Ex-presidente do Montepio suspeito de receber 1,5 milhões de euros do amigo de Salgado

Mário Cruz / Lusa

Tomás Correia presidiu ao Montepio entre 2008 e 2015

O ex-presidente do Montepio, Tomás Correia, é suspeito de ter recebido pagamentos de 1,5 milhões de euros para beneficiar o construtor civil José Guilherme, o mesmo que “ofereceu” 14 milhões de euros a Ricardo Salgado.

O jornal Expresso avança, na sua edição deste sábado, que ex-presidente do Montepio Tomás Correia foi constituído arguido pelo Ministério Público (MP), no início deste mês de Janeiro, no âmbito de indícios de que terá recebido 1,5 milhões de euros para beneficiar o construtor civil José Guilherme.

José Guilherme é o mesmo empresário é que justificou como uma “liberalidade” uma “prenda” de 14 milhões de euros a Ricardo Salgado, ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), para lhe agradecer a consultoria para negócios em Angola.

Neste novo caso, o MP “detectou movimentações suspeitas em offshores na Suíça”, conforme avança o semanário, e suspeita que o dinheiro pode ter sido pago a Tomás Correia no âmbito de empréstimos concedidos pelo Montepio e pelo BES para financiar o negócio do Marconi Parque, em Alfragide, na Amadora.

Em causa estão 74 milhões de euros concedidos ao Fundo de Investimento Imobiliário Invesfundo que adquiriu os terrenos do Parque Marconi, em 2005, quando Tomás Correia era administrador do Montepio.

O Investfundo era gerido por uma empresa do Grupo Espírito Santo.

As transferências consideradas suspeitas ocorreram entre 2006 e 2007, sendo efectuadas através de contas do banco suíço UBS e por via de offshores. O MP traçou a rota do dinheiro e concluiu que os detentores das contas em causa serão José Guilherme e o filho, Paulo Guilherme, adianta o Expresso.

Paulo Guilherme é um dos investidores que, em 2013, adquiriu unidades de participação do Montepio, num processo de reforço de capital do banco.

Tomás Correia diz que não conhece José Guilherme

Tomás Correia, que presidiu ao Montepio de 2008 a 2015, foi constituído arguido pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) num inquérito-crime relacionado com os terrenos de Alfragide. É suspeito de crimes de burla qualificada, abuso de confiança, branqueamento de capitais, fraude fiscal e corrupção.

Este novo processo, que coloca sob suspeita os empréstimos do Montepio e do BES, resultou de documentos apreendidos nas buscas da “Operação Marquês” que tem como principal protagonista José Sócrates.

Numa entrevista à revista Sábado, Tomás Correia disse que não conhece José Guilherme e que não sabe nada sobre o empréstimo concedido pelo Montepio. Mas o ex-líder do banco garantiu que “os procedimentos nessas matérias sempre foram muito rigorosos” na instituição.

“Não acredito que haja algo que ponha em causa pessoas ou a instituição”, acrescentou o ex-banqueiro.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

PCP teme maioria absoluta de Costa. Se o PS tiver "mãos livres", há risco de retrocesso

O secretário-geral do PCP afirmou este sábado que se o PS tiver “as mãos completamente livres”, o país corre o risco de retroceder nas conquistas dos direitos alcançados e as imposições de Bruxelas serão sempre …

No Japão, pilotar drones enquanto bêbado dá prisão

Os drones revolucionaram a fotografia, ajudaram na conservação, transportaram órgãos para transplantes e até já ajudaram em missões de busca e salvamento. Mas as máquinas voadoras controladas remotamente nem sempre são usadas para o bem. Também …

PSG na corrida por Bruno Fernandes. Atlético já terá proposta

Bruno Fernandes continua com o futuro incerto, mas o mercado continua a mexer. De acordo com a imprensa desportiva, o Paris Saint-Germain entrou na corrida pelo médio do Sporting e o Atlético de Madrid terá …

Crédito Agrícola vai cobrar MB Way e transferências online

O Crédito Agrícola, instituição bancária liderada por Licínio Pina, vai passar a cobrar não só as transferência feitas através da aplicação móvel MB Way, como também as transferências online, escreve o jornal Eco este sábado. …

Há uma "Cidade do Futuro" inacabada no deserto do Arizona

https://vimeo.com/342345734 No deserto do Arizona, nos Estados Unidos, há uma cidade experimental projetada para milhares de pessoas que agora contém apenas algumas dezenas de habitantes. Durante quase cinco décadas, um grupo chamado Fundação Cosanti tem trabalhado na …

Montenegro vai estudar liderança em França. Quer qualificar-se para o futuro

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, vai para França estudar num programa de gestão avançada para executivos promovido pelo Instituto Europei para Administração de Empresas, escreve este sábado o Expresso. De acordo com o …

A dieta perfeita não existe

O número de dietas que existem não cabe nos dedos das nossas mãos, mas grande parte das pessoas vai dizer-lhe qual a melhor dieta a seguir. Mas não acredite, é tudo bluff. Uma equipa de cientistas …

Fenprof critica Marcelo. "Não é o Presidente de todos os portugueses”

O 13.º congresso da Fenprof terminou este sábado com a garantia de luta pela contagem integral do tempo de serviço dos professores e críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, que “não é o Presidente de …

Consumo de álcool dos filhos associado a educação branda dos pais

Um estudo descobriu que há uma associação entre o consumo de álcool dos filhos e a educação que os pais dão em relação às bebidas alcoólicas. Quanto mais brandos os pais forem, mais probabilidade há …

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …