Está provado: os humanos são realmente feitos de pó de estrelas

Z. Levay and R. van der Marel, STScI; T. Hallas; and A. Mellinger / NASA, ESA

-

Uma análise realizada a 150 mil estrelas mostra que os seres humanos e a nossa galáxia têm cerca de 97% do mesmo tipo de átomos.

Além disso, foi observado que os elementos da vida parecem existir em maior quantidade no centro da galáxia. Esses elementos são abreviados como CHONPS: carbono, hidrogénio, oxigénio, nitrogénio, fósforo e enxofre.

Pela primeira vez, os astrónomos conseguiram catalogar a abundância desses elementos numa enorme amostra estelar, utilizando um método chamado espectroscopia.

Cada um desses elementos emite ondas de luz com comprimentos diferentes, e os cientistas mediram as amostras de escuridão e brilho em cada espectro de luz para determinar a composição de cada estrela.

Os especialistas usaram medidores estelares do Sloan Digital Sky Survey, do observatório APOGEE, no Novo México. Como a técnica usa infravermelhos, a poeira da Via Láctea não atrapalhou a medição.

Apesar de os humanos apresentarem os mesmo elementos que as estrelas, as proporções são bastante diferentes. Por exemplo, um ser humano é formado por 65% de oxigénio, que representa apenas 1% de todos os elementos medidos no espaço.

A localização das estrelas também influencia essa composição – as estrelas na nossa região do espaço têm menos elementos necessários para a vida, como oxigénio, quando comparadas com estrelas da região central da galáxia.

Dana Berry/SkyWorks Digital Inc.; SDSS collaboration

Os seis elementos mais comuns da vida na Terra (carbono, hidrogénio, nitrogénio, oxigénio, enxofre e fósforo) são também os mais abundantes no centro de nossa galáxia

Os seis elementos mais comuns da vida na Terra (carbono, hidrogénio, nitrogénio, oxigénio, enxofre e fósforo) são também os mais abundantes no centro de nossa galáxia

“É um assunto de interesse humano, porque agora podemos mapear a abundância de todos os principais elementos encontrados no corpo humano através de centenas de milhares de estrelas na Via Láctea”, afirma Jennifer Johnson, cientista da SDSS-III APOGEE e professora na Universidade Estadual de Ohio.

“Isso permite-nos ver onde e quando é que a vida passou a ter os elementos necessários para evoluir na galáxia”, destacou.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Já estou mais conformado, possivelmente ainda virei a transformar-me em estrela e certamente mais brilhante do que estas que andam por aí a brilhar nas TVs.

  2. Muita verdade…A esse documentario; existe mesmo a possibilidade que somos estrelas após existência terrena e podemos com nossa sensibilidade e energia sintonizar e ver esse campo magnético Onde as moléculas são transformadas em luz de densidade em sintonia de vibração e movimentos de Beleza inigualável.

RESPONDER

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …

Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época. Uma nova espécie de planta já …

Há um ano, 12 jovens ficaram presos numa caverna da Tailândia. Hoje, é um local turístico

Há um ano, 11 meninos foram explorar a província de Chiang Rai, na Tailândia, com o seu treinador de futebol, e acabaram presos no fundo de uma caverna sob uma montanha. Depois de terminar o …

Alemães compraram toda a cerveja de Ostritz para "secar" neonazis

Os habitantes de Ostritz, na Alemanha, impediram os participantes de um festival neonazi de beber álcool, esvaziando todas as prateleiras dos supermercados. Num protesto inédito contra a comemoração do aniversário de Hitler naquela localidade, os habitantes  …