Estrelas da televisão alemã recolhem mais de 355 mil euros a favor de Carola Rackete

Várias estrelas de televisão alemãs angariaram mais de 355 mil euros a favor da ONG de Carola Rackete, capitã do navio Sea Watch detida pelas autoridades italianas após forçar a entrada em Lampedusa para desembarcar migrantes.

O comendiante Jan Boehmermann e o apresentador Klaas Heufer-Umlauf lançaram um apelo de ajuda à equipa da ONG, expressando a sua indignação face à detenção de Carola Rackete e tinham reunido até este domingo ao meio-dia mais de 355 mil euros.

“Estamos convencidos de que uma pessoa que salva vidas não é um criminoso”, declarou Boehmermann, num vídeo divulgado no YouTube.

Contrariando o bloqueio das forças navais italianas, a jovem alemã forçou na sexta-feira à noite a entrada no porto siciliano de Lampedusa para desembarcar 42 migrantes “exaustos” e agora poderá enfrentar uma pena de até dez anos de prisão.

Acusada de tentar uma manobra perigosa, a alemã de 31 anos garantiu que nunca pensou na sua ação como “um ato de violência, mas apenas de desobediência”.

Em entrevista ao Corriere della Sera, Rackete explicou que, naquele momento, atracar em Lampedusa pareceu-lhe ser a única solução face à “situação desesperada” que se vivia a bordo.

Com 40 imigrantes resgatados do mar há 17 dias, a capitã do navio da organização humanitária Sea-Watch tinha declarado o estado de emergência a bordo há mais de um dia (36 horas), recordou.

“A situação era desesperante, o meu objetivo era apenas trazer pessoas exaustas e desesperadas para o chão. Estava com medo”, disse, explicando que temia que os imigrantes se atirassem ao mar, o que acabaria por significar a sua morte uma vez que não sabiam nadar.

“Certamente não queria tocar na alfândega, a minha intenção não era colocar ninguém em perigo, eu já me desculpei e peço desculpas novamente”, continuou.

A sua manobra na noite de sexta para sábado para atracar em Lampedusa não causou feridos e o navio conseguiu desembarcar os migrantes que tinha resgatado da costa da Líbia. No entanto, é acusada de ajuda à imigração ilegal e resistência a um navio de guerra.

“Eu não tinha o direito de obedecer, pediram-me para trazê-los de volta para a Líbia, mas do ponto de vista da lei, eles são pessoas que estão a fugir de um país em guerra. A lei proíbe que nós os possamos levar de volta para lá”, acrescentou.

Em declarações ao jornal italiano, reconheceu que cometeu “um erro de apreciação quando o navio se aproximou do cais”, mas sublinhou que em causa está apenas um ato de “desobediência”.

Entretanto, Portugal já se disponibilizou para receber cinco migrantes do grupo que estava a bordo do navio. A decisão de receber as pessoas foi tomada em conjunto por Portugal, França, Alemanha, Luxemburgo e Finlândia “num espírito de solidariedade europeia” e pelo “dever de solidariedade humanitária”, explicou o Governo português.

Itália mantém uma política de portos fechados aos barcos das ONG. Tal como no caso do jovem português Miguel Duarte, tanto a capitã do Sea-Watch 3 como os responsáveis pela ONG arriscam um processo judicial por suspeita de ajuda à imigração ilegal.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

OSIRIS-REx recolheu demasiadas amostras do Bennu (e está a perder parte delas)

A NASA revelou que a sonda OSIRIS-REx conseguiu recolher uma grande amostra de partículas do asteróide Bennu - tanto material que fez com que a tampa do compartimento não fechasse corretamente. Na semana passada, a sonda …

Cientistas captam atmosfera de um extraordinário exoplaneta que não deveria existir

Uma equipa de cientistas da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, captou a atmosfera de um exoplaneta "que não deveria existir" ao analisar dados do telescópio TESS da agência espacial norte-americana (NASA). O planeta em causa …

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …