Ex-cientista da NASA está a ser investigado por praticar medicina sem licença

(cv) Josiah Zayner / YouTube

O bio ativista Josiah Zayner

Josiah Zayner, um ex-cientista da NASA que se tornou empresário e celebridade – tendo conquistado apoiantes em todo o mundo devido à defesa da ciência ‘anti-establishment’ – está a ser investigado por praticar medicina sem licença para tal.

O cientista ganhou seguidores através das suas várias experiências, incluindo injetar uma CRISPR – ferramenta de edição de genoma – no antebraço e realizar um transplante fecal para tratar os seus problemas digestivos. Segundo uma notícia do Gizmodo divulgada esta sexta-feira, a sua empresa, Odin, visa tornar a engenharia genética mais acessível aos investigadores de garagem.

Num encontro de 2017 de biohackers, Josiah Zayner explicou o seu ‘ethos’ citando o “Manifesto Hacker” de 1986. “Sim, eu sou um criminoso”, disse, comparando-se aos ‘hackers’ de outrora. “E meu crime é o da curiosidade”.

O estado da Califórnia está atualmente a considerar se concorda com parte dessa “confissão”. Na quarta-feira, Josiah Zayner publicou uma carta da Divisão de Investigação do Departamento de Defesa do Consumidor da Califórnia (Estados Unidos). A carta afirma que os responsáveis, bem como o Consultor Médico Distrital, estão “a averiguar uma queixa de prática de medicina não licenciada” contra o cientista.

“Fui acusado de praticar medicina sem licença por causa da auto-experimentação genética e mostrar às pessoas como aceder ao conhecimento disponível publicamente”, escreveu Josiah Zayner numa publicação no Instagram.

E acrescentou: “Eu nunca dei nada a alguém para injetar ou usar, nunca vendi qualquer material destinado a tratar uma doença e não pretendo oferecer tratamentos ou curas porque sabia que esse dia chegaria”.

O cientista aproveitou para criticar a  passou a criticar a Food and Drug Administration (FDA) e a sua recusa “para permitir que as pessoas tenham acesso a tratamentos de ponta ou, em alguns casos, até mesmo cuidados básicos de saúde”, indicando que, apesar disso, é “o único ameaçado de prisão”.

Como a MIT Technology Review relatou na sua cobertura da investigação, praticar medicina sem licença na Califórnia pode ser um delito grave ou punível com uma multa de 10 mil dólares (cerca de 8,9 mil euros) e até três anos de prisão.

Josiah Zayner não respondeu imediatamente ao pedido do Gizmodo para comentar. O Departamento de Assuntos do Consumidor da Califórnia também não respondeu a um pedido de comentário.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …

Ordem dos Médicos alerta para “grave sobrecarga” nas urgências pela Linha SNS 24

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) alertou que a atuação da Linha SNS 24, no âmbito da covid-19, causa uma “grave sobrecarga” nas urgências, pelo que defende alterações na referenciação dos …

"Votei num tipo chamado Trump". Presidente dos EUA votou antecipadamente na Florida

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, votou este sábado antecipadamente em West Palm Beach, na Florida, para as eleições presidenciais, juntando-se aos quase 55 milhões de americanos que também já o fizeram. Donald Trump …

Chegou o camião autónomo que não precisa de motorista para se deslocar

No ano passado foi lançado o T-pod, um protótipo de um camião elétrico autónomo e sem cabine. Agora, o seu fabricante, a empresa sueca Einride, revelou a última geração do veículo, que vai passar a …

"O medo não é a vacina". Centenas de pessoas contestam medidas do Governo em Lisboa

Centenas de pessoas contestaram este sábado as medidas impostas pelo Governo para mitigar os efeitos da pandemia de covid-19, com gritos pela “liberdade” e pela “verdade”, numa manifestação realizada na praça do Rossio, em Lisboa. A …

Os humanos estão a pôr em causa a alimentação dos animais predadores

Os animais predadores que vivem perto de humanos estão a obter metade dos alimentos supostos e isso pode ser muito prejudicial, referem investigadores americanos. De acordo com um novo estudo publicado no jornal Proceedings of the …

Plataformas de streaming passam a ter de pagar 1% do seu lucro ao Estado

As plataformas de streaming passam a pagar uma taxa, após a proposta de lei ser aprovada esta sexta-feira, na Assembleia da República. Serviços como a Netflix, a HBO Portugal ou a Disney +, passam a …

Porto 1-0 Gil Vicente | Dupla Shoya-Evanilson embala “dragão”

Difícil, mas justo. O FC Porto recebeu o Gil Vicente numa noite chuvosa no Dragão, dominou claramente até aos 75 minutos – altura em que Zaidu foi expulso – e venceu por 1-0. Um resultado …