial que será a carrinha oficial de Marte. Após uma longa …

Rio não responde a críticas de adversário. "Estou na Croácia, não estou no Montenegro"

O presidente do PSD seguiu a regra de não falar de política interna fora do país e só abriu uma exceção para falar da manifestação dos polícias. Depois do discurso que tinha feito no Congresso do …

Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em atraso

As dívidas em atraso dos hospitais pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde têm vindo a crescer desde o início do ano. Em setembro, o valor fixava-se nos 650 milhões de euros. Hospitais públicos acumulam 651,6 milhões …

Bolsonaro quer isentar polícias de punições por crimes cometidos em serviço

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse na quinta-feira que enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei para isentar agentes das forças armadas e das polícias de eventuais punições criminais durante operações de segurança. De …