Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial.

Apesar de ser uma rede social bem intencionada e, à primeira vista, inofensiva para os seus utilizadores, a verdade é que agora um novo perigo pode assolar o LinkedIn. Ao que tudo indica, espiões estarão a criar perfis falsos para contactar novas fontes e contactos secretos.

A notícia avançada pela Associated Press dá conta que há evidências que isto esteja a acontecer na rede social norte-americana. Uma delas é o perfil de Katie Jones, que apesar de parecer uma mulher perfeitamente normal, especialistas em inteligência artificial acreditam que a sua foto tenha sido gerada por computador.

O Fast Company explica que os detalhes que denunciam a sua falta de realismo são subtis, mas que não escapam ao olho atento dos entendidos. A cara ligeiramente assimétrica, um brinco “derretido”, um fundo indistinto, contornos desfocados entre o cabelo e a orelha, e manchas na bochecha são alguns dos indicadores apontados.

Acredita-se que “Katie Jones” esteja a usar o LinkedIn para espionagem, uma vez que enviou pedidos de conexão a especialistas em política e figuras importantes de Washington. Muitos deles aceitaram o pedido e Katie, permitindo a que este perfil tivesse acesso às suas publicações.

“Em vez de enviar espiões para um parque de estacionamento nos Estados Unidos para recrutar um contacto, é mais eficiente sentar-se atrás de um computador em Xangai e enviar pedidos de amizade para 30 mil alvos“, explicou William Evanina, diretor do Centro Nacional de Contra-Inteligência e Segurança dos EUA.

Não é a primeira vez

Já no ano passado havia suspeitas de que a China estivesse a usar o LinkedIn para recrutar espiões nos Estados Unidos. Segundo a Sputnik News, as agências de espionagem chinesas estavam a utilizar contas falsas para recrutar norte-americanos com acesso a segredos comerciais e de governo.

Na altura, Evanina identificou uma pessoa que afirmou ter sido recrutada através dos esforços de espionagem chineses, Kevin Mallory, um oficial da CIA reformado, que foi declarado culpado em junho por conspiração e espionagem para a China.

Evanina disse à Reuters que Mallory foi contactado por espiões chineses através do Linkedin em 2017, antes de ter acordado a venda de segredos de Defesa dos EUA aos chineses.

Ele ainda apontou que o LinkedIn deveria seguir medidas semelhantes às do Twitter e do Facebook, que excluem contas supostamente utilizadas por inteligências de outros países. Evanina ainda acusou a Rússia, o Irão e a Coreia do Norte de utilizarem o LinkedIn para os mesmos fins.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …