EUA impõem sanções ao ministro iraniano das Relações Exteriores

Michael Buholzer / swiss-image.ch / World Economic Forum

Mohammad Javad Zarif, Ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos (EUA) anunciou na quarta-feira sanções sobre o ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, por este agir em nome do ayatollah Ali Khamenei.

“Javad Zarif implementa a agenda imprudente do líder supremo do Irão e é o principal porta-voz do regime em todo o mundo”, disse o secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, em comunicado, segundo revelou o Expresso.

O chefe da diplomacia iraniana reagiu no Twitter, defendendo que a medida revela que Washington o vê como uma “ameaça”.

“A razão dos Estados Unidos para me designar é que sou o ‘principal porta-voz [do Irão] em todo o mundo’. A verdade é assim tão dolorosa? Não tem qualquer efeito sobre mim ou a minha família, uma vez que não tenho propriedades ou interesses fora do Irão. Obrigado por me considerarem uma enorme ameaça à vossa agenda”, escreveu.

O porta-voz do Ministério iraniano das Relações Exteriores, Abbas Mousavi, foi mais longe na reação. “O pico de estupidez e inconsistência dos líderes americanos está num ponto em que não reconhecem o doutor Zarif como influente na política do Irão mas, com definitiva ignorância, sancionam-no! Os americanos têm um enorme medo da lógica do doutor Zarif e das suas capacidades negociais”, disse.

A Administração Trump esclareceu que decidirá caso a caso se concede ao ministro iraniano um visto de viagem para os EUA, designadamente para deslocações à sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. Um alto funcionário norte-americano sublinhou que Donald Trump está aberto a conversações com o Irão mas não considera Javad Zarif um decisor importante.

A medida altamente invulgar de penalizar o chefe da diplomacia de outro país acontece depois de, em junho, o Presidente norte-americano ter assinado uma ordem executiva a impor sanções ao líder supremo do Irão.

O “terrorismo económico” e as violações do acordo

As tensões entre Washington e Teerão aumentaram desde que, no ano passado, o Presidente dos EUA retirou unilateralmente o país do acordo histórico de 2015, assinado com potências mundiais, que se destinava a reduzir as ambições nucleares de Teerão em troca da suspensão das sanções económicas.

Depois de Washington voltar a impor sanções, no que o regime iraniano apelida de “terrorismo económico”, Teerão recomeçou nas últimas semanas a enriquecer urânio além do limite de 3,67% estabelecido no acordo e ultrapassou igualmente o limite de 300 quilogramas das reservas de urânio enriquecido.

Em junho, Donald Trump cancelou, em cima da hora, ataques aéreos de retaliação depois de o Irão ter abatido um drone não tripulado dos EUA. Washington também acusa Teerão de uma série de ataques a petroleiros no Golfo Pérsico.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …

Sob o nariz dos militares norte-coreanos, ex-ginasta salta muro de 3 metros e foge para a Coreia do Sul

Um homem norte-coreano que queria escapar da sua terra natal deu um salto de quase três metros num muro no início deste mês. O salto, que ocorreu sob os narizes dos soldados, trouxe-o para a …

Islândia quer tornar-se um refúgio para o teletrabalho. Mas não é para todos

A Islândia fez uma série de alterações no seu programa de vistos de trabalho remoto para cidadãos foram do espaço Schengen, tendo como objetivo tornar-se num destino atraente para os trabalhadores que procuram escapar dos …