Ex-inspetora do SEF detida por burla de meio milhão de euros

PJ / Facebook

Uma antiga inspetora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras foi detida por ter burlado mais de quinze pessoas, num valor que atinge perto do meio milhão de euros.

Segundo o Público, a detenção foi feita cerca de um ano depois de a suspeita ter sido constituída arguida pelos mesmos crimes, num outro processo judicial, que ainda está a decorrer.

Para convencer as vítimas a entregarem-lhe dinheiro, a ex-inspetora afirmava que estava a aguardar por milhões de euros provenientes do estrangeiro, fruto de uma herança – ou de um prémio de lotaria – e para os receber precisava de dinheiro para pagar impostos e tratar do processo de transferência.

Para explicar o atraso na vinda do dinheiro, a suspeita inventaria sucessivas explicações, recorrendo a documentos falsos para credibilizar os seus relatos.

Com estes pretextos, a arguida convenceu um antigo empresário a entregar-lhe 70 mil euros, o valor total das suas poupanças, e uma médica lisboeta mais de 50 mil euros.

Só nos últimos seis meses, a ex-inspetora conseguiu obter, no total, cerca de 200 mil euros.

Entre as vítimas da burla, estão pelo menos três colegas que trabalharam com a ex-inspetora no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, uma situação que levou à abertura de um processo disciplinar e que provocou a saída da funcionária em 2014.

Depois de estar desempregada, a mulher continuava a utilizar o antigo cartão do SEF para tornar credíveis as suas histórias e responsabilizar a instituição.

A arguida tinha ainda o cuidado de mudar várias vezes de morada e de telemóvel, destacou a Polícia Judiciária.

No primeiro processo, aberto em 2012 – com a investigação de factos que remontam pelo menos a 2010 – estão identificadas 12 vítimas, que terão tido um prejuízo total de cerca de 250 mil euros.

Nesta última investigação, referente aos últimos seis meses, estão identificadas apenas três vítimas, mas a PJ acredita que existem mais, algumas das quais já estão referenciadas pelas autoridades.

Algumas das vítimas não quiseram apresentar queixa, não aceitando reconhecer que tinham sido enganadas, e outras mostraram-se envergonhadas por terem caído num “esquema clássico”.

BZR, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. As mulheres deviam ter cargos de liderança e bla bla bla… as mulheres não são desonestas nem corruptas como os homens e bla bla bla… só os homens é que não prestam e tiroliroló…

    Seres humanos, são isso mesmo, passíveis do pior e do melhor independentemente da raça, cor, credo ou sexo.

    E “mai” nada!

RESPONDER

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …

A maior entrada de sempre em bolsa. Saudi Aramco garante 25,6 mil milhões de dólares

Para além de fazer uma entrada em estilo na bolsa de Riade na próxima semana, com a maior IPO de sempre, a Saudi Aramco torna-se na empresa mais bem avaliada do mundo. A Saudi Aramco, petrolífera …

Novo livro revela provas de que Albert Camus foi assassinado pelo KGB

Giovanni Catelli é autor da teoria que o prémio Nobel da literatura Albert Camus foi assassinado pelo KGB. No seu novo livro, reitera essa ideia e revela algumas provas. O romancista Albert Camus foi vencedor do …

Embaixada da China reage com "forte indignação” às declarações de Pompeo em Lisboa

A embaixada da China em Portugal reagiu esta sexta-feira com “forte indignação e firme oposição” às declarações do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, sobre o governo e empresas chineses, durante a visita que fez …

Ministério Público quer anular libertação do amante de Rosa Grilo

O Ministério Público (MP) pediu a nulidade do despacho judicial que ordenou esta sexta-feira a libertação de António Joaquim, acusado de matar o triatleta Luís Grilo, em coautoria com a mulher da vítima, Rosa Grilo. “O …

Cofina condenada a pagar 55 mil euros ao ex-ministro Miguel Macedo

O grupo Cofina Media foi condenado a pagar 55 mil euros ao antigo ministro da Administração Interna Miguel Macedo por ter exibido ilegalmente imagens e áudio de interrogatórios no âmbito do processo dos Vistos Gold, …