Nos EUA, cerveja e refrigerantes podem perder o gás devido à pandemia

Os fabricantes destas bebidas precisam de dióxido de carbono para obter o gás dos seus produtos, mas a quebra na procura por gasolina está a interferir com esta situação.

A pandemia de covid-19 poderá trazer um quatro particularmente sombrio para todos aqueles norte-americanos que, sobretudo nestes tempo de confinamento, não passam sem uma boa cerveja ou um refrigerante.

De acordo com a agência Reuters, os fabricantes destas bebidas dependem do dióxido de carbono para obter o gás nos seus produtos. E, por sua vez, os produtores de etanol são um importante fornecedor de CO2 para esta indústria, pois capturam esse gás como subproduto da sua produção e vendem-no em grandes quantidades.

No entanto, o etanol, ligado à indústria da gasolina nos Estados Unidos, viu a sua produção cair drasticamente devido à queda na procura por gasolina (mais de 30%) como resultado da pandemia de covid-19.

E, por isso, os fornecedores de CO2 que trabalham com produtores de cerveja já aumentaram os preços em cerca de 25% devido à oferta reduzida, disse à Reuters Bob Pease, diretor executivo da Brewers Association.

A agência adianta que os produtores de carne também estão a ressentir-se com esta situação, uma vez que precisam do dióxido de carbono para o processamento, embalamento, preservação e envio dos seus produtos.

ZAP //

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Podiam aproveitar e proibir de vez esta droga legalizada.
    É a droga q mais mata no mundo e a hipocrisia humana a mantém liberada.
    Se vc juntar todas as mortes casada por todas as drogas do mundo não dá nem metade das mortes causada pelo álcool. Este sim é a pior droga do mundo.

    • Correção: A pior droga do mundo não é o álcool, mas sim o tabaco. É a droga que mata mais gente no mundo inteiro. O álcool é a segunda.

      Quanto a proibí-lo Isso já foi tentado. O resultado foi desastroso. Já ouviste falar da lei seca?

      O único remédio: Aprendam a controlar-se. Os que não conseguem, tratem-se.

    • O que mais mata no mundo é o sal escondido nos alimentos e todos o ingerem sem perceber. Já consumo de álcool é voluntário.

    • Cerveja é e sempre foi um alimento importante na evolução humana. Voce tem geladeira em casa pq existiu cerveja. Você toma vacinas, pq existiu cerveja, a história de desenvolveu nos 4 cantos do mundo pq existiu cerveja. A Cerveja foi fonte de alimento e nutriente durante séculos na Europa, permitindo a hidratação sem o risco de contrair cólera. Ela continua sendo importante, o que muda é a consciência humana que cada dia é mais fraca. Cerveja não é Droga, Cerveja é Alimento! E Cerveja não mata ninguém! Quem mata é o ser humano estúpido.

  2. Então, pelo menos no caso da cerveja a produção sob pressão que acelera o processo de fermentação evitando off flavors pode ser calibrada para realizar o processo de carbonatação sem a necessidade da carbonatação forçada, outra coisa no momento de fermentação de uma cerveja o produção de CO2 é estupidamente superior a necessidade na cerveja e o mesmo processo usado na indústria do etanol pode ser adaptado na indústria cervejeira para a captação desse CO2 em excesso para compartilhar com a indústria de refrigerante

  3. Vc pirou? Se nao bebe problema.teu…deixa as pessoas ter a sua liberdade de escolha ….bebidas alcookicas existem desde que o mundo e mundo……

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …