EUA acusam Huawei de apropriar-se indevidamente de tecnologia

A Huawei foi acusada pelos Estados Unidos (EUA) de apropriação indevida de propriedade intelectual e de mentir a investigadores federais. Esta acusação surge depois de o Reino Unido anunciar que a empresa chinesa vai poder fornecer equipamento para a infraestrutura de telecomunicações 5G no país.

Segundo noticiou o Guardian, nesta nova acusação, o Departamento de Justiça norte-americano alega que a Huawei apropriou-se indevidamente de propriedade intelectual e firmou acordos de confidencialidade com fornecedores e professores de institutos de pesquisa para obtenção de tecnologia.

Os responsáveis alegam igualmente que a Huawei aconselhou os funcionários a ocultar o seu envolvimento na empresa durante encontros com agentes das autoridades.

Outra das alegações revela que a empresa chinesa forneceu bens e serviços ao Irão e à Coreia do Norte – violando as sanções dos EUA, da Europa e da Organização das Nações Unidas (ONU) -, apontando para a existência de documentos internos que provam que a Huawei usava nomes de código para se referir aos países sancionados.

Num comunicado, a empresa chinesa afirmou que esta acusação é uma tentativa de “danificar irrevogavelmente a reputação da Huawei e os seus negócios por razões relacionadas com a concorrência e não com a aplicação da lei”.

“Essas novas acusações não têm mérito e baseiam-se principalmente em disputas civis dos últimos 20 anos que foram resolvidas, litigadas e, em alguns casos, rejeitadas por juízes e júris federais. O governo não prevalecerá nestas acusações, que provaremos serem infundadas e injustas”, lê-se no documento.

O Departamento de Justiça norte-americano alegou que a Huawei mentiu sobre a sua relação com a Skycom, empresa que os promotores acreditam ser uma “subsidiária não oficial” da Huawei, responsável por ajudar o Irão a realizar vigilância no país.

Estas alegações surgem um ano após o Departamento de Justiça ter acusado a Huawei e Meng Wanzhou, diretora financeira da empresa e filha do fundador da empresa, Ren Zhengfei, de fraude e de contornar sanções. Meng foi detida no aeroporto de Vancouver, no Canadá, em dezembro de 2018, onde luta contra a extradição para os EUA.

O anúncio desta nova acusação, ocorre semanas depois de o governo de Boris Johnson desafiar os avisos dos EUA contra a parceria britânica com a Huawei, anunciando que a empresa chinesa atuaria como fornecedora para criar uma nova rede 5G.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Várias estátuas do Porto vandalizadas com "lágrimas azuis"

Várias estátuas do Porto, nomeadamente no Jardim da Cordoaria e na Praça Carlos Alberto, surgiram esta terça-feira vandalizadas, pintadas com lágrimas azuis, atos que foram confirmados à Lusa pela Câmara do Porto. Na Praça Carlos Alberto, …

Pós-Brexit. Imigrantes do Reino Unido vão ter de falar inglês e ter qualificações

O Reino Unido apresentou detalhes sobre as novas regras para a imigração pós-Brexit, que vão dificultar o acesso dos cidadãos da União Europeia (UE) e impor requisitos, como falar inglês, qualificações e um salário mínimo …

Ações de Isabel dos Santos na Galp, NOS, Efacec e EuroBic escapam a ordem judicial

As ações de Isabel dos Santos em empresas como Galp, NOS, Efacec e EuroBic não estão abrangidas na ordem judicial relativa ao arresto das suas contas bancárias. O arresto das contas bancárias de Isabel dos Santos …

Covid-19. Presidente chinês diz que há “progresso visível”, mas número de mortos ultrapassa os 2.000

O Presidente da China defendeu esta quarta-feira que as medidas aplicadas pelas autoridades chinesas para travar a propagação do novo coronavírus, estão a alcançar um "progresso visível", num "momento crucial" da crise que paralisou o …

Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação

Esta segunda-feira, Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação de que foi alvo, por violação das regras de controlo e branqueamento de capitais. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Público, …

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Alegadas agressões a Taarabt valem processos a Marega e Pepe

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …