Esqueleto com mais de 1000 anos pode pertencer a criança assassinada por vikings

Na Irlanda, foi encontrado o esqueleto de uma criança que remete para o período da era Viking. O que torna a descoberta mais intrigante é que a criança pode ter sofrido uma morte violenta –  os arqueólogos acreditam que encontraram uma vítima de assassinato de há mais de 1000 anos.

O misterioso esqueleto da criança foi desenterrado em Dublin, e foi descoberto durante um trabalho de construção perto do Castelo de Dublin, mesmo no coração da cidade. Os restos mortais foram encontrados no local onde o rio Poddle entrava em Dubh Linn – também chamado de “piscina negra”, durante os tempos históricos.

O esqueleto da criança está praticamente intacto, foi encontrado um pouco antes de o rio entrar na piscina, e os cientistas acreditam que seja do século IX ou X. A RTE explica que “depois de todas as escavações, descobriu-se que o esqueleto pertencia a uma criança com idade entre os 10 e os 12 anos – provavelmente um menino”.

Um detalhe caricato mostra que a criança pode ter sido assassinada: uma fivela de ferro foi encontrada, o que pode indicar que a criança pode ter sido amarrada. Também os ombros do esqueleto foram encontrados curvados, um em direção ao outro. Ao que tudo indica, a criança foi lançada no rio Poddle, mas o esqueleto manteve-se  conservado.

Esta prática é surpreende para os arqueólogos, pois na altura era comum fazerem-se enterros adequados. Alan Hayden, da UCD, que liderou a escavação, afirmou que “o fato de o corpo não ter sido enterrado adequadamente, e ter sido despejado dessa maneira pode sugerir um ato de violência”.

É possível que a criança tenha sido assassinada, ou tenha sido vítima de uma guerra. Na época, Dublin foi atacada e apreendida algumas vezes pelos irlandeses, e também foi palco de vários conflitos entre fações vikings rivais. Os vikings governaram Dublin durante quase três séculos, e transformaram a cidade num autêntico reino poderoso.

De acordo com a RTE, “os especialistas vão realizar mais testes para determinar a data de morte, sexo e origem étnica da criança”. Isso pode ajudá-los a perceber melhor a origem da morte, pois provar que a criança morreu devido a um ataque violento pode levar algum tempo e pode ser um processo complexo.

Durante as escavações, os arqueólogos perceberam que o local era muito maior do que se pensava. Notaram ainda que os vikings construíram estruturas de barro ao longo do rio com lacunas que permitiam que os seus barcos fossem transportados para o interior.

No local, as escavações continuam e descobertas futuras podem dar a conhecer novas evidências sobre o misterioso esqueleto. Essa descoberta ocorre num momento em que um novo modelo genético baseado no ADN da Irlanda moderna, mostra que os vikings se misturavam com irlandeses nativos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

2,5% da população respondeu "não" ao SMS de agendamento

O coordenador do plano de vacinação contra a covid-19 revelou hoje que, no total, 2,5% da população respondeu ‘não’ à mensagem recebida para agendar a vacina e, quando houve mais filas, 2,7% faltaram à marcação. Henrique …

El Salvador pede prisão de ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén por corrupção

Promotores de El Salvador emitiram um mandado de prisão contra o ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén sob a acusação de peculato, lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito. O procurador-geral Rodolfo Delgado disse na quinta-feira que as acusações …

Presidente chinês faz rara e discreta visita ao Tibete

O Presidente chinês fez uma rara visita ao Tibete, numa altura em que as autoridades reforçam o controlo sobre a cultura budista tradicional e impulsionam o desenvolvimento económico e modernização das infraestruturas da região dos …

Casinos em concelhos de risco elevado e muito elevado podem abrir a partir de sábado

Casinos, bingos e estabelecimentos similares localizados em concelhos de risco elevado e muito elevado podem funcionar a partir de sábado, tendo os clientes que apresentar certificado digital ou teste negativo. A medida consta de um despacho …

EMA aprova uso da vacina da Moderna para jovens entre os 12 e 17 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou, esta sexta-feira, a administração da vacina da Moderna em jovens dos 12 aos 17 anos. Foi aprovada a administração da vacina da Moderna para jovens menores de idade. A …

Dizer que MAI autorizou festejos do Sporting é "delírio"

Esta sexta-feira, no Funchal, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, voltou a distanciar-se do modelo adotado pelo Sporting para os festejos do campeonato. Os festejos do Sporting, do passado dia 11 de maio, não cumpriram …

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …