EUA e China tentam retomar negociações para acabar com guerra comercial

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o seu homólogo chinês, Xi Jinping

Washington e Pequim estão a tentar ativamente retomar as negociações para pôr fim à guerra comercial. A afirmação é Larry Kudlow, o principal assessor económico do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump.

“Se as negociações recomeçarem ativamente, levaremos a China a Washington para uma reunião dos chefes negociadores para continuar as negociações”, disse Larry Kudlow na Fox News, citada pela agência Lusa no domingo.

Segundo Larry Kudlow, são os altos funcionários dos dois países que devem falar ao telefone “durante os próximos 10 dias”.

As declarações do assessor levantam dúvidas sobre a chegada de uma delegação chinesa a Washington durante o mês de setembro, após uma visita a Xangai do representante de Comércio Robert Lighthizer e do secretário de Estado do Tesouro, Steven Mnuchin.

Larry Kudlow realçou, porém, que a conversa telefónica que ocorreu em meados de agosto entre Robert Lighthizer e Steven Mnuchin e os negociadores chineses Liu He e Zhong Shan obteve resultados “muito mais positivos do que aqueles que os media noticiaram”.

As negociações entre a China e os EUA começaram em janeiro mas, em maio, o Presidente norte-americano terminou abruptamente as negociações, acusando Pequim de recuar em compromissos feitos anteriormente.

Donald Trump anunciara a imposição de taxas alfandegárias suplementares de 10% sobre um total de 300 mil milhões de dólares (270 mil milhões de euros) de importações da China (incluindo telemóveis, computadores portáteis ou consolas para jogos), a partir de 01 de setembro. Mas, depois decidiu adiar até 15 de dezembro a imposição dessas taxas.

Segundo relatou a CNN, citada pela Rádio Observador, para impedir que Donald Trump avançasse com tarifas sobre alguns produtos chineses, os conselheiros para o Comércio Externo apelaram ao espírito natalício do Presidente.

A equipa do presidente fez o aviso durante uma reunião na semana passada: as taxas adicionais poderiam “arruinar o Natal”, contaram fontes próximas do processo. O alerta veio na sequência da pressão que as grandes cadeias de distribuição estão a fazer para impedir uma medida que pode, muito provavelmente, provocar o aumento do preço de produtos de consumo bastante populares.

De acordo com a CNN, Donald Trump e os seus conselheiros estão ativamente a tentar evitar que as “ansiedades económicas” cheguem aos norte-americanos antes das próximas eleições presidenciais.

Por outro lado, no domingo, Donald Trump voltou a deixar um aviso à China sobre a sua ação em Hong Kong, afirmando que uma repressão dos protestos em Hong Kong semelhante ao massacre na praça de Tiananmen, em 1989, poderia prejudicar as negociações sobre um acordo comercial.

“Acho que seria muito difícil chegar a um acordo se houver violência, (…) se for outra Praça Tiananmen”, afirmou aos jornalistas, em Nova Jersey. “Acho que seria muito difícil se houvesse violência”, reforçou.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …