Eurovisão rescinde “com efeitos imediatos” com canal chinês

José Sena Goulão / Lusa

A apresentadora Catarina Furtado na segunda semi-final do Festival Eurovisão 2018

A organização do Festival Eurovisão da Canção rescindiu hoje, “com efeitos imediatos”, a parceria com o canal chinês Hunan TV, por este ter censurado a exibição de duas atuações durante a primeira semifinal do concurso.

Num comunicado divulgado no site oficial do concurso, a União Europeia de Radiofusão, EBU, refere ser “com pena que termina com efeitos imediatos a parceria com a Hunan TV” e que esta “não poderá emitir a segunda semifinal, que decorreu esta quinta-feira na Altice Arena, em Lisboa, nem a final, marcada para sábado no mesmo local”.

As atuações dos representantes da Albânia e da Irlanda, na primeira semifinal do Festival Eurovisão, que decorreu na terça-feira à noite, em Lisboa, foram censuradas na China pela televisão que tem os direitos de emissão do concurso.

De acordo com o jornal chinês Global Times, propriedade do Partido Comunista Chinês, numa notícia publicada no site do jornal, a Hunan TV, um dos canais mais populares da China e que tem os direitos de transmissão do concurso naquele país, além de não ter emitido as atuações da Albânia e da Irlanda, censurou bandeiras LGBT, agitadas por pessoas que assistam ao vivo ao espetáculo, na Altice Arena, no Parque das Nações.

No comunicado, a EBU refere apenas que “duas atuações foram censuradas”, não especificando quais, sublinhando que esta decisão “não está em linha com valores de universalidade e inclusão da EBU, bem como da orgulhosa tradição de celebrar a diversidade através da música”.

De acordo com o Global Times, a canção albanesa terá sido retirada da transmissão porque o cantor, Eugent Bushpepa, “tem tatuagens”, e a da Irlanda, por se tratar de um tema que “descreve uma relação homossexual”.

Em janeiro, lembra o jornal, a entidade reguladora chinesa dos media proibiu a transmissão de tatuagens e outros elementos de subculturas, medida que gerou bastante controvérsia.

Segundo o Global Times, em abril, um festival de música daquele país “proibiu os artistas de mostrarem as tatuagens em palco, depois de os jogadores da seleção nacional de futebol terem coberto as tatuagens nos jogos que disputaram em março”.

Tanto a canção da Albânia, “Mall”, como a da Irlanda, “Together”, interpretada por Ryan O’Shaughnessy, passaram à final do concurso, o que significa que voltarão a ser interpretadas no palco da Altice Arena no sábado.

A Hunan TV adquiriu este ano, pelo quarto ano consecutivo, os direitos de transmissão do Festival Eurovisão da Canção, e transmite as semifinais e a final ‘online’.

A 63.ª edição do Festival Eurovisão da Canção realiza-se em Lisboa, pela primeira vez. Portugal acolhe o concurso por ter sido o vencedor na edição do ano passado, com a canção “Amar pelos dois”, interpretada por Salvador Sobral.

Na final do concurso competem 26 canções. Seis têm entrada direta – a de Portugal, por ser o país anfitrião, e as dos países do chamado grupo dos ‘Big5’ (Espanha, Reino Unido, Alemanha, Itália e França) -, dez foram apuradas na primeira semifinal, e as restantes dez são escolhidas hoje, durante a segunda semifinal.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. bem vejo, que afinal uso de linguagem for do normal não a problema, vejo que o sugeito que se faz chamar de eu deve ser alguem intocavel para o Zap, é triste isso, mas pronto como disse em outra mensagem até foi bom que não deixa-se passar que afinal seria dar importancia a um parasita

      • mas era bom que tambem tentace ataques de leitores aos outros, isso voces nada fazem para isso, porque apesar não ser usado insultos, na forma que esse sugeito faz é insultar as pessoas.. mas como se diz uns são filhos de mãe….. se uns tem direito de sempre tentar atinjir os outros e os que são atingidos e nada pode dizer, isso significa não haver igualdade de actuação.. porque se fosse a primeira vez que esse flano faz o isso e nada foi feito

RESPONDER

Vénus paleolítica com mais de 20.000 anos descoberta no norte de França

Uma Vénus do Paleolítico esculpida há 23 mil anos foi encontrada no campo arqueológico de Renancourt, perto de Amiens, no norte de França. A descoberta remonta a julho passado e foi agora anunciada em comunicado pelo …

Chumbados projetos de lei para proteger vítimas de violência doméstica

Reconhecimento das crianças em contexto de violência doméstica, declarações para memória futura das vítimas e criação de subsídio para quem é obrigado a abandonar o lar foram os temas em discussão. Os projetos de lei do …

Ferro repreende Ventura no Parlamento. Deputado pede audiência urgente a Marcelo

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, fez esta quinta-feira uma advertência ao deputado do Chega por utilizar com “demasiada facilidade” as palavras “vergonha” e “vergonhoso” nas suas intervenções no parlamento. André Ventura intervinha no …

Consumo moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro

Um novo estudo sugere que até mesmo o consumo leve ou moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro. No entanto, as conclusões não são consensuais na comunidade científica. Nem só o …

Fim da guerra comercial à vista. Estados Unidos e China chegam a acordo

Falta apenas a assinatura do presidente dos Estados Unidos para que o entendimento possa pôr um ponto final na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. De acordo com a Bloomberg, os negociadores …

Recuperados seis dos oito corpos das vítimas de erupção de vulcão na Nova Zelândia

Uma equipa militar neozelandesa recuperou esta sexta-feira seis dos oito corpos dos turistas que permaneciam desaparecidos após a erupção, na segunda-feira, do vulcão Whakaari, numa ilha desabitada da Nova Zelândia. A operação, que envolveu oito membros …

Plantas também "gritam" quando estão sob stress

À semelhança do que acontece com o Homem, algumas plantas também podem "gritar" quando enfrentam situações de stress, como a falta de água ou o corte do seu caule, concluíram cientistas da Universidade de Tel …

ESA declara guerra ao lixo espacial com um robô de quatro braços

https://vimeo.com/379011028 A Agência Espacial Europeia (ESA) acaba de assinar um contrato com a startup suíça ClearSpace para levar a cabo tarefas de limpeza de lixo orbital. Em comunicado, a agência espacial aponta que a empresa vai …

O "Asteróide do Apocalipse" está a cuspir rochas para o Espaço

A sonda OSIRIS-REx da NASA chegou ao Bennu, o "Asteróide do Apocalipse", em dezembro de 2018 e, apenas uma semana depois, descobriu algo incomum: o asteróide estava a lançar partículas para o Espaço. A câmara de …

Projeções dão vitória esmagadora de Boris Johnson

O partido Conservador venceu as eleições legislativas no Reino Unido com uma maioria absoluta de 368 deputados, segundo uma sondagem comum divulgada hoje pelas três estações televisivas britânicas BBC, ITV e Sky, segundo a qual …