Estado quer emitir até 13 mil milhões de euros de dívida

O Estado deverá emitir entre 11 a 13 mil milhões de euros em dívida de médio e longo prazo, e planeia emitir entre 2.000 e 2.500 milhões de euros em dívida de curto prazo em Fevereiro e Março.

De acordo com o programa de financiamento hoje divulgado pela Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública – IGCP, as necessidades de financiamento líquidas do Estado rondam os 11,8 mil milhões de euros este ano.

Este financiamento será conseguido, para além da ajuda financeira da ‘troika’, através da emissão de entre 11 e 13 mil milhões de euros de dívida a médio longo prazo, com leilões ou mais operações sindicadas de obrigações do tesouro, cujo calendário ainda não é divulgado.

O Estado vai ainda recorrer a emissões de Bilhetes do Tesouro (legalmente com prazos entre os 3 e os 18 meses), mas estas deverão ter um impacto nulo, ou seja, deverão servir apenas para refinanciar dívida de curto prazo já emitida.

O calendário de leilões hoje divulgado comporta apenas os três primeiros leilões que deverão ocorrer no primeiro trimestre do ano.

O primeiro foi realizado já hoje, com Portugal a colocar o montante máximo a que se propunha (1,25 mil milhões de euros) e a pagar cerca de metade dos juros (menos de metade na dívida a três meses e pouco mais de metade na dívida a 12 meses).

Estão marcados já dois leilões, um deles para 19 de Fevereiro e o outro para 19 de março. Estes dois leilões têm o mesmo montante indicativo que a operação de hoje, entre os 1.000 e os 1.250 milhões de euros cada um, e serão realizados através da reabertura de linhas com maturidade a 3 meses e do lançamento de novas linhas a 12 meses.

Portugal já realizou na semana passada uma operação sindicada para colocar dívida a cinco anos no mercado, conseguindo arrecadar 3,25 mil milhões de euros e pagando uma taxa de juro de 4,657%.

A procura por esta dívida foi de cerca de 11,2 mil milhões de euros para os 3,25 mil milhões de euros colocados, mais de 3 vezes a oferta, sendo a dívida comprada na sua grande maioria por investidores estrangeiros.

A dívida foi colocada na linha de Obrigações do Tesouro que vence em Junho de 2019.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Costa diz que estado de emergência “não está em cima da mesa” (e adia discussão sobre app obrigatória)

O primeiro-ministro António Costa, em entrevista à TVI esta segunda-feira, falou sobre a obrigatoriedade do uso de máscara e da app Stayway Covid, da possibilidade de o país voltar ao estado de emergência e do …

Nove meses depois de ter chegado ao United, Bruno Fernandes vai ser capitão

O futebolista internacional português Bruno Fernandes foi escolhido pelo treinador do Manchester United para usar a braçadeira de capitão no encontro da primeira jornada da Liga dos Campeões. O antigo jogador do Sporting, que deixou os …

Preocupada com casos na Europa e América do Norte, OMS insiste na quebra de cadeias de transmissão

Os responsáveis máximos da Organização Mundial da Saúde (OMS) insistiram esta segunda-feira na importância de os governos quebrarem as cadeias de transmissão da covid-19 e afirmaram-se preocupados com o aumento de casos na Europa e …

Aquecer resíduos plásticos com microondas pode gerar hidrogénio limpo

Uma equipa de cientistas conseguiu gerar hidrogénio limpo através de um processo simples, aquecendo resíduos plásticos com microondas. O crescente uso de plástico descartável gerou um sério problema ambiental, sendo que, todos os anos, são produzidas …

Erupções vulcânicas podem explicar os misteriosos cristais da Dinamarca

Algumas das maiores espécies de cristais raros de carbonato de cálcio do mundo, também conhecidos como glendonitas, são encontrados na Dinamarca e isso pode ser explicado pelas erupções vulcânicas. Os cristais foram formados há cerca de …

O antigo campo magnético da Lua pode ter servido de "escudo" para atmosfera da Terra

Há 4 mil milhões de anos, a Lua pode ter protegido a atmosfera Terra, através do seu já extinto campo magnético, do Sol, sugere uma nova investigação, levada a cabo por um especialista da agência …

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …