Estados Unidos querem rever o acordo com rebeldes talibãs no Afeganistão

Mutalib Sultani / EPA

Os Estados Unidos indicaram hoje às autoridades afegãs o seu desejo de rever o acordo entre o Governo norte-americano e os talibãs, assinado em fevereiro de 2020, particularmente para “avaliar” o respeito dos rebeldes pelos compromissos assumidos.

O conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, convocou o seu homólogo afegão, Hamdullah Mohib, e “deixou claro” a sua intenção de “revisar” o acordo, disse a porta-voz do conselheiro, Emily Horne, em comunicado.

Jake Sullivan, segundo a nota, pediu em particular “para avaliar se os talibãs estão a respeitar os compromissos assumidos de cortar todos os laços com grupos terroristas, reduzir a violência no Afeganistão e se estão a conduzir negociações sérias com o Governo afegão e outros atores”.

O acordo – acertado pela Administração do ex-Presidente norte-americano Donald Trump com os talibãs e que não incluiu o Governo afegão nas negociações – prevê a retirada total das forças norte-americanas até meados de 2021 em troca, em particular, do compromisso dos talibãs de não permitir que grupos terroristas operem a partir de áreas que controlam.

Sullivan também expressou o “desejo dos Estados Unidos de que todos os líderes afegãos aproveitem esta oportunidade histórica de paz e estabilidade”.

Os talibãs, contactados pela agência de notícias AFP, disseram que ainda estão determinados a honrar seus compromissos sob o acordo assinado com Washington.

“Esperamos que o outro lado também permaneça comprometido em respeitar o acordo”, disse Mohammad Naeem, porta-voz da ala política do grupo, com base no Qatar.

As autoridades afegãs, que esperavam ansiosamente para ver como a Administração de Biden iria administrar a questão, receberam os comentários de Sullivan com alívio.

Na terça-feira, o futuro chefe da diplomacia norte-americana, Antony Blinken, já havia indicado que o novo Governo iria rever o acordo, considerando em particular essencial “preservar os avanços que foram feitos por mulheres e raparigas no Afeganistão ao longo dos últimos 20 anos”.

Washington reduziu o seu efetivo militar no Afeganistão para 2.500 em 15 de janeiro, ao seu nível mais baixo desde 2001.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …

Sporting bate recorde histórico, mas até o do 6-3 era melhor (quando Amorim não estava "do lado certo")

O Sporting não perde há 22 jogos e bateu o recorde de invencibilidade dos leões em jogos do campeonato que pertencia à equipa de 1981/1982. Um dado que deixa Ruben Amorim orgulhoso, mas o treinador …

"Estou a morrer." Constança luta por um medicamento para se salvar, Infarmed diz que não recebeu pedido do Hospital

Constança Bradell fez um apelo nas redes sociais, numa publicação em que descreve a luta que está a travar contra a fibrose quística. A jovem, de 24 anos, pede a aprovação do medicamento que lhe …

Um século de luta comunista comemorado com 100 ações pelo país

O mais antigo partido político comemora, esta sábado, 100 anos de existência. PCP vai festejar o aniversário com 100 ações pelo país. O PCP assinala, este sábado, os seus 100 anos com 100 ações, em mais …

Relações esfriadas. Moedas consultou Marcelo, mas dispensou conselhos de Passos

Antes de anunciar a sua candidatura a Lisboa, Carlos Moedas consultou Marcelo Rebelo de Sousa e falou com Paulo Portas. Com Pedro Passos Coelho só falou um dia depois de o seu nome ter sido …

Portugal não pode perder o comboio da Europa. Para Marcelo, é hora de aproveitar o novo ciclo

A crise que assolou o nosso país tem de ser aproveitada para "olhar para os problemas estruturais". A mensagem foi deixada pelo Presidente da República, nesta sexta-feira, na conferência de abertura do Festival P, com …

Santana não desiste e admite candidatar-se à Figueira (mesmo à revelia do PSD local)

Pedro Santana Lopes não fecha totalmente a porta e admite vir a candidatar-se à Figueira da Foz como independente. Mesmo que a concelhia do PSD já tenha tomado uma decisão e avance com Pedro Machado, Pedro …

Um Papa na "Terra de Abraão" pela primeira vez na História. Francisco em viagem inédita ao Iraque

Depois de 15 meses em Itália, o Papa Francisco regressou às viagens pastorais com uma visita de quatro dias ao Iraque, uma viagem inédita de um líder da Igreja Católica ao Iraque.  O Papa Francisco desafiou …

Jesus não "perdoa" Vlachodimos pelo erro no dérbi. Vieira já definiu preço para o guardião

O jornal O Jogo escreve este sábado que o treinador do Benfica, Jorge Jesus, ainda não esqueceu o erro do guardião Odysseas Vlachodimos frente ao Sporting, numa partida para o campeonato que acabou com a …