Ex-assessor de Obama acusado de mentir e esconder informação

Gregory Craig

Um antigo assessor do ex-Presidente dos Estados Unidos Barack Obama foi acusado, na quinta-feira, de mentir ao Departamento de Justiça e de esconder informação sobre o seu trabalho para o Governo da Ucrânia.

O caso contra Gregory Craig, de 74 anos, emergiu da investigação do procurador especial Robert Mueller à alegada interferência da Rússia nas eleições americanas de 2016, escreveu o New York Times. A sua atividade de lobbying estará ligada às diligências de Paul Manafort, antigo diretor de campanha do então candidato Donald Trump, em Kiev.

Segundo a lei dos EUA, todos os lobistas que trabalhem para governos estrangeiros têm de se registar no Departamento de Justiça. Se for condenado, Gregory Craig enfrenta uma pena máxima de cinco anos por cada acusação, além de 250 mil dólares (mais de 220 mil euros) em multas, lê-se num artigo do Expresso. Os seus advogados negam as acusações.

O trabalho do ex- assessor na Ucrânia aconteceu em 2012, enquanto sócio sénior do escritório de advogados Skadden, já após o seu mandato de um ano na Administração Obama.

A sua atividade de lobbying estará ligada às diligências políticas de Paul Manafort, antigo diretor de campanha do então candidato presidencial Donald Trump, em Kiev. Na altura, Paul Manafort trabalhava como consultor político na Ucrânia, tendo encaminhado um projeto para aquele escritório de advogados, indicou o New York Times.

Paul Manafort foi o primeiro antigo assessor de Donald Trump a ser preso no âmbito da investigação de Mueller, apesar de as suas acusações dizerem respeito apenas ao trabalho de consultoria na Ucrânia. Em março, foi preso por acusações de fraude, fraude bancária, conspiração contra os EUA e conspiração para obstruir a justiça.

Embora não tenha sido acusado de violação das leis de ‘lobbying’ no estrangeiro, Gregory Craig prestou declarações falsas e enganosas, refere a acusação. Apesar de conhecer as exigências, o ex-assessor de Barack Obama não se quis registar como lobista da Ucrânia “por acreditar que isso poderia impedi-lo e a outros advogados do escritório de assumirem posições no governo federal no futuro”, acrescenta a acusação.

Ainda segundo a mesma, o antigo assessor reteve informações sobre os seus contactos com os ‘media’ e prestou declarações falsas em documentos entregues à Procuradoria-Geral relativamente à lei americana do ‘lobbying’ no exterior.

Em janeiro, a Skadden pagou 4,6 milhões de dólares (quatro milhões de euros) ao Departamento de Justiça como parte de um acordo, depois de admitir ter prestado declarações enganosas às autoridades federais sobre o trabalho do escritório na Ucrânia. Gregory Craig não foi mencionado nesse acordo.

Antes de as acusações terem sido anunciadas, os seus advogados sublinharam a sua inocência. “A insistência teimosa do Governo em processar [Gregory] Craig é um abuso equivocado da discrição da Procuradoria”, afirmaram num comunicado enviado à imprensa norte-americana.

Taísa Pagno TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A icónica tapeçaria "Guernica" de Picasso foi retirada da ONU. Rockfeller pediu-a de volta

A icónica tapeçaria "Guernica", de Pablo Picasso, foi retirada do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) onde estava há mais de 30 anos. A pintura “Guernica”, considerada uma das obras-primas de Picasso …

Este robô-tartaruga não precisa de circuitos eletrónicos para andar. Basta ar

O robô macio de quatro patas, criado por uma equipa da Universidade da Califórnia, não precisa de nenhum circuito eletrónico para funcionar. Os robôs macios têm captado a atenção dos cientistas e o mais recente, criado …

Norte-americano cria secretária para manter crianças seguras durante os tiroteios nas escolas

Um norte-americano desenvolveu uma secretária à prova de bala para assegurar um lugar seguro às crianças dos Estados Unidos em situações de tiroteio. Passaram três anos desde que, a 14 de fevereiro de 2018, Nikolas Cruz entrou …

A Cidade do México proibiu tampões menstruais com aplicador. Agora, as mulheres estão furiosas

A Cidade do México já tinha proibido outros objetos compostos por plástico, como é o caso de copos e palhinhas, mas agora foi mais longe e resolveu banir os tampões menstruais que contém aplicadores. No …

Benfica 2-0 Rio Ave | Águia volta a voar

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS, três jogos depois. A formação “encarnada” recebeu e venceu o Rio Ave por 2-0, com os dois golos apontados por Haris Seferovic e Pizzi numa segunda parte …

Criança de dois anos cai do 12º andar (mas acaba por ser salva por estafeta)

No passado domingo, em Honói, na capital do Vietname, um estafeta salvou a vida de uma criança de dois anos que caiu do 12° andar de um prédio. Nguyen Ngoc Manh é agora conhecido como …

Em França, livrarias e lojas de discos são agora "comércio essencial"

O decreto de lei do Governo francês, publicado na última sexta-feira, incluiu as livrarias e lojas de discos na lista do chamado "comércio essencial", podendo permanecer abertas em caso de confinamento. Em declarações à agência France-Presse, …

Icebergue maior que Nova Iorque parte-se perto de estação de investigação na Antártida

Um icebergue gigante partiu-se esta sexta-feira na plataforma de gelo de Brunt, na Antártida, perto de um posto de investigação do British Antartic Survey (BAS). O bloco de gelo, com 1.270 quilómetros quadrados, será ainda maior …

A Greenpeace está a atirar pedras gigantes para o Mar do Norte. Eis a razão

Na semana passada, a Greenpeace atirou pedras gigantes ao mar ao redor do Reino Unido. Esta ação faz parte do objetivo da organização de acabar com os barcos de pesca de arrasto no fundo do …

Deco avança para tribunal contra Apple por manipulação de desempenho dos iPhones 6

A Deco Proteste anunciou esta segunda-feira que avançou com uma ação judicial contra a Apple, acusando-a de práticas enganosas por ter manipulado os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para se tornarem obsoletos …