Ex-director do MAI acusado de 80 crimes

d.r. Blog do Minho

O ex-director do Departamento de Infra-estruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna, João Alberto Correia

O ex-director-geral de Infra-estruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna (MAI), João Alberto Correia, terá estado envolvido num esquema que envolve crimes de corrupção, de falsificação, de abuso de poder e de branqueamento de capitais.

Ao todo, o ex-director do MAI estará a ser acusado de 80 crimes, “32 crimes de corrupção passiva, 31 crimes de participação económica em negócio, 12 crimes de falsificação de documentos, 4 de abuso de poder e 1 de branqueamento“, conforme avança o jornal i, que teve acesso ao despacho de acusação.

A tese do Ministério Público (MP) é que João Alberto Correia encabeçava um esquema com o intuito de “beneficiar empresas, empresários, arquitectos e projectistas que pertenciam ao seu círculo de conhecimentos e com os quais mantinha uma relação de amizade e de troca de favores a quem adjudicaria a realização de obras públicas promovidas pela DGIE”, refere-se no despacho, segundo cita o i.

Além do ex-director do MAI, o esquema teria ainda a participação de outras 11 pessoas, incluindo dois funcionários da DGIE.

O despacho de acusação contra João Alberto Correia notará que este modificou totalmente os procedimentos burocráticos para a adjudicação de contratos por ajuste directo, logo que assumiu funções em 2012. “Eliminou etapas e intervenientes no processo de escolha, chamando a si toda a responsabilidade de decisão”, salienta o jornal i, frisando que, assim, “pôde garantir que os contratos seriam atribuídos às empresas detidas por alguns dos arguidos no processo – entre os quais estão amigos de infância, irmãos de lojas maçónicas e membros do Clube Lisboa 50“.

“João Alberto Correia terá sobre-avaliado intervenções, fraccionado o pagamento de despesas para que ficassem sempre abaixo do radar (150 mil ou 75 mil euros, caso se tratasse de serviços ou equipamento, garantindo a modalidade de ajuste directo), posto termo aos projectos de execução (para tornar mais opacos os custos e os timings das obras a realizar), apontado a lista de empresas a convidar para apresentar propostas (antes ainda de serem lançados os procedimentos por parte do DGIE), entre outras práticas apontadas pelo MP”, conforme sustenta o jornal i, com base no despacho.

O MP solicita uma indemnização de cerca de 900 mil euros pelos prejuízos causados ao Estado.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Mais 1 corrupto…e de certeza absoluta que não é ou não vota PS (D) ou CDS.
    Curioso é o arco governativo que todos os dias é apanhado em investigações (os que são) nunca ser chamado a devolver os saques e o povinho todo o dia vê e diz mal deles mas na hora do voto sempre os escolhe como se não houvesse mais ninguém em quem votar. A carneirada tem o cérebro bem lavado ou as votações são sempre aldrabadas. Afinal como disse a senhora https://www.youtube.com/watch?v=M_b_pbLl2d8&spfreload=10 -não há corruptos em Portugal.

  2. Além da indemnização de cerca de 900 mil euros pelos prejuízos causados ao Estado, falta uma pena de prisão exemplar. Deve investigar-se quem o nomeou porque pode ser que também tenha comido na gamela. Eu só acredito na justiça, quando estes casos forem tratados de maneira a que quem os pretenda praticar pense 2 vezes e isto só se consegue com punições exemplares. Mas quando Passos Coelho disse o que disse de Dias Loureiro, eu já acredito em tudo. Ele não se pode esquecer do caso Tecnoforma e dos impostos por pagar, onde deu umas explicações tão esfarrapadas que até uma criança se ria por pensar que ele estava a brincar. O Paulo Portas também não se pode esquecer que o caso dos submarinos está por explicar. Cada cavadela, sua minhoca. É o país que temos mas que, espero bem, mude rapidamente para melhor. Entretanto; políticos, vendedores de banha da cobra e cães de caça, são todos da mesma raça.

  3. Este foi apanhado porque se deve ter esquecido de pagar as luvas todas a quem manda na máfia… Mas acho bem na mesma! É melhor um de vez em quando do que nenhum, e assim criam-se hábitos e abrem-se precedentes!

  4. A cela 45 estará livre? A cadeia de Évora parece um condomínio fechado…só VIPS. ( no caso de este não se safar, claro! )

  5. Fartar vilanagem… Ajuste directo (abaixo do crivo 150 mil ou 75 mil) e com o dinheiro dos outros! “Amigos de infância, irmãos de lojas maçónicas e membros do Clube Lisboa 50”.
    Viva a independência do poder judicial… Nunca tanto foi investigado em tão pouco tempo.
    … E vem aí Vale do Lobo… CGD, Grupo Lena… o Ex da Escom, no âmbito da “Operação Marquês”… 300 Milhões. “O que é isso para nós os riscos”?
    Stock off colarinhos e punhos de renda

RESPONDER

"Mário Centeno está a perder influência no Governo". Os (maus) sinais para o Orçamento de Estado 2020

A proposta de Orçamento do Estado para 2020 [OE 2020] vai ser apresentada daqui a uma semana e alguns economistas antecipam os riscos do documento, falando de uma "situação potencialmente perigosa para as contas públicas" …

Utilizadores russos do Reddit terão divulgado documentos comprometedores sobre o Brexit

A rede social Reddit anunciou ter concluído que utilizadores russos estiveram na origem da divulgação de documentos confidenciais do governo britânico sobre as negociações comerciais do Brexit. O Reddit anunciou, num comunicado citado pela Associated Press, …

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …