Exercício físico aumenta imunidade e torna vacinas mais eficazes

Praticar exercício físico regularmente reduz em 37% o risco de adoecer e morrer de doenças infecciosas, revela um novo estudo.

A disponibilidade de vacinas trouxe esperança para o fim da pandemia. No entanto, mortes e casos de covid-19 ainda estão a aumentar em todo o lado. Enquanto tentamos imunizar o mundo, o cenário mais provável nos próximos anos é que a covid-19 será como outras doenças infecciosas, como a gripe, contra as quais teremos de proteger continuamente.

Uma das melhores maneiras de fazê-lo é sendo fisicamente ativo.

Já sabemos que a atividade física é uma das formas mais eficazes de prevenir doenças crónicas, juntamente com a dieta alimentar e deixar de fumar. Um estudo de 2008 descobriu que a inatividade física é responsável por mais de cinco milhões de mortes prematuras todos os anos.

Agora, um novo estudo publicado na revista Sports Med, mostra que a atividade física regular fortalece o sistema imunitário humano, reduz em mais de um terço o risco de adoecer e morrer de doenças infecciosas e aumenta significativamente a eficácia das campanhas de vacinação.

Os investigadores recolheram e reviram sistematicamente todas as evidências disponíveis relacionadas com o efeito da atividade física no risco de adoecer e morrer de doenças infecciosas como a pneumonia — uma causa frequente de morte por covid-19 — sobre o funcionamento do sistema imunitário e no resultado da vacinação.

O estudo foi realizado demasiado cedo na pandemia para incluir estudos sobre a covid-19, mas as descobertas são altamente relevantes para a atual resposta à pandemia.

Os autores encontraram evidências consistentes e convincentes em seis estudos envolvendo mais de meio milhão de participantes de que atender às diretrizes recomendadas para atividade física — 30 minutos de atividade física, cinco dias por semana — reduz em 37% o risco de adoecer e morrer de doenças infecciosas.

O efeito é pelo menos tão forte, senão mais forte, do que o efeito relatado para outros fatores de risco de covid-19, como idade ou ter uma condição pré-existente, como diabetes.

Os investigadores também encontraram evidências de que a atividade física regular fortalece o sistema imunitário humano. Em 35 ensaios clínicos randomizados independentes, a atividade física regular resultou em níveis elevados de imunoglobulina IgA. Este anticorpo reveste a membrana mucosa dos nossos pulmões e outras partes do nosso corpo onde o vírus e bactérias podem entrar.

A atividade física regular também aumenta o número de células T CD4, que são responsáveis por alertar o sistema imunitário de um ataque e regular a sua resposta.

Por fim, nos ensaios clínicos randomizados, as vacinas parecem mais eficazes se forem administradas após um plano de atividade física. Uma pessoa que é ativa tem 50% mais probabilidade de ter uma contagem de anticorpos mais alta após a vacina do que outra que não é ativa.

Esta pode ser uma maneira fácil e económica de impulsionar as campanhas de vacinação. Considerando as dificuldades nas cadeias de abastecimento, esta poderia ser uma jogada inteligente para fazer com que cada dose valha a pena.

  ZAP // The Conversation

PARTILHAR

RESPONDER

Partidos alertam que demora no leilão do 5G está a atrasar a rede de alta velocidade em Portugal

O leilão para a quinta geração de comunicações móveis (5G) dura há quase 200 dias e está a atrasar a implementação da rede de alta velocidade em Portugal. Neste sentido, os partidos, tanto à esquerda como …

Rainha Isabel II está "bem-disposta" depois de passar noite no hospital e já voltou a Windsor

A visita ao hospital de Isabel II foi preventiva e nada teve a ver com a covid-19, confirmou a família real. A monarca vai continuar a descansar nos próximos dias. Depois de ter passado uma noite …

Caso Gabby Petito. Restos mortais encontrados pertencem ao namorado da jovem

As autoridades norte-americanas confirmaram que os restos mortais encontrados na quarta-feira são de Brian Laundrie. Identificação foi feita através de registos dentários. “No dia 21 de outubro de 2021, uma comparação de registos dentários confirmou que …

Rui Rio, líder do Partido Social Democrata (PSD)

Rui Rio apresenta hoje recandidatura à liderança no Porto

Depois de semanas a manter o tabu sobre a sua recandidatura, Rio decidiu mesmo avançar contra Paulo Rangel. O eurodeputado já saudou a decisão. O presidente do PSD, Rui Rio, apresenta hoje publicamente a sua recandidatura …

Trabalho não declarado passa a ser crime com pena de prisão até 3 anos

O Governo aprovou uma proposta de alteração à legislação laboral que prevê a criminalização do trabalho totalmente não declarado, com pena de prisão até três anos ou multa até 360 dias. Esta medida de combate ao …

"Não é o arguido que decide ter Alzheimer." Advogado de Salgado critica recusa em suspender o processo

Depois de o juiz que está a julgar o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), no âmbito da Operação Marquês, ter recusado suspender o julgamento, Francisco Proença de Carvalho critica a decisão. O julgamento continua …

Poiares Maduro diz que crise política será “responsabilidade” de Costa - e deixa duras críticas a Rio

Miguel Poiares Maduro considera que geringonça criou uma bipolarização no país. O ex-ministro de Pedro Passos Coelho responsabiliza o primeiro-ministro caso haja uma crise política em Portugal. Numa entrevista ao Diário de Notícias, o jurista refere …

Abdul Fatawu Issahaku, futebolista ganês de 17 anos.

Sporting contrata pérola africana que esteve perto de assinar pelo Liverpool

O Sporting terá assegurado a contratação de Abdul Fatawu Issahaku, jovem promessa de 17 anos que estava a ser seguido pelo Liverpool. No Gana, fala-se que Abdul Fatawu Issahaku, extremo ganês de 17 anos que foi …

Com recados de Merkel sobre a Polónia e as migrações em cima da mesa, líderes da UE encerram Conselho Europeu

Ainda sem uma resolução definitiva sobre o Estado de Direito da Polónia, a chanceler alemã deixou recados no seu 107º e último Conselho Europeu. A questão das migrações é um dos temas na agenda no …

Política do "logo se vê" deixa Lisboa noturna ao deus-dará

Os moradores do Bairro Alto mostram-se descontentes com o estado atual da vida noturna na capital portuguesa, onde consideram haver um desgoverno. A vida noturna regressou quase totalmente no início deste mês, com os bares a …