EUA autorizam uso de drones de pequeno porte para entregas comerciais em larga escala

Drones de pequeno porte vão passar a ter autorização para sobrevoarem à noite nos Estados Unidos, avançou a Administração Federal de Aviação norte-americana. A decisão é um passo importante no uso dos aparelhos para entregas comerciais em grande escala.

De acordo a agência Reuters, a FAA explica que as novas regras para o uso dos drones vão clarificar preocupações com questões de segurança. Neste sentido, vai ser utilizada tecnologia de identificação remota, de forma a permitir a identificação dos aparelhos a partir do solo.

Antes da nova indicação, operações deste género estavam limitadas a ações em que as pessoas estavam diretamente envolvidas nas mesmas.

As regras passam a ter efeito 60 dias após a sua publicação. Os fabricantes vão ter 18 meses para iniciar a produção dos aparelhos com identificação remota e os operadores terão um ano adicional para fornecerem esta mesma identificação remota.

Existem ainda outras regras, mais complexas, que permitem operações à noite e sobre pessoas para drones com tamanhos maiores, em alguns casos.

“As novas regras, com o esclarecimento de preocupações com a segurança, abrem caminho para uma maior integração dos drones no nosso espaço aéreo”, explica o administrador da FAA, Steve Dickons, à Reuters. “Aproximamo-nos do dia em que vamos passar a ver, de forma mais rotineira, operações com drones, como a entrega de encomendas”.

Para operações noturnas, a FAA explica que os drones terão de estar equipados com luzes “anti-colisão”. As regras finais permitem operações sobre carros em movimento, em casos específicos.

A identificação remota é um requisito para todos os drones com um peso de 0.25 kg ou mais. As novas regras eliminam a necessidade de os aparelhos estarem conectados à internet para transmitirem dados quanto à localização. Em vez disso, passam a utilizar radiofrequência para transmitirem a identificação remota.

Uma outra mudança desde 2019, quando as regras foram pela primeira vez propostas, é que os drones pequenos não podem ter partes rotativas expostas, de forma a evitar que atinjam pessoas.

Empresas como a Alphabet’s Wing, da Google, Amazon e Walmart têm mostrado interesse neste tipo de operações nos últimos anos.

Atualmente, os Estados Unidos têm mais de 1,7 milhões de registos de drones e 203 mil pilotos remotos certificados pela FAA.

As regras passam a ter efeito 60 dias após a sua publicação no registo federal, em janeiro de 2021.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Antecipada vacinação de idosos e funcionários de lares por vacinar

Os idosos e funcionários dos lares que estiveram infetados há mais de três meses vão ser vacinados contra a covid-19, antecipando para metade o prazo previsto para receberem a vacina, anunciou a task force da …

Não são só os humanos. As temíveis baleias assassinas também têm amigos íntimos

As baleias assassinas têm uma vida social muito parecida com a dos humanos. A observação de 22 animais durante 10 dias mostrou que estes contam com uma complexa teia de relacionamentos, incluindo amizades íntimas. As baleias …

Estudo revela que a Terra sofreu uma inclinação de 12 graus há 84 milhões de anos

Um novo estudo revelou que, há cerca de 84 milhões de anos, a Terra sofreu uma inclinação de 12 graus, contrariando a teoria de que o eixo de rotação do planeta tem sido estável nos …

Famosa teoria de Stephen Hawking sobre buracos negros confirmada

Usando ondulações no espaço-tempo causadas pela fusão de dois buracos negros distantes, uma equipa de cientistas conseguiu provar uma das teorias mais famosas de Stephen Hawking. A teoria da área do buraco negro, que Stephen Hawking …

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …