EUA pressionam Portugal: “Tem de escolher agora entre os aliados e os chineses”

Embaixada dos EUA em Portugal / Facebook

Augusto Santos Silva (E) e George Glass (D).

O embaixador norte-americano em Lisboa defende que Portugal tem de escolher entre os “amigos e aliados” EUA e o “parceiro económico” China, alertando que escolher a China em questões como o 5G pode ter consequências em matéria de Defesa.

George Glass, embaixador dos EUA em Lisboa, em entrevista ao Expresso, hoje publicada, admitiu consequências em matéria de segurança e Defesa para Portugal se o país escolher trabalhar com a China.

Segundo o diplomata, as consequências serão de âmbito técnico, como a atividade da NATO ou a troca de informação classificada, e não políticas, pelo menos para já.

“Há países que estão a trabalhar numa verdadeira parceria como aliados. Se não formos capazes de comunicar a esse nível, então haverá também reflexos na atmosfera política e nos desenvolvimentos da relação política. Por agora, é um assunto de Defesa Nacional e não de política”, afirmou Glass.

O embaixador admite que Portugal é uma vítima do conflito comercial entre EUA e China ao fazer parte do “campo de batalha” na Europa, onde uma das frentes de conflito é a nova tecnologia 5G, relativamente à qual Portugal equaciona trabalhar com a chinesa Huawei, ainda que não em aspetos fundamentais da rede, mas apenas na distribuição do sinal de rádio.

Glass é taxativo ao dizer que os EUA preferiam que Portugal não tivesse qualquer equipamento da Huawei na rede de 5G.

“Se não tivermos parceiros confiáveis na rede de telecomunicações portuguesa, mudará a forma como interagimos com Portugal em termos de segurança e de Defesa. Temos feito chegar esta mensagem alto e bom som: a forma como trabalhamos com a NATO ou como trocamos informação classificada será afetada. Se tivermos confiança nas telecomunicações, seremos capazes de continuar a relacionar-nos como no passado. Se não tivermos, teremos de mudar a forma como comunicamos com Portugal”, disse o embaixador.

Há outras empresas chinesas com posições de capital em empresas portuguesas – como a China Three Gorges na EDP e a CCCC que recentemente entrou no capital da Mota-Engil, que “vendeu 30% da companhia por 30 moedas de prata” – a dificultar a relação entre Portugal e EUA, sendo que em relação à Mota-Engil o embaixador norte-americano admite a possibilidade de sanções.

Remeteu, no entanto, mais esclarecimentos para essas questões para o subsecretário norte-americano da Economia, Keith Krach, que vai estar na próxima semana em Lisboa.

Sobre a importância do “incrivelmente estratégico” porto de Sines para a distribuição do gás natural liquefeito americano, Glass disse esperar que a construção e gestão do novo terminal “não vá para os chineses”. Se for, isso compromete a distribuição, admitiu.

“Acho que tem de comprometer. Se fosse para os chineses, afetava a nossa visão daquilo que Sines se pode tornar. Vimos no passado que, se os operadores forem chineses, eles têm a capacidade de negar acesso a navios norte-americanos. Isso não pode acontecer. Sobretudo se pensarmos em Portugal como o ‘hub’ de gás e centro da segurança energética europeia”, declarou.

George Glass admitiu ainda que os EUA têm trabalhado com Portugal no sentido de “guiar” o investimento estrangeiro no país e diminuir o peso do investimento chinês.

“Acho que agora são mais duros com a China. Quando cheguei a Portugal, as entidades estatais chinesas tinham 28% da EDP e agora têm 21%. Vai na direção certa. Mas precisa de ser menos”, acrescentou.

“Quem toma as decisões é Portugal”

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, avisou hoje que quem toma as decisões em Portugal é o Governo, em resposta a declarações do embaixador dos Estados Unidos.

“O Governo português regista as declarações […]. Mas o ponto fundamental é este: em Portugal, quem toma as decisões são as autoridades portuguesas, que tomam as decisões que interessam a Portugal, no quadro da Constituição e da lei portuguesa e das competências que a lei atribui às diferentes às diferentes autoridades relevantes”, disse.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

48 COMENTÁRIOS

  1. Encostam-nos à parede mas, às vezes, é preciso tomar uma posição. Nem sempre se pode fazer como o outro, o Inteligente, que jogou com um pau de dois bicos.

  2. A escolha é fácil. Os nossos políticos só escolheram a China por interesse próprio. Vimos quantos mortos têm causado com a Covid-19, poluição, destruição de emprego em todo o mundo visto que usam escravatura, e ninguém consegue competir com a China. Mais uma vez digo quando vimos os nossos políticos a suportar a China, devíamos ter acesso às suas contas bancárias para se ver os milhões que recebem com as decisões erradas que leva na destruição do pais.

      • A sério? Nenhum país criou tanto emprego qualificado por esse mundo fora como os EUA. Quantos empregos directos e indirectos criou a Microsoft, Google, Apple, Facebook? Quantos programadores existem por esse mundo fora a desenvolver aplicações para Windows, MacOS, iOS, Android, quantos programadores existem por esse mundo fora a utilizar Java e C#? Quantas empresas foram criadas à volta do Facebook? Faz ideia quantos empregos foram perdidos nos EUA por empresas que fizeram outsourcing para a India, China e outros?

            • Pelos comentários verifico que muitos destes se devem a uma completa desinformação. Lembro que historicamente Portugal mantém relações com a China desde há cerca de 500 anos, é preciso conhecer a sua filosofia de vida, o que sofreram durante décadas dos japoneses, além de ora com a tentativa de postergação das suas tecnologias de ponta (5 G) que os EUA lideram (deve-se, já, agora, adiantar que o combate está na origem de aqueles quererem que s China incorpore chips que permitam o acesso da NSA (National Security Agency) como o fazem com os produtos americanos, coisa a que os chineses se opõem). Quem se quiser dar ao trabalho de prescutar o que escrevem inúmeros analistas internacionais (desde antigos embaixadores de países ocidentais, homens do MI6 e outros) leiam a imprensa não corporativa, aqui vai a indicação: UNZ, Asian Times, Txacala e outros que vós próprios descobrireis. Quando é que despertaremos para o mundo que nos estão a preparar, ainda iremos a tempo?

          • EUA do trump??? Vocês vivem em que planeta? O Trump foi o melhor que aconteceu ao mundo e está a mostrar bem a intolerância da extrema esquerda e os criminosos que são.

  3. O Tr..mpas nem a casa dele sabe governar e dá-se ares de querer mandar na dos outros. Se fosse lamber sabão, talvez conseguisse limpar as ideias. Olha agora!…

      • Quando é que o senhor irá entender que o Trump é uma carta fora do baralho? Quem manda nos EUA são o Deep State, a Big Pharma, as agências de inteligência (CIA, NSA, Pentágono), o complexo militar-industrial, o Wall Street e, sobretudo, os homens de Davos. Leia e inteire-se, não vá pelo que a imprensa que temos divulga, faça as vossas próprias inferições o resto virá por clarificação.

  4. Diz o grande democrata que ‘gosta de malhar na oposição’:
    ‘…em Portugal, quem toma as decisões são as autoridades portuguesas…’ Não serão as chinesas?
    Olha a EDP…
    Supostamente somos uma democracia… Então não devíamos trabalhar com ditaduras…
    mas reparávamos os helicópteros da Indonésia… íamos comprar petróleo à Líbia…
    agora trabalhamos com a China. qualquer dia com a Rússia ou a Turquia etc. etc. …
    se calhar também é mais ‘vantajoso’ para Portugal… não que o povo tenha visto isso…
    nem electricidade mais barata nem seguros mais baratos nem nada…

  5. Eu não sei como pode os maiores espiões do mundo se passando por mocinhos bonzinhos, os estados unidos tem são peritos em espionagem mundial isso sim

  6. Isto é a pior chantagem que um país pode fazer em relação a outro país soberano.
    Não admitimos chantagens, vindas elas donde vierem.
    Os USA representam ,com este doente mental que os governa, a escroqueria dos países.
    A Portugal já lhe bastou o ultimato do mapa cor de rosa, faz tempo, quanto mais este espantalho que pretende provocar o medo, pelas retaliações se não aderirmos à sua chantagem.
    Vão caçar moscas!

  7. A Europa tinha a belga Option, que foi vendida a Huawei por pressão da própria União. Os Americanos acusam a China de controlar Huawei e assim qualquer um que utiliza um equipamento seu. Mas a America já nos espiona, juntamente com Israel e Inglaterra, desde pelo menos o início do século, revelou Edward Snowden. Portanto que tal utilizarmos as duas técnicas e deixar o mercado funcionar?

  8. Mas será que ainda há algum Português que acredita que “Quem toma as decisões é Portugal”.
    Os políticos Portugueses desde o 25de Abril só têm feito asneiras e fazer o pais perder independência (económica e política). Sempre baixaram as calças aos poderosos estrangeiros (UE, EUA, etc.) e agora que o mundo começa a estar fracionado estão à espera de ter poder de decisão.
    Indiferentemente do que os EUA sejam (que são tudo menos santos e bondosos), o fato de termo-nos metido com a China só vai dar problemas: com os EUA por estarmos com a China e depois com a China por termos cedido aos EUA. Sendo que no meio estará sempre a UE a meter o “nariz”.
    Se estes políticos de treta se preocupassem em tornar o pais mais forte, organizado, admirado e independente é que evitavam esta situação que no futuro vai acabar por de uma forma ou outra por os Portugueses a lamber o rabo ou dos EUA, ou da China ou da UE.
    Depois de tanto lutarem para se livrar de uma ditadura nacionalista acabamos numa ditadura internacionalista…
    Mas isso é outra história!

      • Meu caro.
        Antes do 25 de Abril Portugal estava mal em qualquer estratégia internacional, mas depois do 25 de Abril Portugal ficou pior (problemas de descolonização, 3 ajudas externas, etc.).
        Ou é de aqueles que pensa que Portugal é o centro do mundo e não precisa de ninguém pois é independente (com exceção apenas para pedir dinheiro emprestado)?

        • “depois do 25 de Abril Portugal ficou pior”
          Salgado, és tu??
          .
          Ó alminha, Portugal ficou pior para quem?!
          Para os portugueses em geral, de certeza absoluta que não foi.
          Melhorou exponencialmente em TODOS os indicadores de desenvolvimento humano, chegando ao topo em vários (mortalidade infantil, segurança, liberdade, etc)
          .
          Orgulhosamente só” estava o teu “padrinho” – o Salazar e, o resultado foi o que se viu!!
          Fome e miséria!…
          .
          Todos os países precisam dos outros – até os EUA – como se comprova com mais esta tentativa de pressão…

          • Ó Ditador Bolchevista, qual é o seu problema?
            Ó meu Nazista que não aceita opiniões diferentes?
            Ou nunca te enganas e raramente tens dúvidas?
            Ninguém esta a falar do bom e do mau que o 25 de Abril trouxe.
            Aqui a questão é a imagem Portuguesa no exterior, que em algumas coisas melhorou e em outras piorou, mas numa perspetivava geral foi e é má. O foi na ditadura (por algumas razões) e o continua a ser agora (por outras razões).
            É óbvio que para uma mentalidade comunista como a sua o 25 de Abril só trouxe coisas boas. Tudo o que era mau foi no Salazarismo e tudo o que é de bom foi depois do 25 de Abril.
            Se trabalhasses e não vivesses à custa de subsídios e regalias do estado não tinhas uma opinião tão radical e fanática.
            Só quem vive uma fantasia “estatal” é que não vê o abismo em que Portugal e os Portugueses estão.
            E já agora, aprende a ler e entender os comentários dos outros leitores antes de disparatar opiniões e argumentos não contextualizados…

            • Hahahahaaa… és tão tosco que te baralhas todo!…
              Outra coisa não seria de esperar de alguém que tem coragem de escrever publicamente um disparate tão grande como isto: “depois do 25 de Abril Portugal ficou pior”!!
              O que claramente nunca trabalhou foi essa tua cabecinha – por isso só sobraram insultos e considerações pessoais…

  9. Está na altura de Portugal e a Europa se desligarem completamente dos EUA. Este “aliado” é pior que qualquer inimigo, e está sempre a tentar arrastar-nos para aventuras que são para nós desastrosas. A Europa e a Rússia são parceiros naturais, mas os EUA impõem-nos uma postura agressiva e inamistosa para com ela que nos prejudica economicamente e nos deixa estrategicamente vulneráveis. A Europa não tem de ser inimiga do Irão, ou da China, ou da Venezuela, mas a isso somos forçados por uma América agressiva. Temos de nos libertar desta vassalagem desastrosa. Temos de acabar com a aliança com os EUA, temos de sair da NATO e construir os meios da nossa própria defesa. Chega de humilhações.

      • Lol…Yep…foi mesmo boa, sim….eles adoraram (os não russos ou mesmo os soviéticos)…Ainda hoje, alguns que conheço, falam “desses tempos dourados”. Falam hoje, porque podem, pois nessa altura…estavam calados…eheheh

      • Santo Dio! Não gostar dos EUA é ser comunista 🙂 🙂 Portugal já em tempos era colónia da Inglaterra, de tal nível, que o Hino, quando se refere à “às armas” é contra os Ingleses que não deixavam Portugal unir Angola com Moçambique e fizeram um bloqueio naval nas rés de Lisboa e Porto. Portanto Portugal não é independente e ainda menos hoje, com a tecnologia de ponta. Antes do 25 de Abril, Portugal era uma aldeia que tinha siderurgia medieval com aço de péssima qualidade e por ser auto suficiente tinha tudo, mas só a Amália, a cortiça e o vinho, para além do importado Eusébio eram algo de orgulho. Joaquim Agostinho também faz parte desta lista e sentiu na pele um aspecto da qualidade do resto neste país perfeito e que lhe foi fatal, claro

  10. Com indivíduos deste calibre, dos dois já não sei quem será o mais perigoso para a Paz Mundial já muito debilitada !…mal de nós povos que somos carne para canhão !

  11. Facílimo 🙂 Portugal que saia da Nato. Há muitos anos que Portugal deveria ter saído da Nato, que só serve para comprar armas aos EUA e para brincar ás guerrinhas… E os milhões que estamos a pagar anualmente para sermos controlados? “tadinhos” de nós 🙁

  12. Só algumas perguntas a todos os iluminados que comentaram anteriormente?

    Quantos países invadiram os chineses?

    Quantos países (inclui aqui o pequeno Panamá) invadiram os americanos?

    De quantas guerras saíram os chineses com o rabo entre as pernas?

    De quantas guerras saíram os americanos com o rabo entre as pernas?

    • Cara Manuela.
      Respondendo à sua questão, salta um nome para lhe responder: Vietname. Em que os pistoleiros (entenda-se americanos) foram humilhados na guerra que gostam de fazer na terra dos outros, pois só sabem destruir com as armas que vendem, para depois reconstruírem com o dinheiro que emprestam, em troca de vassalagem que exigem para poderem exercer o controle com governos fantoches ditos “democráticos” que elegem.
      Tomos que combater os imperialistas, sejam eles quem forem, e defender os nossos interesses. Estarão os nossos governantes à altura? Não creio. Nunca estiveram, e a história já vem desde as invasões francesas.

  13. Esse EU que por aqui comenta é um parasita comunista, não merece mais nada que se escreva, COITADO..
    Como o país está a caminhar para uma Ditadura Comunista, claro o interesse é que a China entre..
    Nenhum Comunista português vai passar Férias em Países de Ditaduras Comunistas e porquê?
    Claro todo mundo sabe a razão porque não vão…
    Mas sabem onde alguns comunistas vão depois da reforma viver?
    Pois é nos Estados Unidos da América, vejam que a irmã die Álvaro Cunhal é lá que vive e outros.
    Nenhum comunista foi ou irá viver para as Ditaduras Comunistas, mas gostam de ser em Portugal Comunistas!!!!!!
    Deveriam sim era viverem na Venezuela, Coreia de Norte, Sibéria, Cuba, China, Angola, Moçambique, Guiné etc…. etc… etc….

  14. Tanta sabedoria a jorrar nessas cabecas.
    Nenhum pais pode impor ao outro que tome posicoes, ponto.
    Portugal nao deve tomar qualquer posicao preferencial.
    Povo portugues na sua maioria tem mentalidade socialista, esperar para ver quanto cai no bolso ou espera pela ajuda de uma suposta ‘cunha’.

    Os politicos que temos e continuidade do passado, nao ouve corte nem renovacao.
    Qualquer pessoa sabe que em portugal quem falar demais e tiver ideias nao arranja trabalho, e logo excluido.
    Portugal pais de brandos costumes a espera de ajuda externa.
    Essa republica parlamentarista viciou sistema, esta a muito manipular tudo e todos… nao sei onde vai parar… os militares andam a dormir e o presidente da republica… e o povo anasteciado com tantas migalhas…

  15. ISTO É AMOR, CARAGO!
    Eles estragam-nos com mimos. Vendem-nos material militar ordinário e obsoleto – para que não nos magoemos nem magoemos outrem -; dão doutrinação, perdão, treino, a nossos escolhidos oficiais superiores em cursozinhos bué belico-democráticos; fazem-nos ultimatos para usar as nossas bases – até Marcelo Caetano, na guerra do Yom Kippur, provou a ternura destes aliados quando, ao recusar o uso da base das Lages, nos termos do respeitante tratado, foi advertido de que se não cedesse a bem cederia a mal, fazendo de Portugal o único país da NATO que foi nesta onda -; convidaram Franco a mandar as forças armadas espanholas invadir Portugal depois do 25 de Abril, certamente para nos proteger dos malefícios do comunismo; estacionaram uma armada ao largo do Tejo no dia das nossas primeiras eleições democráticas, com o compreensível receio de que nos portássemos mal.
    Enfim, não têm fim as provas de amizade e amor devoto que esta “cooperação militar” nos tem trazido; não querem que nos falte nada.
    Agora querem proteger-nos da pérfida tecnologia chinesa, a qual, a ser implementada, permitiria que esses perigosos orientais fiquem, até, a saber-nos a cor das cuecas. E, como um pai extremoso, ameaçam deixar de nos falar, de fechar-nos no quarto escuro ou, se necessário, dar-nos uma carga de porrada se não seguirmos o caminho recto – o qual jamais se deve confundir com o reto, que é aquela parte que expõe quem muito se baixa…

  16. Ainda sobre o gás natural americano, não sei que interesse tem este gás num país onde não há grande necessidade de aquecimento. Ainda por cima, o preço pago aqui é altamente inflacionado por haver acordos horizontais (e proibidos) entre os comerciantes. Quem atreve de vender o gás por preço inferior, é excluido de fornecimento. Assim é que funciona. Não interessa este gás. Portugal tem sol, tem vento e tem rios.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …