Explosão em escola na Crimeia faz 10 mortos e centenas de feridos

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas numa explosão no Instituto Politécnico da cidade de Kerch, no leste da Crimeia, de acordo com fontes médicas russas.

“Como resultado de uma explosão no Instituto Politécnico, 10 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas”, disse uma fonte médica à agência de notícias RIA Novosti. Segundo as primeiras informações, a causa do incidente foi uma explosão de gás.

De acordo com os média locais, citados pelo Independent e pelo Washington Post, “um ataque terrorista é uma das possibilidades”, estando a ser investigado pela polícia, disse Dmitry Peskov, um dos porta-vozes do Kremlin.

A explosão parece ter sido originada na cantina da escola e, por isso, é que os primeiros relatos dão conta de uma possível explosão local. Mais tarde, e ainda segundos os meios de comunicação locais, foram recolhidos testemunhos no local que confirmaram que um engenho explosivo tinha sido efetivamente encontrado junto à cantina da escola.

Tal como nota o Expresso, há também relatos de tiros e de que homens armados e vestidos como militares tenham estado na escola uns momentos antes da explosão mas as autoridades ainda não confirmaram estas últimas informações.

A Rússia anexou a Crimeia, região que pertencia à Ucrânia em 2014, num caso que desencadeou sanções dos países ocidentais.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.