Afinal, os vikings não eram loiros nem tinham olhos azuis (e também não eram da Escandinávia)

Christie's, LotFinder / Wikimedia

Vikings a Caminho de Terra, aguarela de Frank Dicksee (1853–1928)

Um estudo revelou que os Vikings afinal não eram loiros nem provenientes da Escandinávia. O estudo, realizado através da análise de ADN, conclui ainda que indivíduos que não eram vikings foram enterrados como tal.

Normalmente, a cultura popular retrata os vikings como guerreiros ferozes com capacetes com chifres, e mestres da infame arte de piratear. Supostamente oriundos da Escandinávia, são muitos os que acreditam que se assemelham à imagem atual dos escandinavos, ou seja, pensa-se que tinham cabelo loiro e olhos azuis.

Os investigadores analisaram material genético extraído de restos humanos, que revelou que muitos vikings não eram loiros e muito menos escandinavos. Na verdade, muitos deles tinham ADN de pessoas do sul da Europa e da Ásia, por isso é normal que eles tivessem cabelo e olhos castanhos.

Segundo o ABC, o estudo, publicado na revista Nature no dia 16 de setembro, concluiu ainda que foram descobertos casos em que pessoas que não eram vikings tinham sido enterradas como tal.

Eske Willerslev, um dos autores do estudo, explicou que existe a ideia de que “os vikings se misturaram, fizeram trocas e formaram gangs para piratear e lutar contra os reis da Europa”, contudo, graças às amostras de ADN analisadas, o estudo explica que “o mundo deles não era assim.”

A Era dos Vikings ocorreu entre os anos 800 e 1050, momento em que estes marinheiros ganharam o apelido pelo qual passaram a ser conhecidos, passando até a ser aclamados em toda a Europa pela sua influência política. A sua ousadia e habilidade levaram-os a dominar a atual Inglaterra, Dinamarca e Noruega e a pisar solo americano 500 anos antes da viagem de Cristóvão Colombo.

Mas a grande questão é: quem realmente eram os protagonistas desta história? “Até agora não sabíamos como é que eles eram geneticamente”, disse Willerslev. No entanto, graças ao estudo dos genes dos indivíduos, incluindo homens, mulheres e bebés, os cientistas conseguiram traçar um perfil geral.

Os investigadores perceberam que algumas populações viking estavam mais isoladas do que outras e descobriram que, durante os seus dias de esplendor, os vikings da atual Noruega foram para a Irlanda, Escócia, Islândia e Gronelândia, enquanto os da atual Dinamarca foram para Inglaterra. Os vikings da atual Suécia estenderam ainda os seus ataques piratas por países bálticos.

Para além destas evidências, os restos de um navio funerário encontrado na Estónia – no qual foram descobertos quatro irmãos mortos no mesmo dia – levaram os cientistas a descobrir que um ataque poderia incluir não só habitantes da mesma cidade, mas também membros da mesma família.

“O nosso estudo desmente a imagem moderna dos vikings como pessoas loiras com olhos azuis, e mostra que muitos deles tinham cabelo castanho e foram influenciados pela genética de outros sítios fora da Escandinávia”, resumiu Eske Willerslev.

Os investigadores destacaram que a identidade Viking “não se limitava a pessoas de ascendência genética escandinava”, afirma Søren Sindbæk, co-autor da pesquisa. Para Fernando Racimo, outro dos cientistas, graças a este artigo é possível “começar perceber a aparência física dos antigos vikings” e desvendar o fluxo da seleção natural nesta população, em relação a traços como imunidade, pigmentação ou metabolismo.

Na opinião de Ashot Margaryan, autor principal do estudo, esta análise permitiu obter alguns resultados “surpreendentes” e “responder a velhas perguntas, refutando suposições anteriores para as quais não havia muitas evidências”.

“Este estudo muda toda a perceção de quem realmente eram os vikings”, disse Eske Willerslev, que defende que agora é necessário “atualizar os livros de história”.

Durante a pesquisa, os cientistas extraíram ADN de ossos e dentes de 440 indivíduos enterrados na Gronelândia, Ucrânia, Reino Unido, Escandinávia, Polónia e Rússia.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. mais um bocadinho e para completar a agenda de ataque ao homem e mulher branca, acabaremos por saber que eram africanos….

    não se percebe é como hoje em dia, os nórdicos tenham realmente pele branca, olhos claros e sejam louros…deve ser um milagre qq.

RESPONDER

OE2021. Governo perde fé nas negociações com o Bloco, mas conta com PAN e talvez PCP

As negociações com o Bloco para garantir a aprovação do Orçamento do Estado para 2021 não estão bem encaminhadas. O Governo espera contar com o PAN e talvez com o PCP. Um possível entendimento entre o …

"Eleição do mundo". USA Today declara apoio a Biden (que continua a liderar nas sondagens)

Pela primeira vez, o jornal norte-americano USA Today decidiu apoiar um candidato presidencial - Joe Biden. O democrata continua a liderar as sondagens a dois dias do último debate. "Há quatro anos, o Conselho Editorial - …

Cientistas descobrem (acidentalmente) um novo órgão dentro da cabeça humana

Uma equipa de investigadores fez uma descoberta anatómica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana. Esta "entidade desconhecida" foi identificada acidentalmente por médicos na Holanda, que …

Rui Rio prepara-se para chumbar o OE (e pressionar Costa a entender-se à esquerda)

O presidente do PSD, Rui Rio, prepara-se para anunciar aos social-democratas que o PSD vai chumbar a proposta de Orçamento do Estado para 2021, avança o semanário Expresso esta terça-feira. Os deputados do PSD vão reunir-se …

PS propõe taxar plataformas de streaming

O grupo parlamentar do PS apresentou esta semana uma alteração à proposta de lei sobre audiovisual que prevê uma nova taxa para as plataformas de 'streaming', em resposta às exigências de parte do setor do …

Estudo revela: adeptos no estádio fazem diferença nos resultados e... nos árbitros

A vantagem de jogar em casa caiu significativamente durante o confinamento. E até os árbitros alteraram os seus comportamentos. "Animal Spirits in the Beautiful Game - Testing social pressure in professional football during the COVID-19 lockdown" …

Toupeiras fêmeas desenvolvem testículos para lutar pela sobrevivência subterrânea

A evolução concedeu à toupeira fêmea uma dose de "fúria por esteróides" para a ajudar a lutar pela sobrevivência subterrânea, colocando alguns testículos nos ovários – um exemplo único de anatomia chamado ovotestis. "O desenvolvimento sexual …

"A situação está caótica": Hospital de Penafiel com vários profissionais infetados

Colaboradores de vários grupos profissionais do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, em Penafiel, estão infetados com o novo coronavírus, disse esta terça-feira a administração daquela unidade, sem precisar o número de casos. "Tal como em …

"Santo Graal". Cientistas criam o primeiro supercondutor a temperatura ambiente do mundo

Uma equipa de físicos criou o primeiro material capaz de supercondutividade em temperatura ambiente, desenvolvendo um processo que pode ajudar a "quebrar barreiras e abrir a porta a muitas potenciais aplicações". Desde a sua descoberta, há …

Planetas parecidos com a Terra costumam ter "guarda-costas"

Um grupo internacional de astrónomos, liderado por Martin Schlecker do Instituto Max Planck para Astronomia, descobriu que o arranjo de planetas rochosos, gasosos e gelados nos sistemas planetários aparentemente não é aleatório e depende apenas …