EUA desafiam China com bombardeiros B-52 na zona de defesa aérea

Richard Freeland / USAF

Caça-bombardeiro B-62 da Força Aérea dos EUA (foto: Richard Freeland / USAF)

Caça-bombardeiro B-62 da Força Aérea dos EUA (foto: Richard Freeland / USAF)

Em desafio directo à decisão da China de expandir a sua zona de defesa aérea, dois caças-bombardeiros B-52 dos Estados Unidos sobrevoaram um grupo de ilhas disputadas entre o Japão e a China no Mar da China Oriental sem que Pequim tivesse sido informada, revelaram fontes norte-americanas esta terça-feira.

Os aviões partiram da base aérea de Guam, ilha norte-americana no Pacífico, e entraram na nova Zona de Identificação e Defesa Aérea Chinesa por volta das 19h de ontem, no horário de Washington. Os B-52 voaram durante menos de uma hora cruzando o céu do Pacífico, sem encontrar problemas.

Embora os EUA insistam que se tratou de uma missão de treino planeada há muito tempo, sem relação com a nova Zona de Defesa Aérea da China, o voo ocorreu poucos dias depois de o governo chinês ter divulgado um novo mapa da zona e um novo conjunto de regras que a regem.

Com esta expansão, a Zona de Identificação e Defesa Aérea passou a incluir o grupo de ilhas disputado pela China e Japão. As novas regras incluem notificações para as autoridades chinesas sobre planos de voos, sujeitos a medidas militares de emergência.

As ilhas, fonte de tensão crescente entre os governos envolvidos, chamam-se Diaoyu para os chineses e Senkaku para os japoneses.

O especialista da Marinha chinesa Zhang Junshe, citado pela Agência Xinhua, afirmou na altura que as outras nações não têm razões para alarme, pois a nova zona não deve ser considerada uma medida preventiva contra qualquer país vizinho.

O voo dos B-52s fez parte de um exercício militar de nome Coral Lightening, afirmaram fontes norte-americanas. Os caças-bombardeiros não estavam armados e não foram acompanhados por aviões de escolta.

MA / AE – Associated Press/DJN

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …