Ex-procurador conta “toda a verdade” e acusa Proença de Carvalho

António Cotrim / Lusa

O advogado Daniel Proença de Carvalho

Num “requerimento explosivo”, o ex-Procurador Orlando Figueira, acusado de corrupção no mesmo processo que envolve o ex-vice-presidente angolano Manuel Vicente, acusa o advogado Daniel Proença de Carvalho de ter comprado o seu silêncio em troca de um emprego.

O nome de Proença de Carvalho volta, novamente, a ser colocado no centro da chamada Operação Fizz, que investiga suspeitas de corrupção e de branqueamento de capitais, tendo como arguido mais mediático o ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente.

No início de Novembro, o advogado Paulo Blanco, também arguido no processo, depois de ter representado o ex-vice-presidente angolano em alguns negócios imobiliários em Lisboa, já tinha acusado Proença de Carvalho.

Agora, é Orlando Figueira quem, “num requerimento explosivo”, como revela a Sábado, imputa culpas ao advogado, acusando-o de ter tentado comprar o seu silêncio.

A “menos de 50 dias” do arranque do julgamento, há um volte-face na defesa de Orlando Figueira que resolveu dar um “basta” no processo, alegando que não tinha dito tudo o que sabe por ter feito “um ‘acordo de cavalheiros'” com Proença de Carvalho.

“Chegou a altura de dizer basta e de contar toda a verdade!!!”, escreve Orlando Figueira no requerimento de 44 páginas que foi entregue no Juízo Central Criminal de Lisboa, nesta semana, segundo a revista.

O antigo procurador do Departamento de Investigação e Acção Penal assegura que Proença de Carvalho lhe prometeu “um emprego futuro” e o pagamento das despesas com a sua defesa, neste processo, para não mencionar o seu nome, nem o de Carlos Silva, vice-presidente do BCP.

Orlando Figueira, que é acusado de ter arquivado processos de figuras angolanas, após alegados pagamentos de Manuel Vicente, também frisa que o advogado lhe pediu para não falar da “existência da conta de Andorra”. Esta conta, naquele território offshore, terá servido para o pagamento das alegadas “luvas”.

Proença de Carvalho e Carlos Silva negam as acusações do ex-procurador, refere a Sábado.

O Ministério Público acusou Manuel Vicente de ter pago mais de 763 mil euros a Orlando Figueira. A julgamento vão suspeitas de crimes de corrupção, branqueamento de capitais, falsificação de documento e violação de segredo de justiça.

O caso tem sido marcado pela tensão diplomática entre Portugal e Angola, por estar em xeque um ex-responsável do Estado angolano.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Vamos ver se é desta que este também é julgado e condenado c/ a espada da JUSTIÇA. Este andou sempre por trás (ou á frente) dos outros corruptos, ladrões e vigaristas deste país.

    • Desde à muito, que passa incólume pelos “pingos da chuva”. Ñ por ser fininho, mas por termos uma justiça permeável a influências, e dividendos nas offshores. Haja coragem, e logo se verá porque este dono dos advogados de falinhas mansas, tem sido tão apaparicado.

  2. Ai Proença ai Proença, agora é que o teu capital se desmorona 🙂 à pois é… quem muito come e bem quer parecer, um dia….rasga a roupa que nela deixa de caber, novo ditado português, apenas uma rima.
    Fica com os dedinhos de fora.
    Quando um é apertado não há acordo de cavalheiro que resista Sr. infelizmente, a necessidade obrigou-o a aceitar e caíu para o lado do mais fraco, alias como sempre.
    Será que se verá mais alguma coisa sobre este Sr.? Ó Dr. Proença, apareça.

RESPONDER

O colossal drone solar da Boeing vai voar em 2019

A Aurora Flight Sciences, subsidiária da Boeing, vai lançar em 2019 o seu drone solar Odysseus, que terá a capacidade voar durante meses de forma autónoma e o objectivo de dar acesso Internet a todo …

Justiça brasileira proíbe TV de divulgar inquérito sobre morte de Marielle Franco

A decisão judicial de proibir a emissão de reportagens sobre a investigação do assassinato da vereadora carioca responde a um pedido da polícia do Rio de Janeiro e do Ministério Público. A emissora afirma que …

Relatório revela 71 locais com elevado risco de inundações em Portugal

Portugal tem 71 zonas com elevado risco de inundação, de acordo com um relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que analisou fenómenos extremos ocorridos, fazendo previsões para o futuro. O relatório "Avaliação Preliminar do Risco …

Cinco pessoas mortas por intoxicação de CO em Vila Real

Cinco pessoas da mesma família morreram este domingo, devido a uma intoxicação, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real, adiantou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real. A …

O discurso de ódio já está em Portugal

O diretor da Amnistia Internacional Portugal, Pedro Neto, alertou, em entrevista à agência Lusa, para a presença do discurso de ódio em Portugal, apontando o combate à discriminação como o maior desafio atual dos direitos …

Menino francês suicida-se após castigo por usar telemóvel na escola

Um menino de 11 anos suicidou-se na cidade de Beausoleil, perto do Mónaco, no sul da França, depois de ter recebido um castigo no colégio por ter usado o telemóvel na sala de aula. A criança, …

X-59: A nova aeronave supersónica experimental da NASA entrou em produção

A Lockheed Martin iniciou a produção do avião supersónico experimental X-59, um contrato, encomendado pela NASA, no valor estimado de cerca de 230 milhões de euros. O X-59 surgiu como a solução da empresa norte-americana para …

Hitler abraçou uma menina judia. 85 anos depois, a foto foi a leilão

Uma foto de 1933 mostra o ditador nazi ao lado de uma menina de seis anos de idade cuja avó era judia. A imagem, com uma dedicatória assinada por Hitler, foi arrematada em leilão por …

A Ciência determinou o pior ano da história da Humanidade

A Ciência determinou: 536 d.C foi o pior ano para a Humanidade. Esta é a conclusão de um estudo levado a cabo por uma equipa de cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Se alguém …

Há uma nova explicação para a dependência do álcool

De acordo com um novo estudo, a dependência do álcool tem uma relação direta com as alterações climáticas: quanto mais frio é o clima e menos sol há, mais as pessoas tendem a consumir bebidas …