Carros elétricos são melhores para o clima em quase todo o mundo

Os carros elétricos são melhores para o clima em 95% do mundo e os medos de que possam aumentar as emissões de dióxido de carbono (CO2) são infundados, indica um estudo divulgado na segunda-feira.

A suposta menor pegada carbónica dos veículos elétricos é muitas vezes questionada por causa das emissões de CO2 relacionadas com a construção dos veículos e a geração de eletricidade para os abastecer.

No entanto, o estudo das universidades de Exeter e Cambridge (Reino Unido) e Nijmegen (Holanda) concluiu que os carros elétricos levam a menores emissões de CO2, mesmo se a produção de eletricidade ainda envolve grandes quantidades de combustíveis fósseis, noticiou a agência Lusa.

Nas atuais condições, conduzir um carro elétrico é melhor para o clima do que um tradicional em 95% do mundo, segundo o estudo. As exceções são países como a Polónia, onde a produção de energia elétrica ainda está muito assente no carvão.

De acordo com o estudo, as emissões médias da vida útil dos carros elétricos são até 70% mais baixas do que os carros a gasolina em países como a Suécia ou a França, que obtém a maior parte da eletricidade de fontes renováveis e nucleares, e cerca de 30% mais baixas no Reino Unido.

Dentro de poucos anos, dizem os autores do estudo, até carros elétricos ineficientes terão menos emissões do que a maioria dos novos carros a gasolina, já que se espera que a produção de energia seja cada vez mais limpa.

O estudo projeta que em 2050 metade dos carros nas ruas seja elétrico, o que reduziria as emissões globais de CO2 em até 1,5 gigatoneladas por ano, o equivalente ao total de emissões anuais da Rússia.

O estudo analisou ainda os sistemas elétricos de aquecimento das casas e concluiu que produzem emissões mais baixas do que as alternativas que usam combustíveis fósseis em 95% do mundo. Optar por esses sistemas pode reduzir as emissões globais de CO2, em 2050, em até 0,8 gigatoneladas por ano, o mesmo que a Alemanha emite agora por ano.

“A resposta é clara: para reduzir as emissões de dióxido de carbono devemos escolher carros elétricos e sistemas de aquecimento elétricos em vez de alternativas a combustíveis fósseis”, indicou Florian Knobloch, do Departamento de Ciências Ambientais da Universidade de Nijmegen.

Lusa //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Falta aqui a principal componente da poluição dos carros elétricos, a sua fabricação. A produção das baterias é muito poluente e daí que ao fabricar um carro elétrico se libertem gases de efeito de estufa equivalentes ao fabrico de um carro a gasolina e este andar 35 mil quilómetros. Estes eram os números há uns tempos! Claro que se a eletricidade fosse completamente limpa, os carros elétricos batiam os a gasolina antes dos 40 000 km! Mas toda a produção de eletricidade polui (umas mais que as outras) devido à fabricação dos equipamentos, e pode não ser pouco!
    É claro que quanto mais “verde” for a eletricidade, menos poluição criamos, e estou de acordo que o caminho é na direção dos carros elétricos!

RESPONDER

SAD do Leixões avança para lay-off

A SAD do Leixões propôs ao plantel "que nos próximos três meses, abril incluído, pagaria metade do salário em cada mês, valores que seriam repostos ao longo do trimestre que se seguiria". O plantel do Leixões, …

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …

Governo prepara apoios aos media "à medida das televisões"

O Governo está a preparar medidas de apoio aos meios de comunicação social, gravemente afetados pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Contudo, como considerou o administrador da Global Media Group, Afonso Camões, citado pelo Dinheiro Vivo, tudo …

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …