Estado angolano vai privatizar 195 empresas até 2022

José Sena Goulão / Lusa

O presidente de Angola, João Lourenço

O capital de 195 empresas detidas ou participadas pelo Estado angolano, incluindo a companhia aérea TAAG ou a petrolífera Sonangol, será alienado até 2022, no âmbito do Programa de Privatizações para “reestruturar e redimensionar o setor empresarial público” em Angola.

Segundo um decreto presidencial de 05 de agosto a que a agência Lusa teve acesso na segunda-feira, 175 destas empresas serão alienadas através do sistema de concurso público, 11 por leilão em bolsa e nove através de oferta pública inicial.

Até ao final deste ano está previsto o lançamento de concursos para as participações em 80 instituições, assim como de uma oferta pública inicial.

Para 2020, 81 empresas deverão ser alienadas por concurso público, seis por leilão em bolsa e três por oferta pública inicial. No ano seguinte, 2021, serão privatizadas mais 12 empresas, com as restantes quatro a saírem da carteira do Estado angolano em 2022.

Entre as empresas presentes neste processo encontram-se a petrolífera Sonangol, a companhia aérea TAAG, a empresa nacional de exploração e comercialização de diamantes Endiama, os bancos de Comércio e Indústria (BCI), Caixa Geral de Angola e Económico e ainda as empresas financeiras Ensa Seguros e a Bolsa da Dívida e Valores de Angola.

Também as unidades agroindustriais Aldeia Nova e Biocom, as têxteis Textang II, SATEC e África Têxtil, as cimenteiras Nova Cimangola e Secil do Lobito serão privatizadas, tal como as cervejeiras Cuca, Eka e Ngola e a construtora Mota-Engil Angola.

(dr) Academia Sonangol

Plataforma petrolífera da Sonangol

No setor das telecomunicações está prevista a passagem para o capital privado das empresas Unitel, da MS Telecom, Net One, Multitel, Angola Telecom, TV Cabo Angola, Angola Cables, Empresa Nacional de Correios e Telégrafos de Angola, Angola Comunicações e Sistemas e Empresa de Listas Telefónicas de Angola.

Listadas para a privatização estão ainda a companhia aérea da Sonangol (Sonair), a Sociedade de Gestão de Aeroportos e a Sonangalp, uma distribuidora de combustíveis, detida em 51 por cento pela petrolífera estatal angolana.

O Programa de Privatizações está alinhado com o Programa de Desenvolvimento Nacional 2018-2022 e enquadra-se na Reforma das Finanças Públicas do Executivo do Presidente angolano, João Lourenço.

Esta reforma tem em vista “a promoção da estabilidade macroeconómica, o aumento da produtividade da economia nacional e o alcance de uma distribuição mais equitativa do rendimento nacional”, refere o decreto assinado por João Lourenço.

“Nesta perspetiva, a redução da participação do Estado na economia como produtor direto de bens e serviços e a promoção de condições favoráveis à iniciativa privada, ao investimento estrangeiro e a aquisição de ‘know-how’ e competências específicas devem ser as linhas condutoras da reestruturação e redimensionamento do setor empresarial público”, consta ainda no documento datado de 05 de agosto.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Polícias saem à rua para reivindicar promessas do Governo. Chega e mais seis partidos vão ao protesto

Elementos das forças de segurança (PSP e GNR) manifestam-se esta quinta-feira, em Lisboa, para pressionarem o novo Governo a cumprir as reivindicações da classe e as promessas do anterior Executivo. Sob o lema “tolerância zero”, a …

Homens ficam mais stressados quando esposas ganham quase tanto como eles

https://vimeo.com/374392301 Um novo estudo sugere que o homem fica mais stressado quando a mulher ganha mais do que 40% do rendimento do casal. Em sentido contrário, ficam menos ansiosos quando a esposa ganha menos do que …

Estratégia Nacional para Sem-Abrigo prevê que ninguém fique na rua mais de 24 horas

A atual Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo está assente num modelo de intervenção em que ninguém fique na rua por mais de 24 horas e um conhecimento permanente do …

Protesto nacional de quinta-feira na Colômbia leva governo a encerrar fronteiras

A Colômbia é esta quinta-feira palco de um protesto nacional convocado por sindicatos e movimentos sociais, que levou as autoridades a adotarem várias medidas preventivas, designadamente o encerramento das fronteiras. O objetivo do Governo é assegurar …

Na Austrália, há cobras que saltam (e os cientistas querem saber porquê)

Cientistas da Virgínia, no Estados Unidos, descobriram na Austrália uma espécie de cobra comum das árvores que é capaz de saltar entre galhos e folhas. Tratam-de das cobras de árvores australianas da espécie Dendrelaphis, espécimes …

Entomólogo diz que há "abelhas" em Marte (e tem provas)

Enquanto os cientistas tentam encontrar vida em Marte com experiências no terreno, como a sonda Curiosity, o entomólogo William Romoser, professor emérito na Universidade do Ohio, nos Estados Unidos, afirma que já temos provas da …

Luas de Neptuno dançam de forma única e perpétua

De acordo com uma investigação publicada recentemente, mesmo para os padrões selvagens do Sistema Solar exterior, as órbitas estranhas das duas luas mais interiores de Neptuno não têm rival. Especialistas em dinâmica orbital estão a chamar …

O Senhor dos Anéis. Série já tem segunda temporada garantida (e a primeira ainda nem estreou)

A primeira temporada da série de O Senhor dos Anéis, produzida pela Amazon Prime, ainda nem estreou e a sua segunda temporada já está confirmada. A declaração foi feita por Jennifer Salke, da Amazon Studios, ao …

John Legend atua em julho no festival EDP Cool Jazz

O músico norte-americano, responsável por temas como "All of me" e "Ordinary People", regressa a Portugal, em julho, para um concerto no festival EDP Cool Jazz, em Cascais. John Legend atua a 3 de julho no …

Cruzeiro de luxo que rumava à Antártida está retido há quase 20 dias devido a uma dívida milionária

Um cruzeiro de luxo que rumava à Antártida está retido há quase 20 dias em Buenos Aires, na Argentina, devido a uma dívida milionária.  Trata-se do cruzeiro turísitico RCGS Resolute que pertence à empresa do Canadá …