Explosão “do exterior” atinge petroleiro ao largo da Arábia Saudita

(h) Guarda Costeira dos Estados Unidos

Uma explosão, causada “do exterior” atingiu um petroleiro, ao largo da cidade portuária saudita de Jeddah, disse esta segunda-feira o armador do navio.

O petroleiro “‘BW Rhine’ foi atingido a partir do exterior quando se dirigia para Jeddah, provocando uma explosão e um incêndio a bordo“, indicou o armador de Singapura Hafnia, em comunicado e sem adiantar pormenores.

Os 22 tripulantes, com bandeira de Singapura, saíram ilesos do navio, indicou o grupo BW numa declaração, na qual alertou para a possibilidade de uma pequena fuga de combustível devido à explosão.

A Arábia Saudita ainda não confirmou a explosão, que, de acordo com o Gabinete britânico das Operações Comerciais Marítimas (UKMTO), ocorreu no domingo ao largo de Jeddah, porto-chave no mar Vermelho e centro de distribuição para o gigante petrolífero saudita Aramco.

No mês passado, uma explosão danificou um petroleiro grego, no porto saudita de Al-Shuqaiq, no sul da Arábia Saudita.

A coligação militar, liderada por Riade, que intervêm no Iémen em guerra contra os rebeldes Huthis, atribuiu o ataque a este grupo.

A Dryad Global, uma sociedade de informações marítimas, baseada em Londres, indicou que a explosão de domingo atingiu um petroleiro no porto da Aramco, em Jeddah.

Esta explosão ocorreu quando os rebeldes Huthis, apoiados pelo Irão, estão a intensificar os ataques contra a Arábia Saudita vizinha, numa represália pela campanha militar em curso no Iémen.

Em novembro, os rebeldes declararam ter atingido com um míssil uma fábrica da Aramco em Jeddah. A empresa pública saudita, primeira exportadora de bruto do mundo, indicou que este ataque tinha atingido um reservatório de petróleo, causando uma explosão e um incêndio.

Estes ataques destacam a vulnerabilidade das infraestruturas petrolíferas sauditas, de vários milhões de dólares.

Por outro lado, Riade tem acusado, em várias ocasiões, Teerão de fornecer armas sofisticadas aos Huthis, acusação que o Irão nega.

Desde 2014, dezenas de milhares de pessoas morreram no conflito no Iémen. De acordo com a ONU, o conflito causou a pior crise humanitária em curso no mundo.

Via marítima essencial para mercadorias e abastecimento energético, o mar Vermelho já foi minado anteriormente. Em 1984, cerca de 19 navios foram atingidos por minas no local, apenas tendo sido recuperada e desarmada um daqueles engenhos, de acordo com um painel de peritos da ONU.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Guarda de Honra ao Sporting? Jesus já foi "campeão três vezes" e nunca teve

Hoje é dia de dérbi na capital, mas o Benfica não vai fazer a Guarda de Honra ao campeão Sporting. É o treinador Jorge Jesus quem o diz, considerando que não é tradição no futebol …

Portugal permite entrada de turistas de quase toda a Europa (e não apenas do Reino Unido)

Na sexta-feira, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para o Reino Unido vão ser permitidas a partir de segunda-feira, bastando apresentar um teste negativo para a covid-19 realizado nas 72 horas …

FC Porto "pesca" em Paços de Ferreira. Há dois reforços a caminho do Dragão

O FC Porto já prepara a próxima época e há dois jogadores do Paços de Ferreira na órbita do Dragão. Bruno Costa e Eustáquio, a dupla que brilhou no meio-campo dos pacenses nesta temporada, vão …

Para já só 180 trabalhadores aceitaram acordo com a TAP. Discórdia pode levar a despedimento coletivo

A TAP já chegou a acordo com 180 pessoas na última fase do programa de medidas voluntárias. A expectativa da companhia é que saiam cerca de 500 trabalhadores, que se irão juntar às adesões contabilizadas …

Número de nascimentos em janeiro e fevereiro foi o mais baixo desde que há registos

Janeiro e fevereiro de 2021 tiveram os números mensais de nascimentos mais baixos desde que há registos, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE). Em janeiro nasceram com vida 5912 crianças (menos 19,3% que em janeiro …

China pousa pela primeira vez uma nave em Marte

A China anunciou este sábado que pousou com sucesso a sua primeira nave espacial na superfície de Marte, avançou a agência estatal Xinhua citando a Administração Espacial Nacional da China. Ao pousar na planície Utopia, no …

Garrafas de água, sumo e latas de cerveja podem vir a ter uma taxa até 15 cêntimos

O preço de embalagens de água, sumos ou cerveja vai passar, em 2023, a vir acompanhado de uma taxa de depósito. O valor da tara deve variar entre os 5 e os 15 cêntimos. Como noticia …

Banco Montepio passa de lucros a prejuízos de 15,9 milhões no primeiro trimestre

O Banco Montepio registou prejuízos de 15,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano em comparação com lucros de 5,4 milhões no mesmo período do ano passado, foi divulgado esta sexta-feira ao mercado. De acordo …

Aviso da PSP a negar festejos em Alvalade andou “perdido” na CML. Medina sacode responsabilidades

O Sindicato dos Oficiais da PSP garante que município foi “redundantemente alertado” para entendimento de que devia ser recusada colocação de ecrãs gigantes junto a Alvalade. Contudo, a autarquia diz não ter informado os promotores …

Metrópole no Camboja medieval. Estudo mostra quantas pessoas viveram no Império de Angkor

Um novo estudo arqueológico mostra quantas pessoas viveram no antigo Império de Angkor ao longo do tempo. A população era comparável à da Roma antiga. Quão grandes eram as antigas cidades? No seu auge, há cerca …