Há uma estrela a ser bombardeada por cometas (e pode estar a criar o seu próprio Sistema Solar)

Uma chuva de cometas está a cair sobre uma jovem estrela distante, dando aos astrónomos uma nova visão de um processo que moldou o nosso Sistema Solar há milhões de anos.

Quando a Terra era um planeta jovem, detritos de cometas golpearam a sua superfície, transportando material orgânico que pode ter ajudado a que a vida surgisse no nosso mundo rochoso. Nos últimos anos, cientistas identificaram evidências indiretas de um processo semelhante em torno de Eta Corvi, uma estrela do tipo solar a cerca de 59 anos-luz de distância, que é um pouco maior e três vezes mais jovem do que o Sol.

Agora, os oscilações de gás recentemente observadas que se pensa emanarem de cometas que evaporam no calor da estrela estão a fornecer evidências mais fortes tanto para os planetas ocultos como para os impactos cataclísmicos.

Detetados pela Universidade da Califórnia, em Berkeley, pelo astrónomo Barry Welsh e a sua colega Sharon Montgomery, da Clarion University, na Pensilvânia, estes gases podem ter uma conexão profunda, embora indireta, com o nosso próprio lar cósmico.

Quando o nosso Sol tinha a mesma idade que a Eta Corvi tem atualmente, as interações gravitacionais entre os planetas externos do nosso sistema solar varreram as sobras geladas da sua formação para atacar a Terra e os outros planetas rochosos.

Este “pesado bombardeio tardio” pode ter sido crucial para a habitabilidade da Terra e para a nossa própria existência, fornecendo água e compostos orgânicos – e algo semelhante parece estar a ocorrer em torno de Eta Corvi. Welsh chama a estrela de “potencial sistema solar em formação”.

O trabalho de Welsh e Montgomery constitui o melhor caso para um possível bombardeio de cometas em curso em torno de outra estrela. Acredita-se que uma cadeia de planetas gigantes esteja a atirar os cometas e pelo menos um corpo rochoso parece ter sido atingido pelos destroços gelados.

“Temos uma boa imagem dos diferentes fenómenos que estão a acontecer no sistema e, agora, temos uma maneira de conectá-los”, referiu Sebastian Marino, astrónomo da Universidade de Cambridge.

Eta Corvi e o seu disco têm 1,5 milhões de anos. Como o nosso próprio sistema solar, a estrela possui um par de discos de detritos, embora Eta Corvi esteja mais distante.

Os discos interno e externo estão a seis e 165 unidades astronómicas da estrela, respetivamente – onde uma UA é igual à distância entre a Terra e o Sol. Em comparação, o nosso Cinturão de Asteroides fica a cinco UAs do Sol, enquanto o Cinturão de Kuiper – os restos de gelo que sobraram da formação do sistema solar – começa apenas com 40 AUs.

O facto de Eta Corvi brilhar mais do que o próprio Sol faz com que os cintos sejam parecidos com os nossos.

Os cometas não são um fenómeno inesperado em torno de Eta Corvi. Em 2012, uma equipe de astrónomos liderada por Carey Lisse no Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins descobriu material incomum no cinturão interno. Usando o Telescópio Espacial Spitzer da NASA, descobriram que nano-losangos microscópicos, juntamente com poeira rica em água e carbono, estavam misturados ao cinturão interno.

Os investigadores concluíram que o material tinha entrado, provavelmente como um grande cometa, onde a pura força da sua colisão com um planeta rochoso invisível esmagou a rocha rica em carbono em pó de diamante que salpicou o cinturão interno.

Trabalhos posteriores de Marino sugeriram que uma cadeia de planetas de tamanho médio, maior que a Terra, mas menor que Júpiter, poderia lançar o material cometário para o cinturão externo. Os cometas congelados continuam a mover-se de um planeta para o outro até pousarem no cinturão interno, onde a luz do sol derrete as suas camadas externas e cria as suas “caudas” distintivas de poeira e gás.

Welsh e Montgomery usaram um telescópio de 2,1 metros na Universidade do Texas, no Observatório McDonald de Austin, para estudar Eta Corvi em quatro noites. Durante uma das sessões, viram gás quente a sair de um objeto grande ou de um enxame de objetos menores, bloqueando a luz da estrela.

Métodos semelhantes foram usados ​​para identificar cometas em torno de outras estrelas. “O que vemos é equivalente a quando vemos um cometa no Sistema Solar”, rematou Isabel Rebollido, da Universidade Autónoma de Madrid.

PARTILHAR

RESPONDER

Espanha em risco de novas eleições. Sánchez falha acordo para formar Governo

Os planos de Pedro Sánchez para formar governo parecem estar a desmoronar-se. O PSOE ainda não chegou a acordo com o Unidas Podemos e a abstenção do PP e do Ciudadanos parece longe de se …

Boris Johnson vai ser o novo primeiro-ministro britânico

Boris Johnson é o novo líder do Partido Conservador. O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros foi o mais votado as eleições internas. Os resultados foram conhecidos na manhã desta terça-feira, depois de semanas de votações entre …

INEM levou quatro horas a socorrer ferido grave em Vila de Rei

O INEM levou quatro horas a socorrer o ferido mais grave do incêndio de Vila de Rei, em Castelo Branco, que deflagrou este sábado, avança o Jornal de Notícias esta terça-feira na sua edição impressa. …

Publicidade a iogurtes, cereais e chocolates vai ser (quase) extinta

A guerra ao açúcar em Portugal vai provocar uma grande redução na publicidade dirigida a menores de muitos iogurtes, cereais de pequeno almoço e chocolate. Entre os produtos que vão deixar de ser publicitados junto a …

Sindicatos chegam a acordo com Transtejo e Soflusa e equacionam levantar greve

Os sindicatos dos trabalhadores da Transtejo e Soflusa aceitaram, esta segunda-feira, um aumento de 28 euros para todas as categorias, incluindo a dos mestres, comprometendo-se a levantar a greve caso os trabalhadores aprovem a decisão. "A …

Cavaco Silva avisou, mas Sócrates recusou alterar acordo que favorece Berardo

Cavaco Silva alertou José Sócrates para os benefícios que o seu Governo concedeu a Joe Berardo para instalar a sua coleção no Centro Cultural de Belém (CCB), mas o ex-primeiro-ministro recusou alterar o acordo que …

PS deixa cair lei. Subvenções vitalícias continuam em segredo

Quando a lista das subvenções mensais vitalícias foi suspensa, em agosto de 2018, o PS anunciou que aprovaria uma proposta que garantisse a sua publicação. Onze meses depois, concluiu que não é necessária. A Caixa Geral …

Morreu David Hedison, o agente da CIA aliado de James Bond

David Hedison, o ator norte-americano que participou em dois filmes da saga de James Bond, morreu esta segunda-feira em Los Angeles, nos Estados Unidos, aos 92 anos. A informação foi avançada na página oficial do Twitter …

Ninhos descobertos na Mongólia mostram que os dinossauros protegiam os seus ovos

Ninhos de dinossauro descobertos no Deserto de Gobi, na Mongólia, mostram que estes animais pré-históricos faziam ninhos em grupo e, tal como os pássaros, protegiam os seus ovos. De acordo com a revista Nature, uma equipa …

Banco de Portugal gasta meio milhão em mudanças (sem sequer se ter mudado)

O Banco de Portugal tem estado em mudanças. Além das institucionais, com o fim do segundo mandato de Carlos Costa no próximo ano, há também mudanças físicas: haverá um novo edifício para a concentração dos …