Estátua com 4.300 anos de faraó egípcio comprova passagem bíblica

dankit / Flickr

O faraó Amenhotep III herdou aos 12 anos um império que se estendia do rio Eufrates até ao Sudão

A escultura de pedra foi encontrada em Israel. Os arqueólogos asseguram que corresponde a um feito histórico descrito no livro bíblico de Josué.

Arqueólogos determinaram que uma estátua de 4300 anos de um faraó egípcio comprova a autenticidade de uma passagem bíblica. A escultura encontrada em Jasor, a norte de Israel e reconstruída em 1995, é prova da revolta dos judeus contra Jabín, rei de Canaã – zona que corresponde à atual Faixa de Gaza.

Dimitri Laboury, da fundação Nacional de Investigação Científica da Bélgica, assinala o sítio arqueológico como o lugar de onde se levaram a cabo os feitos descritos na passagem Josué 11:10-11, onde é descrita a destruição da cidade de Jasor, pelas mãos das tropas israelitas lideradas pelo rei Josué.

Gaby Laron / Hebrew University / Selz Foundation Hazor Excavations in memory of Yigael Yadin

Estátua de cabeça de faraó encontrada comprova passagem bíblica

O especialista em história e arqueologia do Antigo Egito, indica que a estátua foi destruída há cerca de 3300 anos, aproximadamente a mesma altura em que teriam ocorrido tais passagens bíblicas.

“As rachas indicam que o nariz se partiu e a cabeça se separou do resto da escultura antes de ser destruída”, indicou Laboury, coautor do recente estudo arqueológico sobre a cabeça encontrada de um faraó egípcio por identificar.

“Curiosamente, nenhuma outra parte da estátua original foi encontrada em nenhum sítio”, conta ao Live Science.

Os restos foram encontrados no mesmo complexo arqueológco onde foram achadas outras estátuas egípcias, incluindo uma encontrada em 2013 que tinha as garras de uma esfinge.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma prova de que tudo o que consta na Bíblia é historicamente verdade!
    Um reparo: é pena terem partilhado o post de alguém que refere Josué como sendo rei, quando ele foi juiz… e isso não é verdade! 😉

  2. Uma passagem pode ser verdadeira, então é prova de que TUDO é verdade? É este tipo de “não-raciocínio” que vai conduzir a humanidade ao extinção. Há muita coisa na Odisseia que é factualmente comprovável, agora ninguém passa disso para achar que o Ulisses, a Penélope, a Medusa e etc. existiram de facto.

  3. Caro Komissar, o facto de não lermos as coisas todas até ao fim é que nos leva a “não-raciocínios”!!!

    Mas não querendo parecer pretensioso, ao querer colocar-me no patamar de ser racional, vou tentar elucidá-lo com a minha “linha de raciocínio”:

    1. Escrevi “mais uma prova” e não “a prova” que torna tudo verdade;
    2. Deduzo pelo seu comentário que já leu a Odisseia. E quantas leu a Bíblia toda, mas de forma a entender o que leu, para falar com tanta convicção?
    3. Tem consultado meios de informação especializados que têm publicado cada vez mais provas históricas, geográficas e arqueológicas que provam que personagens e factos bíblicos, que se criam mitos ou fantasiosos até há bastante pouco tempo, afinal existiram/ocorreram?
    4. O que as pessoas pensam saber sobre Deus e as tradições/filosofias humanas é que as poderá levar à extinção, não o que Ele realmente é e requer de nós!
    5. A carta aos Romanos 12:1 diz-nos que devemos usar a nossa faculdade de raciocínio para não crermos de forma ingénua. Essa a diferença entre fé e fezada! 😉

    Cumprimentos!

  4. Acho que não acreditadar no digamos passado deve ver in loco em um tour pelo Egito e Israel e trilhar lá os caminhos que narra a Bíblia, há varias agenjcias de turismo especializada nesse turismo, na volta vc me fala se acredita ou , não acredida, a não ser que vc seja um cientista, aí lavo minhas mãos .

Desagravou-se a seca no país, mas Algarve mantém seca extrema

24,5% do continente estava em seca fraca, 23,8% em chuva fraca, 23,3% em seca moderada e 10,9% em seca severa. Sotavento algarvio manteve-se em situação de seca extrema. Portugal continental registou em novembro um desagravamento da …

Procurador do MP investigado por ajudar traficante a fugir da prisão

Carlos Figueira, procurador do Ministério Público de Lisboa, está a ser investigado pela Polícia Judiciária por corrupção. O magistrado é suspeito de ter ajudado um traficante a fugir da prisão. Um procurador do Tribunal de Execução …

Refugiados em greve de fome por falta de condições em campo bósnio

Centenas de refugiados de um campo improvisado em Vucjak, na Bósnia, estão em greve de fome pelo segundo dia consecutivo para protestar contra a situação degradante em que se encontram. Os refugiados no campo improvisado …

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …