Estudante de 18 anos criou um soutien que detecta o cancro da mama

-

Inspirado na luta da sua mãe contra um cancro da mama, um estudante de 18 anos inventou um soutien capaz de identificar sinais precoces da doença.

A tecnologia, baptizada de EVA Bra, foi desenvolvida pelo mexicano Julian Rios Cantu, de 18 anos, juntamente com mais três parceiros, e utiliza bio-sensores capazes de medirem a temperatura, o peso e a forma dos seios, alertando a utilizadora do soutien sobre possíveis mudanças.

Desenvolvido especialmente para mulheres com predisposição genética para o cancro da mama, o soutien está equipado com 200 bio-sensores que monitorizam a anatomia dos seios.

O equipamento envia os dados obtidos para uma aplicação, Eva Health, que informa e alerta as utilizadoras sobre possíveis alterações relacionadas com os sintomas do cancro.

O interessante é que só é preciso utilizar o soutien por 60 a 90 minutos por semana para obter resultados.

Soutien que detecta sinais de cancro da mama.

Julian Rios Cantu e os seus três parceiros são donos da empresa Higia Technologies que conquistou, em Abril passado, o prémio Global Student Entrepreneur Awards (GSEA), na Alemanha, por esta invenção inovadora.

O soutien ainda está em fase de protótipo, mas, segundo os seus criadores, o prémio de 20 mil dólares vai ajudar a dar continuidade ao desenvolvimento do produto.

“Estamos empenhados em trazer maior qualidade de vida às mulheres através da obtenção de uma profissionalização do método de ‘auto-exploração’, na detecção precoce e eficaz do cancro da mama”, declaram os jovens inventores.

Julian Rios Cantu teve a ideia para esta invenção depois de quase ter perdido a mãe por causa do cancro da mama, quando tinha 13 anos de idade.

Quando a mãe do empreendedor mexicano descobriu os primeiros sinais, disseram-lhe que eram tumores benignos. Contudo, com o tempo descobriu-se que, na verdade, se tratava de um tumor maligno que obrigou à remoção dos dois seios.

O caso inspirou Julian a encontrar um dispositivo que pudesse detectar mais cedo a doença. A invenção tem potencial para salvar milhões de vidas, além de ser esteticamente apelativa.

O cancro da mama é o segundo tipo de cancro que mais mata em todo o mundo, depois do cancro da pele. Segundo a Organização Mundial de Saúde, ocorrem 458 mil mortes por cancro da mama todos os anos.

Os tumores cancerígenos podem deixar a pele com uma temperatura diferente devido ao aumento do fluxo sanguíneo, sendo essa a principal premissa do soutien criado por Julian Rios Cantu, na detecção de possíveis sinais da doença.

No entanto, o aumento do fluxo sanguíneo não significa necessariamente que a portadora esteja a desenvolver cancro. “Ainda não há provas que mostrem se este soutien é uma maneira confiável de detectar tumores, é preciso que esta tecnologia seja plenamente testada”, alerta na BBC Anna Perman, do Instituto de Pesquisa de Cancro do Reino Unido.

A investigadora recomenda que o ideal é que as mulheres conheçam o seu próprio corpo e percebam “o que é normal” e o que pode ser “incomum”, procurando, neste caso, ajuda médica.

Apesar desta abordagem cautelosa da comunidade científica, a expectativa de Julian Rios Cantu e dos seus parceiros de negócio é que o soutien inovador comece a ser vendido já em 2018.

ZAP // Move

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …

Conselho Europeu. Vacinas distribuídas de forma justa e fronteiras não vão fechar

O presidente do Conselho Europeu garantiu, esta quinta-feira, no final de uma videoconferência entre os líderes da União Europeia, que os 27 estão "unidos" para enfrentar a "luta difícil" contra a segunda vaga da covid-19. "A …

Teletrabalho sim, confinamento não. O que vai sair do Conselho de Ministros de sábado

O Conselho de Ministro reúne no próximo sábado para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus e em cima da mesa está o regresso ao teletrabalho e medidas de restrição à circulação. A …

Conselho de Disciplina instaura dois processos disciplinares a Varandas

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou, esta quinta-feira, dois processos disciplinares ao presidente do Sporting, na sequência das declarações proferidas sobre o seu homólogo do FC Porto e das …

Há infetados que escondem a doença com medo de perder o salário

O médico António Pais Lacerda, diretor do serviço de Medicina Interna II do Hospital Santa Maria, em Lisboa, alerta que o medo de perder salário ou emprego leva pessoas infetadas com o novo coronavírus …

Tottenham perde frente ao Antuérpia. Mourinho "rasga" equipa: "Queria fazer 11 substituições ao intervalo"

O Tottenham perdeu esta quinta-feira frente ao Antuérpia, na segunda jornada da Liga Europa de futebol, levando o treinador português José Mourinho a criticar a sua equipa. "Queria fazer 11 substituições ao intervalo", admitiu. No …