Está cientificamente provado: a crise dos 40 anos existe mesmo

DreamWorks Pictures

Kevin Spacey em “American Beauty” (1999)

Um estudo comprovou que a crise dos 40 anos existe. A satisfação de uma pessoa com a própria vida começa a diminuir com o início da idade adulta, chegando a ser ainda mais baixa entre os 40 e 42 anos. Depois disso, o nível de felicidade começa a aumentar novamente até os 70 anos.

Realizada pela Universidade de Warwick, na Inglaterra, a pesquisa é a primeira a monitorizar o bem-estar e a felicidade de milhares de pessoas em diferentes países ao longo da vida.

Os investigadores acompanharam a rotina de 50 mil adultos que viviam na Austrália, Inglaterra e Alemanha. Durante esse período, os participantes responderam a questionários sobre o grau de satisfação que tinham com a própria vida em diferentes fases.

Os resultados, que serão publicados no próximo número do Economic Journal, mostraram que o nível de felicidade e bem-estar de um indivíduo segue uma curva com o formato da letra U.

Ou seja, o grau de contentamento começa alto e, com a chegada da vida adulta, diminui progressivamente, até atingir a sua pior fase a partir dos 40 anos, voltando depois a a subir a partir dos 42 anos até à chegada aos 70 anos.

Segundo os investigadores, fatores externos como a quantidade de filhos e a cultura na qual estavam inseridos não alteraram os resultados.

Para o psicoterapeuta Phillip Hodson, estas descobertas corroboram com a observação de que a meia-idade pode ser um período extremamente agitado na vida de uma pessoa.

“A infância e a velhice podem ser consideradas, até certo ponto, momentos protegidos da vida. Na maioria dos casos, as pessoas têm menos responsabilidades.

Assim, os fardos recaem nas pessoas de meia-idade”, explica o psicoterapeuta ao jornal The Guardian.Elas estão a tratar dos filhos, dos pais e de si mesmas“.

Move

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Não dei por nada mas enfim. Não digo que não possa haver alguma tendência estatística para isso.

    De qualquer forma o que para mim ressalta neste artigo, é a forma abuysiva como se usa o termo “científicamente provado”. Isto é uma mera estatística (o que por si só não encerra o método científico) e ainda por cima com uma amostragem muito mal feita, com base em três dos países com maior desenvolvimento e abundância do mundo industrializado.

    Uma visão da realidade que além de ser muito parcial, não explica porque é que as coisas são nem demonstra nada científicamente. Defendendo-se disso, os autores dizem que “fatores externos como a quantidade de filhos e a cultura na qual estavam inseridos não alteraram os resultados.” – Dizem eles porque não quiseram fazer o estudo noutros meios, e a gente aceita como certo… Certo? Errado!

RESPONDER

Os smartphones avariam mal acaba a garantia? Portugal e a UE estão a lutar contra a obsolescência programada

As empresas criam os telemóveis para avariarem pouco depois de acabar a garantia - mas a União Europeia e várias associações estão a lutar contra o desperdício e a tentar proteger os direitos do consumidor. É …

Lava do vulcão de La Palma está a escorrer em direção ao mar aumentando o risco de gases tóxicos

O vulcão Cumbre Vieja na ilha de La Palma, nas Canárias, que entrou em erupção no domingo, tem uma nova boca eruptiva, o que obrigou a evacuar mais habitações, informaram as autoridades. De acordo como Plano …

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …

Sevilha rescinde com jogador por má forma física

O Sevilha anunciou a rescisão de contrato com o defesa-central Joris Gnagnon por falta de profissionalismo relativamente à sua forma física. De acordo com o jornal A Bola, o Sevilha rescindiu contrato com o defesa-central francês …

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …