Há 60 anos, um B-47 deixou cair uma bomba nuclear em Mars Bluff

National Nuclear Security Administration / Nevada Site Office

Boeing B-47 Stratojet

O Boeing B-47 Stratojet era o principal bombardeiro estratégico nuclear da Força Aérea dos EUA

Completaram-se este domingo 60 anos desde o incidente ocorrido na povoação norte-americana de Mars Bluff, na Carolina do Norte, quando um bombardeiro da Força Aérea dos Estados Unidos deixou cair acidentalmente uma bomba atómica numa zona residencial.

A 11 de março de 1958, recorda a WBTW, um bombardeiro Boeing B-47 Stratojet voava de um aeródromo militar no estado da Geórgia até ao Reino Unido e seguia depois para o norte de África. A aeronave transportava várias armas nucleares, preparadas para o caso de se iniciar uma guerra com a URSS, incluindo uma bomba atómica Mark 6.

Durante o voo, o capitão Earl Koehler viu uma luz de aviso na cabine que indicava problemas com o pino de bloqueio do arnês que segurava a bomba.

Quando o copiloto, Bruce Kulka, desceu ao depósito de armas para verificar a causa do alerta, tirou por engano o pino de desbloqueio de emergência.

A bomba Mark 6 caiu, e as portas do depósito abriram-se com o peso. A arma caiu para o solo, de uma altura de 4600 metros, diretamente sobre um bairro residencial da povoação de Mars Bluff, na Carolina do Norte.

Felizmente, a bomba não levava o núcleo cindível nuclear – que estava guardado no avião à parte da Mark 6 – o que salvou a povoação de uma catástrofe maior. Mesmo assim, a bomba continha a carga explosiva convencional, que explodiu logo após ter caído.

U.S. Government / WIkimedia

Bomba nuclear Mark 6

Uma bomba nuclear MK6 semelhante à que caiu em Mars Bluff

A explosão destruiu parte da propriedade de Walter Gregg Sr, feriu seis membros da família, incluindo crianças, e danificou vários edifícios próximos. Além disso, a bomba deixou uma cratera de 21 metros de largura e 11 metros de profundidade, que permanece visível até hoje.

Walter Gregg Júnior tinha 7 anos quando a bomba caiu no quintal da casa de família, e lembra-se bem do incidente. “O meu pai e eu estávamos na garagem, era um dia normal, íamos comer cachorros quentes. De repente passou um avião, e parecia que o avião estava a cair, mas afinal era a bomba“.

Incrivelmente, toda a família sobreviveu.

“O meu pai lançou-se por cima de mim para me proteger da explosão. Eu, os meus pais, as minhas duas irmãs e uma prima minha, acabámos todos por ficar com ferimentos. E ficámos cobertos de lama e destroços. Não foi nada de mais, mas se pensarmos no que podia ter acontecido naquele dia…”, recorda Walter.

Depois do incidente, a família Gregg processou a Força Aérea dos Estados Unidos, recebendo uma indemnização equivalente hoje a 458 mil dólares (mais de 370 mil euros).

(dr) Columbia Star

Incidente de Mars Bluff

A bomba Mark6 caiu na propriedade de Walter Gregg Sr. Incrivelmente, toda a família sobreviveu

A Força Aérea, por sua vez, decidiu mudar a configuração das bombas e alterou a cavilha de segurança das aeronaves – para ter a certeza de que no futuro, quando uma bomba é lançada sobre uma povoação, é porque alguém quer mesmo destrui-la.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. * Arnês com acento circunflexo e não com acento agudo:
    ar·nês; “conjunto de fitas resistentes unidas entre si”
    in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-03-14 13:31:52]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/arnês

    ** Mars Bluff é na Carolina do Sul e não na Carolina do Norte como erradamente consta no quarto parágrafo do corpo do conteúdo

RESPONDER

Tony transformou autocarro em Arca de Noé para salvar animais do Florence

Enquanto muitos americanos fugiam do furacão Florence, um camionista de 51 anos fazia o percurso inverso com uma missão em mente. Dentro de um autocarro, Alsup transportou mais de 60 animais da costa da Carolina …

Mais de 500 rinocerontes mortos na África do Sul este ano

A caça furtiva na África do Sul causou a morte a 508 rinocerontes, entre janeiro e agosto deste ano, o que significa um decréscimo no número de espécimes caçados, em relação a 2017, anunciou o …

Número de mortos em naufrágio na Tanzânia sobe para 170

O número de pessoas que morreram no naufrágio de um navio de passageiros no lago Vitória, na Tanzânia, subiu para 170, de acordo com os meios de comunicação locais. As operações de resgate recomeçaram na manhã …

Há um satélite-pescador no espaço

O Satélite britânico RemoveDebris está a navegar no espaço desde junho e lançou com sucesso uma rede em órbita com o objetivo de capturar material que anda à deriva em redor da Terra. O satélite-pescador britânico …

Governo cumpriu “rigorosamente” acordo com setor do táxi

O Ministro Ambiente, João Matos Fernandes, disse este sábado que o governo cumpriu “rigorosamente” o acordo que assinou com a duas associações que representam os taxistas para a modernização do setor. "Não é verdade que se …

Juízes defendem acórdão que desvaloriza violação de mulher inconsciente

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses sai em defesa dos dois magistrados, um dos quais o presidente da entidade, que assinaram o acórdão que desvaloriza a gravidade da violação de uma mulher inconsciente, numa discoteca, …

Salas para maiores de 18 anos levam à demissão do director de Serralves

O director artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, demitiu-se do cargo depois de a administração ter limitado a maiores de 18 anos uma parte da exposição dedicada ao fotógrafo norte-americano Robert …

Isabel do Santos desmente ação contra João Lourenço mas processo deu entrada no Supremo

Isabel do Santos, filha do antigo Presidente da Angola, desmente ter entrado com uma ação contra o atual Presidente João Lourenço. No entanto, o processo cível contra o Estado deu entrada no Supremo. De acordo …

Arqueólogos fazem "descoberta do Século" no Tejo (e tem pimenta)

Uma equipa de arqueólogos da Câmara Municipal de Cascais, do Projeto Municipal da Carta Arqueológica Subaquática do Litoral, descobriu uma nau que terá naufragado entre 1575 e 1625, e que é considerada a “descoberta do …

ADSE adia implementação de novas regras para tentar acordo com privados

Os hospitais privados e ADSE continuam com o braço de ferro, mas, por agora, os privados não vão deixar de operar beneficiários da ADSE. O boicote anunciado esta manhã foi adiado. Esta manhã, o o semanário …