Exposição no Coliseu de Lisboa associa a psiquiatria ao Holocausto e ao racismo

O Coliseu dos Recreios, em Lisboa, justifica que tem uma política “não discriminatória” e que a responsabilidade do conteúdo é da organização da exposição.

O Coliseu dos Recreios, em Lisboa, teve em exibição até terça-feira uma exposição sobre psiquiatria, que tinha como objetivo expor aquilo que dizem ser “factos que destroem vidas e famílias” relacionados com a prática psiquiátrica.

Segundo o Expresso, no interior do Coliseu de Lisboa são apresentados casos, o holocausto e o racismo são associados a teorias psiquiátricas e o médico Egas Moniz é considerado uma das “mentes mestras da destruição”. Na exibição, a psiquiatria é definida como “uma indústria de morte”.

Contactada pelo semanário, a Ordem dos Médicos fala no risco de desinformação e da partilha de dados sem validação. A Ordem admite que uma exposição desta natureza é um risco, mas lembra que os movimentos antipsiquiatria não são novos.

“É um tema requentado dos Congressos Mundiais de Psiquiatria, há sempre e este ano, como o congresso é em Lisboa, a exposição está cá”, refere Miguel Bragança, presidente do Colégio de Psiquiatria da Ordem.

“Existem movimentos de origem duvidosa, encapuzados, e cujo objetivo a longo prazo se desconhece. Estes movimentos também criticam muito a hipermedicalização e os tratamentos prescritos. É o preço a pagar por vivermos numa sociedade livre, até porque sem liberdade não há saúde mental. É um grande risco ter uma exposição destas? Sim, indiscutivelmente”, diz.

O Coliseu dos Recreios remete para a entidade organizadora, a Comissão de Cidadãos para os Direitos Humanos (CCHR), a responsabilidade sobre a exposição. Questionado pelo Expresso, o porta-voz daquela sala de espetáculos justifica apenas que a política do Coliseu não é discriminatória.

“A política do Coliseu dos Recreios é não discriminatória, sendo da responsabilidade exclusiva das entidades promotoras o respetivo conteúdo. Razão porque as suas questões devem ser direcionadas para a entidade que nos solicitou a cedência do espaço”, refere a nota enviada ao matutino.

A organização, na voz de Graça Ribeiro, médica de clínica geral e a responsável pela filial da Comissão de Cidadãos para os Direitos Humanos (CCHR), garante que não tem uma abordagem extrema, mas defende que há um “exagero” daquilo que a chama “uma época dos comprimidos para tudo”.

Não advogamos: não tome a medicação. Queremos é que as pessoas tenham a livre opção de tomar ou não porque cada um sabe de si e toma as suas decisões. Por exemplo, as pessoas de idade levantam-se para ir à casa de banho, estão com medicação forte para dormir. Se caem a meio da noite, partem o colo do fémur. A maior parte deles parte o colo do fémur a meio da noite por causa disso. Desequilibram-se, perdem a força porque estão meio a dormir”, afirma.

A sala do Coliseu foi alugada pela Comissão de Cidadãos para os Direitos Humanos (CCHR) durante uma semana – de 20 a 27 agosto – por valores que não são revelados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Trump promove falsa teoria de que Kamala Harris não nasceu nos EUA (e que não será elegível para vice)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ouviu que Kamala Harris, candidata democrata à vice-presidência da Casa Branca, não era elegível para o cargo, com base num boato que sugeria que pode não …

"Avante!". Pede-se máscara obrigatória, mas PCP só dá ouvidos à DGS

Vários peritos pedem o uso obrigatório de máscara na Festa do Avante!, mas o PCP só atende às recomendações feitas pela Direção-Geral da Saúde. Depois de muita contestação, a Festa do Avante! vai mesmo realizar-se, entre …

Coreia do Sul com maior número de casos desde março. Seul reforça medidas restritivas

A Coreia do Sul endureceu este sábado as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19 em Seul e arredores após registar o número mais elevado de novos casos diários em cinco meses. As regras, que …

Cavani tem viagem marcada para fechar acordo com o Benfica

Vários órgãos de informação avançam que Edinson Cavani tem viagem marcada para a Europa, onde deverá assinar com o SL Benfica dentro dos próximos dias. Depois de várias semanas de negociações, Edinson Cavani está praticamente garantido …

Novo Banco. Gama Life garante não ter relação com Greg Lindberg (mas GNB mudou-se para a sua morada)

O fundo da Apax Partners que assumiu o controlo da GNB Vida depois da compra ao Novo Banco “mudou-se” para a mesma morada de empresas do multimilionário Greg Lindberg em Londres, apesar da seguradora garantir …

Ministra admite que não leu relatório sobre Reguengos (e desvaloriza surtos em lares)

A ministra da Segurança Social admitiu, em entrevista ao semanário Expresso, que não leu o relatório sobre Reguengos de Monsaraz, mas considerou que a dimensão dos surtos de covid-19 em lares “não é demasiado grande …

Calvário no Barcelona. Setién de saída, Messi faz ultimato e Piqué fala em "vergonha"

O Barcelona foi esmagado (8-2) pelo Bayern Munique, nos quartos de final da Liga dos Campeões. Setién está de saída, Messi fez um ultimato e Piqué falou em "vergonha". Foi a noite mais negra de sempre …

Antonoaldo Neves quer receber mais para sair da TAP (mas Governo não paga "nem mais um cêntimo")

Quando foi anunciado o acordo de saída de David Neeleman da TAP, o Governo anunciou também que Antonoaldo Neves, CEO da companhia, seria substituído. No entanto, ainda não se chegou um acordo para a saída. …

Explosão em Beirute terá sido causada por trabalhos de manutenção

A explosão no porto de Beirute, no Líbano, que matou 171 pessoas, feriu mais de 6 mil e deixou um rasto de destruição na cidade, poderá ter sido causada por trabalhos de manutenção num armazém. …

"Crocodilo do terror" tinha dentes do tamanho de bananas e comia dinossauros

Um novo estudo descobriu um grupo de crocodilos antigos que tinham cerca de 10 metros de comprimento e dentes "do tamanho de bananas", que lhes permitiam derrubar até os maiores dinossauros do seu ecossistema. De acordo com …