Todos os homens portugueses e espanhóis foram exterminados há 4500 anos

T.P.S. Dave

Uma análise genética revelou que, há 4500 anos, parte do sul da Europa foi conquistada a partir do leste. Naquela que é hoje a Península Ibérica, a linha masculina local desapareceu completamente quase da noite para o dia.

Na Idade do Bronze, há cerca de 4500 anos, os colonos masculinos da atual Península Ibérica, foram completamente aniquilados como resultado de uma “invasão” da Europa a partir do leste. Esta descoberta foi recentemente confirmada por um estudo apresentado no evento New Scientist Live, no dia 22 de setembro, em Londres.

A análise genética, liderada por David Reich, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, concluiu que a tribo do Cáucaso, conhecida como Yamna (yamnaya), que se estabeleceu na Europa há, aproximadamente, 5000 anos, conseguiu deslocar-se até às diferentes culturas que coexistiam no continente.

O investigador explica que este evento foi possível graças à introdução de duas novas tecnologias muito significativas na Europa Ocidental: a domesticação de cavalos e a roda. Assim, esta nova população conseguiu expandir-se pelas culturas e desenvolver e difundir o seu próprio trabalho.

“Estas pessoas espalhavam-se por um vasto território, sendo os principais contribuintes para aqueles que são os europeus de hoje”, afirmou o especialista ao New Scientist. Desta forma, seria de esperar uma mistura genética progressiva. Mas não foi isso que aconteceu.

Os cientistas descobriram na Península Ibérica uma “substituição completa do cromossoma Y” que resultou no total desaparecimento do conjunto de genes masculinos que, originalmente, habitavam aquela área.

Pelo que os cientistas puderam apurar, este foi o resultado de um tipo de “conquista violenta”, na qual os homens locais foram mortos ou escravizados e as mulheres reivindicadas pelos Yamna. “A colisão dessas duas populações não foi de todo amigável”, sustentou Reich.

Pesquisas anteriores asseguravam que os Yamna também foram responsáveis pela propagação das línguas indo-europeias na Europa Ocidental, o que explica a razão pela qual são tão falados longe da Ásia. Além disso, acredita-se que muitas das suas práticas tenham origem europeia.

Embora o impacto desta cultura na Europa já tenha sido comprovado por geneticistas, esta última investigação destaca o quão grande foi esta mudança, que para a antiga população masculina da Península Ibérica significa desaparecer completamente do mapa.

ZAP // RT

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Todos os homens portugueses e espanhóis foram exterminados há 4500 anos.
    O titulo desta noticia contém um grave erro, porque há 4500 anos atrás (2500 a.C.) ainda não existiam homens portugueses nem homens espanhóis, pelo simples facto de que ainda não existia Portugal nem Espanha.
    Corrijam lá isso para ficar mais correto, por exemplo: Todos os homens da atual Península Ibérica foram exterminados há 4500 anos.

    • Estão falando dos territorios da Espanha e Portugal e não dos paises que atualmente ocupam esses territorios. Tem uma certa logica, uma vez que populações ibericas estavam limitadas á regiões banhadas pelo mar mediterraneo enquanto populações celtas(indo-europeias) ocupavam regiões banhadas pelo oceano Atlantico. Os indo-europeus dominaram toda a Europa e seu idioma é uma prova dessa dominação.

  2. E ainda hoje existem vestígios da invasão de leste, o Jerónimo e a Catarina com as suas tropas são uma prova disso mesmo!

  3. Não seria também de exigir desculpas aos povos de Leste pelos malefícios que fizeram na Península. E recomendar que todos os países do Leste (mormente os asiáticos) revejam a sua história e refiram a violência com que trataram os ibéricos?
    Não será tempo de interromper esta diarreia verbal e extremamente parcial? Nós, europeus, brancos, masculinos, somos culpados de tudo. Os outros, sobretudo se forem um pouco mais morenos, têm todas as atenuantes. Começa-me a chegar a mostarda ao nariz…

  4. Pedir desculpa a quem? Foram todos extreminados e assimilados. Os que cá estão hoje (europeus) são descendentes dos extremidadores, implacáveis diga-se de passagem.

  5. Isto é um bocado “confuso”… se toda a linha masculina desapareceu COMPLETAMENTE… então têm de ter em sua posse algum exemplar dum… Homo ibericus…

J.K. Rowling anuncia novo livro infantil a ser publicado gratuitamente online

A escritora britânica J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", vai publicar um novo livro infantil, intitulado "The Ickabog", um conto de fadas que será disponibilizado 'online', gratuitamente e em formato de série, a partir …

Empresa portuguesa cria cabine que faz desinfeção total em 25 segundos

A Starmodular, uma empresa com sede em Belmonte, distrito de Castelo Branco, criou um sistema destinado a espaços abertos ao público que permite a desinfeção total em 25 segundos para evitar a propagação da Covid-19, …

TAP duramente criticada por marginalização do Norte. Rio fala em "empresa regional"

Rui Rio foi apenas uma das várias vozes que criticaram o novo plano de voo da TAP, em que a maioria das ligações repostas são de Lisboa. Marcelo Rebelo de Sousa também demonstrou a sua …

Teatros e cinemas podem reabrir, mas com um lugar de intervalo

Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir com todas as filas ocupadas e um lugar de intervalo entre os espetadores, que serão obrigados a usar máscara. Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir, a …

Em disputa com os EUA, China avança com a construção de 700 laboratórios

A China está a acelerar a construção de 700 novos laboratórios perante um cenário de corrida tecnológica contra os Estados Unidos. O objetivo é aumentar a competitividade do país. A tensão entre Pequim e Washington tem …

Oposição urge Boris Johnson a despedir assessor por ter violado o confinamento

Os partidos da oposição escreveram hoje ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, urgindo a demissão do assessor Dominic Cummings, a quem acusam de ter "abalado gravemente a confiança" da população nos apelos oficiais sobre a pandemia …

Atletas que sorriem durante as corridas gastam menos oxigénio

Os atletas que sorriem gastam menos oxigénio, trabalham de forma mais económica e têm um nível de esforço menor, refere um estudo realizado pelas universidades de Ulster e Swansea, divulgado esta terça-feira. Os investigadores pediram a …

OMS analisa possíveis primeiros casos de infeção de animais para o homem

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite que pelo menos três infeções por Covid-19 nos Países Baixos possam ser os primeiros casos conhecidos de transmissão do novo coronavírus dos animais para o homem, tendo martas …

Na Suíça, é possível estar em teletrabalho e a empresa pagar parte da renda

O Tribunal Federal da Suíça condenou uma empresa de contabilidade a pagar parte da renda de casa a um funcionário que se encontrava em teletrabalho. Segundo revelou na segunda-feira o swissinfo e o Tages-Anzeiger, citados pelo …

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …